Anúncio

Passageiros da Viação Alvorada reclamam de atrasos frequentes em linhas sem trocador

Por Gislan Vitalino

Publicado em 29 de julho de 2021 às 18:30
Atualizado em 30 de julho de 2021 às 18:34

Anúncio

Segundo relato dos usuários, veículos chegam a ficar parado por mais de dez minutos enquanto passageiros embarcam.
Foto: reprodução.

Nas últimas semanas, a redação do jornal FolhaOnline.es tem recebido diversas reclamações de usuários da Viação Alvorada insatisfeitos com uma mudança recente no funcionamento da empresa. Desde a primeira semana de julho, os usuários perceberam que algumas linhas têm circulado sem a figura do trocador, com o motorista realizando a abordagem dos passageiros que embarcam, emitindo a passagem e trocando os valores. Cabe ressaltar que a empresa emite vales transporte que são adquiridos por instituições públicas e privadas, o que deixa alguns usuários sem opção para utilizar outros meios de transporte.

O grande problema é que, com a mudança as viagens passaram a ser muito mais longas do que antes, já que o veículo permanece parado enquanto os passageiros embarcam. “O grande problema é que agora os motoristas estão sendo obrigados a dividir a atenção e cobrar a passagem”, contou o professor Roney Ribeiro, usuário das linhas que mora em Vila Velha e leciona em uma escola na região de Santa Mônica.

Segundo conta, as viagens que antes demoravam de 30 a 40 minutos agora chegam a durar 1h10. “A presença do cobrador é fundamental dentro do ônibus. Agora o veículo chega a ficar mais de dez minutos parado nos pontos enquanto os passageiros embarcam”, contou o professor.

Outro professor e usuário dos ônibus é o Gustavo Lopes. Ele frisou a dificuldade enfrentada por aqueles que precisam utilizar as linhas da empresa após a mudança. “Atrasa a viagem, deixa passageiros mofando nos pontos de ônibus, usuários de transporte ficam sem almoço e chegam muito mais tarde em seus destinos. É um descaso”, afirma. “Essa concessão precisa ser revista. É um exemplo de ineficiência e incompetência”, completou o usuário.

Também morador de Guarapari e usuário das linhas, o Rodrigo Manso relatou as dificuldades que vêm enfrentando após a mudança. “Eu uso os ônibus todos os dias para ir de Guarapari à Vila Velha e esses atrasos estão muito frequentes. Quando o ônibus não vem com cobrador, ele já chega atrasado no ponto e, no trajeto tem que parar para poder pegar troco, emitir o ticket de passagem”, contou Rodrigo.

O que diz a empresa?

Considerando a reclamação dos usuários, nós procuramos a empresa para entender o porque da alteração, se ela é definitiva e pedindo uma posição da empresa a respeito da reclamação dos usuários.

Por meio de nota, a empresa informou que a mudança, a que chamam de “Motorista Singular” não se trata de uma inovação da Alvorada e sim a adesão a um modelo já implementado em outras localidades.

A nota reforça que o colaborador não pode exercer duas funções ao mesmo tempo (direção e abordagem dos passageiros).

De acordo com a nota, apesar da implantação recente os impactos já estão sendo minimizados pelos motivos reproduzidos na íntegra abaixo:

– Com a prática diária o Motorista Singular já efetua o processo com maior agilidade.

– Os horários de Pico com maior movimento continuam com a utilização do Cobrador; portanto o Motorista Singular não é inserido apenas analisando Linhas específicas e sim os horários cuja demanda de passageiros é suportado pela operação implantada.

– Temos profissionais da operação monitorando diariamente o comportamento dos horários que estão com o Motorista Singular e propondo adequações necessárias para minimizar impactos de atraso na rota. Atualmente, não havendo interrupções no trânsito (obras/acidentes), o tempo de viagem já está muito próximo do que era antes com a utilização do cobrador.

– Estamos com campanhas promocionais nas agências e RDV para motivar aos nossos clientes a venda antecipada.

A empresa não se manifestou sobre a possibilidade de retorno ao formato antigo de funcionamento.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Anchieta-Credito-da-Foto-Andrews-Quinteiro_

Pelo quarto ano consecutivo, Anchieta recebe nota A do Tesouro Nacional

pfizer

Guarapari: ação de vacinação sem agendamento para adolescentes com comorbidades

Anúncio

Anúncio

ameazul-praia

Moradores da Enseada Azul, em Guarapari, realizam ação de limpeza neste sábado (18)

Ação é uma adesão ao Dia Mundial da Limpeza

Comunicado - 17-09-2021

Comunicado – 17/09/2021

Anúncio

pfizer

Vacinação dos adolescentes é mantida no Espírito Santo

O Ministério da Saúde suspendeu a imunização do público de 12 à 17 anos sem comorbidades

afrochaves-estacao-da-cultura-2021-09-16-4

Resistência preta marca abertura do Estação da Cultura em Alfredo Chaves

Anúncio