Anúncio

Pacientes reclamam de fila para retirada de medicamentos em Guarapari

Por Carolina Brasil

Publicado em 19 de abril de 2018 às 12:22
Atualizado em 19 de abril de 2018 às 12:22

Anúncio

De acordo com denúncias, o setor de entrega de medicamentos não abriu no horário correto provocando filas e a insatisfação de parte da população que aguardava em pé.

Pacientes aguardando início da entrega de medicamentos. Foto: Leitor

Nesta manhã, uma moradora procurou a nossa redação para reclamar da fila que estava se formando no Centro Municipal de Saúde, no bairro Itapebussú, em Guarapari. Segundo ela, que prefere não se identificar com medo de ser prejudicada na prestação do serviço, informou que as pessoas esperavam para retirar remédios fornecidos pelo município. “Já são 8h30 e até agora a pessoa não chegou, e não é a primeira vez que venho aqui e isso acontece, a funcionária sempre tem uma desculpa para os atrasos”. Outro cidadão, que também aguardava o início do atendimento, disse que ontem (quarta-feira) não houve retirada por falta do profissional responsável. “Esperei ontem aqui e nada de abrir. Voltei hoje, preciso do remédio, será que não vou conseguir?”, questionou.

Mesmo com o atraso, após esses relatos, confirmamos o início dos atendimentos. Procurada, a Prefeitura de posicionou em nota:

“A Farmácia do Centro Municipal de Saúde possui três funcionários. Nesta data, o profissional farmacêutico se ausentou da unidade por urgência de saúde na família. Outro profissional foi prontamente remanejado, normalizando o serviço na unidade. Na quarta-feira a unidade teve atendimento e dispensação de medicamentos normalmente. A Secretaria de Saúde não recebeu nenhuma denúncia ou reclamação através de sua ouvidoria.”

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

casagrande_governador_mapa_de_risco-2021-05-07

54° Mapa de Risco: Governo do Estado divulga novo Mapa e anuncia volta às aulas no Espírito Santo

As cidades de Guarapari e Anchieta seguem classificadas como de Risco Alto; Alfredo Chaves retorna a Risco Moderado

ocupação leitos

Quase dois meses depois, ES volta a ter menos de 80% de leitos de UTI contra Covid-19 ocupados

Índice representa um alívio na pressão sofrida pelos hospitais do estado, já que, durante pouco mais de um mês, entre março e abril, a taxa ficou acima de 90%

Anúncio

Anúncio

atendimento-computador-mulher-secretaria

Guarapari abre seleção para psicólogo e assistente social

coronavac-vacina_covid

Casagrande anuncia a chegada de 20 mil novas doses da Coronavac no ES

Anúncio

setur01-2

Equipe da Secretaria de Turismo do Estado visita atrativos turísticos de Anchieta

prainha_obra_edificacao_construcao

Câmara aprova Projeto de Lei que viabiliza regularização de edificações em Guarapari

Por meio do Programa de Regularização de Edificações (PRE), moradores poderão tirar o ‘Habite-se’ e regularizar suas edificações

Anúncio