Anúncio

Populares paralisam corte de árvores na Prainha de Muquiçaba em Guarapari

Por Carolina Brasil

Publicado em 9 de julho de 2018 às 12:09
Atualizado em 9 de julho de 2018 às 14:52
Anúncio

Os vereadores Rogério Zanon (PSB) e Denizart Zazá (PSBD), apoiaram a ação da população. De acordo com Zanon, ainda hoje, haverá uma tentativa de suspender os cortes através de liminar.

Moradores reivindicam a permanência das árvores da orla. Fotos: Hamilton Garcia

Dezenas de pessoas fazem uma vigília para tentar impedir a continuidade do corte de árvores na Prainha de Muquiçaba, em Guarapari, nesta segunda-feira (09). A retirada é parte do projeto de reurbanização da orla no local. Para Chryso Rocha, que frequenta a praia desde criança, a ação vai contra o desejo da população. “Eu fui criado embaixo dessa árvore, não queremos o corte dessa e nem das outras árvores daqui. Ninguém, só o prefeito, que não é de Guarapari e nunca respeitou as nossas origens, quer cortar as nossas árvores e nós não vamos deixar”, disse o músico.

O corte, iniciado nesta manhã (09), foi interrompido por moradores.

Outro presente, a cozinheira Tânia Mara Alonso, considera o corte um absurdo. “Eu moro em Guarapari há 20 anos e essas árvores já estavam aqui. Sempre trouxe meus filhos e meus netos brincam aqui hoje. Eu acho isso um absurdo. Aqui nós temos uma qualidade de vida e as árvores são parte disso”, contou emocionada.

Até o momento, as ações continuam paralisadas com o objetivo de evitar conflito até que uma solução seja compartilhada. A Polícia Militar está presente. “Estamos aqui para evitar uma animosidade e estamos aguardando as tratativas para verificar o andamento da situação. E, dependendo da decisão oficial, nós vamos garantir ou não a ação do município. Por enquanto, a ação da Prefeitura está paralisada e tentamos levar no bom senso para aguardar o que de fato será realizado”, explicou o Tenente Dantas do 10º Batalhão da Polícia Militar.

De acordo com a Prefeitura de Guarapari, o município possui todas as autorizações necessárias para os cortes. Entretanto, o vereador Rogério Zanon (PSB) informou que vai recorrer ao judiciário. “Vamos pedir uma liminar para cassar a autorização que se tem para cortar essas árvores aqui da Prainha. Isso é um verdadeiro disparate. É uma administração que não sabe o que faz, mas nós sabemos e vamos defender Guarapari”, comentou.

Conseguimos contato com Assessoria de Comunicação do município e, ainda hoje, um posicionamento será dado através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura.

Anúncio
Anúncio

Veja também

biometria

TSE decide retirar biometria das eleições 2020 por causa da pandemia

Decisão foi tomada com base em recomendação de infectologistas, já que o leitor de digital não pode ser higienizado frequentemente

pmdrogas1

PM apreende grande quantidade de drogas e armas de fogo em Guarapari

Anúncio
Anúncio
tartaruga2

Tartaruga de aproximadamente 100kg é encontra morta na Praia de Guaibura em Guarapari

Uma moradora da região encontrou o animal nesta manhã (15) na areia da praia

108319221_agencia-brasil_carteiradetrabalho

Sine Anchieta divulga mais de 40 vagas; 32 com atuação na área da Samarco

Dentre as vagas de emprego anunciadas, há oportunidades para moradores de Anchieta, Guarapari, Piúma, Iconha e Alfredo Chaves

Anúncio
Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Casas espíritas do ES oferecem amparo emocional durante pandemia

O atendimento fraterno é disponibilizado todos os dias da semana, das 08h às 22h, através do telefone (27) 3300-5000

Foto: Reprodução

Mais 4 óbitos e 25 novos casos da Covid-19 em Guarapari

Ao todo, o município registra, hoje (14), 1.362 casos confirmados e 68 óbitos

Anúncio