Anúncio

Policiais ajudam jovem em trabalho de parto e salvam a vida do neném

Por Glenda Machado

Publicado em 20 de agosto de 2015 às 22:15
Atualizado em 20 de agosto de 2015 às 22:20
Anúncio

Hoje, eles voltaram à maternidade para conhecer o pequeno herói

foto__1__min_dd-3951150

SOLDADOS Gomes e Lemos com Jaiana e o pequeno Marcos Vinícius.

Um dia atípico para dois policiais militares. Assim foi a tarde dessa quarta-feira para dois soldados de Guarapari. Acostumados com o combate à criminalidade e a violência, ontem eles lutaram pela vida de uma forma um pouco diferente. Depois de patrulhar um carro onde uma jovem estava em trabalho de parto até a maternidade ainda ajudaram no nascimento do bebê.

“Estávamos fazendo patrulhamento quando vimos que um carro começou a nos acionar piscando o farol. Chegamos perto e vimos que havia uma mulher em trabalho de parto no banco de trás desacordada. Como era por volta das 16h, horário de pico, o trânsito estava engarrafado ali em Muquiçaba. Então escoltamos o veículo até o hospital”, conta o soldado Gomes.

E foram esses minutos que salvaram a vida de Marcos Vinícius. O Soldado Lemos lembra que ao chegar na maternidade, ajudou a finalizar o parto. “O bebê já estava nascendo, então tiramos o short da mãe que estava sufocando ele. Foi muito tenso, porque ele não respirava. Rapidamente as enfermeiras chegaram e reanimaram ele, foi quando ouvimos o chorinho. Foi emocionante, nunca vivi nada igual”.

E com apenas algumas horas de vida, esse pequeno herói já tem muita história para contar. Afinal, a Coordenadoria de Enfermagem do HFA  destaca que se demorasse um pouco mais, ele poderia não ter sobrevivido. “Quando a mãe chegou, o neném ainda estava com o cordão umbilical conectado e com leve asfixia. Ele recebeu os atendimentos neonatais, ficou no oxigênio, mas não precisou ir para a UTIn”, explica Keila Martins.

Depois do susto, hoje foi dia de comemorar. Os soldados voltaram à maternidade para conhecer esse guerreiro que ganhou até presente. Jaiana da Conceição, de 23 anos, a mãe do neném, não se lembra muito do ocorrido, pois chegou a desmaiar no caminho de casa ao hospital. Ficou surpresa com a visita e agradeceu tanto a ajuda que deram quanto o gesto de carinho ao receber o seu primeiro macacão.

“Nós estamos preparados para todo tipo de ocorrência, mas essa pegou a gente de surpresa. Depois do susto, o sentimento que fica é o de alegria. Foi muito especial e ficamos felizes por ter ajudado a trazer esse pequenino ao mundo”, afirma Lemos. Jaiana e Marcos Vinícius estão bem e terão alta amanhã, quando nosso herói vai conhecer os três irmãos de 2, 4 e 7 anos.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Mais uma morte pelo novo Coronavírus em Guarapari

Dos 3.742 moradores de Guarapari que contraíram o vírus, 3.470 estão curados 8 hospitalizados e 124 vieram a óbito

fora edson

Guarapari: placa com #ForaEdson é retirada, mas autor recorre contra decisão judicial

Anúncio
Anúncio
Júlio César

STF julga processo iniciado por universitário de Guarapari

Júlio César Carminati deu início ao pedido de Habeas Corpus coletivo em 2018

cesan-guarapari

Cesan nega comunicado de paralisação de abastecimento para Anchieta e Guarapari

Anúncio
Bárbara Hora

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Bárbara Hora

Litza Aoni (2)

Advogada cria loja com produtos à base de cannabis, em Guarapari

Anúncio