Anúncio

Polícia Civil prende suspeito de estelionato amoroso em Guarapari

A prisão foi efetuada em uma residência do bairro Praia do Morro, em Guarapari, onde o suspeito trabalhava como arquiteto

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 20 de maio de 2020 às 15:21
Atualizado em 21 de maio de 2020 às 10:21

Anúncio

Foto: Divulgação

Ontem (19), a equipe da Superintendência de Polícia Interestadual e de Capturas (Supic) cumpriu um mandado de prisão preventiva em aberto contra um homem de 27 anos. O detido era investigado pela Delegacia Especializada de Crimes de Defraudações e Falsificações (Defa) por suspeita de aplicar golpes no Estado, entre eles o chamado “estelionato amoroso”.

A ação contou com o apoio do serviço de inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), que ajudou na localização do suspeito. A prisão foi efetuada em uma residência do bairro Praia do Morro, em Guarapari, onde o suspeito trabalhava como arquiteto. Com ele foi apreendido um cartão em nome de uma das vítimas, relacionado a uma conta bancária aberta em seu nome.

Segundo a titular da Defa, delegada Nicolle Castro, durante as investigações, a equipe constatou que o detido já tinha um mandado de prisão em aberto pela prática de estelionato, expedido pela 2º Vara Criminal de São João Del-Rey, em Minas Gerais (MG).

“Ao identificarmos o mandado de prisão em aberto, trabalhamos em conjunto com o serviço de inteligência da Sesp e com a Supic para cumpri-lo, enquanto finalizamos o inquérito contra os crimes de estelionato cometidos em solo capixaba. Há indícios de que ele teria aplicado o golpe em outras vítimas que ainda serão ouvidas”, explicou a delegada.

Após os procedimentos, o detido foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV).

Estelionato amoroso

De acordo com Nicolle Castro, a prática conhecida como “estelionato amoroso” é caracterizada pelo envolvimento romântico do criminoso com a vítima, com a finalidade, exclusiva, de enganá-la para receber vantagens econômicas.

“Aqui no Estado, investigamos o caso de uma vítima que fez uma denúncia afirmando ter conhecido o criminoso por meio de um aplicativo de relacionamento e iniciou um relacionamento romântico no mês de março. Desde então, ele já havia aplicado diversos golpes pedindo dinheiro com promessa de investimentos e sociedade em obras”, afirmou a delegada.

  • Com informações da Assessoria de Comunicação da Polícia Civil

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

recanto-1

Câmara de Guarapari aprova auxílios financeiros para Apae e Recanto dos Idosos

Aprovação dos projetos de lei de autoria do Poder Executivo aconteceu na sessão dessa quinta-feira (5)

dar_1

Dia da Mulher Empreendedora

Anúncio

Anúncio

camara_ouvidoria_da_mulher

Coordenadora e vereadoras realizam “pit-stop” sobre Ouvidoria da Mulher da Câmara de Guarapari

Ato acontecerá na segunda-feira (8), de 13h às 15h, na rotatória do ExtraCenter, em Muquiçaba

project_20210302_2247336-01

Artigo: Cancelei meu evento particular devido à Covid-19. E agora?

Anúncio

WhatsApp-Image-2021-03-05-at-11.50.30

Reivindicação de comunidade sobre trecho da BR-101 em Guarapari será analisada em revisão quinquenal

Projeto, de responsabilidade da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), será executado pela Eco-101. Próxima revisão deve acontecer em 2023

mulheres_conselho_municipal

Dia Internacional da Mulher será memorado com atividades nos Cras de Guarapari

Atividades voltadas para as mulheres atendidas acontecerão nos Centros de Referência e Assistência Social de Olaria, Santa Mônica e São José

Anúncio