Anúncio

Outra empresa assume obra da nova sede da prefeitura de Guarapari com custo de R$ 2,5 milhões

Por Aline Couto

Publicado em 30 de janeiro de 2020 às 15:06
Atualizado em 30 de janeiro de 2020 às 15:13

Anúncio

As obras só iniciam após a finalização do processo licitatório e a nova empresa tem seis meses para concluir o serviço

Fotos tiradas na semana passada, 22 de janeiro. Foto: Folha Online.

A obra da nova sede da prefeitura de Guarapari, localizada na Praia do Morro, tem outra empresa responsável e um novo custo para conclusão, R$ 2.590.371,64 milhões. O resultado da licitação foi publicado ontem (29) no Diário Oficial do Estado e a empresa vencedora foi a Benevides Construções e Serviços Ltda Me.

Em janeiro de 2018, as obras no prédio foram iniciadas e o comando era da empresa José Roque Ferreira dos Santos, campeã da licitação anterior com a proposta de R$ 915.451 mil e a promessa de conclusão do serviço para o segundo semestre do mesmo ano. O prédio foi desapropriado em 2017 por cerca de R$ 2 milhões.

Desde o início das obras surgiram questionamentos a respeitos dos valores gastos e se a estrutura estava apta para receber a sede da prefeitura. Nesse novo endereço, de acordo com o órgão, funcionarão, além do Gabinete, as secretarias de Fazenda, Comunicação, Administração, Procuradoria, Controladoria, Turismo, Empreendedorismo e Cultura, Meio Ambiente e Agricultura, Análise e Aprovação de Projetos e IPG.

Com a publicação dessa quarta-feira, outras perguntas vieram à tona. A administração pública foi procurada e questionada. Porque houve mudança na empresa responsável pela obra? Qual o novo prazo de conclusão? Porque foi necessário mais dinheiro para a conclusão do serviço? O que aconteceu com a antiga empresa e porque a obra não foi finalizada em 2018? Há denúncias de gastos de mais de R$ 6 milhões nessa obra desde a desapropriação em 2017, isso procede? Quanto já foi gasto? Outras denúncias dão conta que o local está com a estrutura condenada e bases corroídas, isso é real?

Em resposta, o setor de Licitação da Prefeitura de Guarapari informou que o contrato da antiga empresa encerrou o prazo e agora está sendo contratada uma nova empresa para a conclusão da obra. O prazo de conclusão é de seis meses. Sobre os gastos com a obra, a Secretaria de Administração disse que até o momento o valor gasto é de menos que um milhão de reais. Já a Secretaria Municipal de Obras Públicas garantiu que a estrutura do prédio não está condenada e os reparos necessários estão contemplados no novo processo de contratação de empresa para execução do serviço.

As obras só iniciam após a finalização do processo licitatório.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

crime em Gri

Crime em Guarapari: mulher foi amarrada e torturada antes de ser assassinada

Ana Paula da Silva Barbosa, de 52 anos, foi morta na noite de domingo (1); o marido dela também foi agredido e teve ferimentos na cabeça

Obras-orla-de-meiape-2021-08-03 (4)

Guarapari: carta aberta cobra respostas em relação a atraso de obra na Orla da Praia de Meaípe

Documento foi protocolado na Prefeitura de Guarapari pela Associação de Moradores do Bairro Meaípe

Anúncio

Anúncio

Tempo Integral ES1

Programa Capixaba incentiva implantação de Tempo Integral em escolas municipais

xepa vacina

Guarapari realiza ações de vacinação contra a Covid-19 e a gripe (Influenza)

As segundas doses de AstraZeneca e Coronavac serão aplicadas na quarta-feira (04) e as da gripe, na quarta e na quinta-feira (05)

Anúncio

revsol1

Parceria entre empresa e prefeitura beneficia estradas e ruas de localidades em Guarapari

A ArcelorMittal doará toneladas de Revsol para o município; as primeiras contempladas serão as localidades de Santa Arinda, Limão e Limãozinho

redução homicídios ES

Sete primeiros meses do ano acumulam redução de 5,7% nos homicídios no Espírito Santo

Anúncio