Anúncio

Prefeito promete entrega do hospital de Guarapari entre dezembro e fevereiro de 2021

Segundo Edson Magalhães, a previsão é que, até o início do próximo mês, a obra esteja 50% concluída

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 4 de agosto de 2020 às 18:53
Atualizado em 5 de agosto de 2020 às 14:33
Anúncio
Prefeito de Guarapari, Edson Magalhães, durante coletiva de imprensa na última segunda-feira (03). Foto: Reprodução

Ontem (03), a Prefeitura Municipal de Guarapari promoveu uma coletiva de imprensa com o objetivo de divulgar novas informações sobre a construção do Hospital Maternidade Cidade Saúde. Na ocasião, o prefeito Edson Magalhães afirmou que a obra deve ser entregue entre dezembro deste ano e fevereiro de 2021.

De acordo com o prefeito, apesar dos rumores de que a obra está parada, a construção do hospital está dentro do previsto. “Nós estamos em uma velocidade além da que se espera em uma obra que não é simples. O hospital é uma obra muito complexa, são 8.500 m²”, afirmou Edson.

Durante a coletiva, Edson Magalhães ainda informou a previsão de conclusão da obra. “Essa obra começou em março de 2019, há praticamente um ano, um ano e quatro meses, e o hospital será entregue agora, em dezembro, ou, no mais tardar, em fevereiro do ano que vem”.

Questionado sobre os entraves que adiam a finalização da obra, o prefeito afirmou que a construção nunca parou. “As pessoas falam que o hospital está parado, mas não” e acrescentou “Uma obra dessas, mesmo correndo, levaria 4 anos para ser entregue e concluir em pouco mais de dois anos é uma vitória para o município”.

Hospital Maternidade Cidade Saúde. Foto: Reprodução

Na ocasião, Edson ainda elogiou a decisão da Juíza Federal, da 5° Vara Federal Cível de Vitória, Drª. Maria Cláudia de Garcia Paula Allemand, que decidiu pela continuidade das obras. “Foi uma decisão sensata e imparcial, porque em momento nenhum houve qualquer tipo de pedido político, ela apenas analisou as documentações”.

Entenda o caso

Recentemente, o Ministério Público Estadual, por meio da Promotora Ana Carolina Gonçalves de Oliveira, e o Ministério Público Federal entraram na justiça, pedindo a suspensão das obras do Hospital Cidade Saúde, de Guarapari. Apesar da solicitação, a 5° Vara Federal Cível de Vitória solicitou esclarecimentos por parte da Prefeitura de Guarapari; a Caixa Econômica Federal, com quem o município tem convênio, e o Ministério da Saúde, que tem parceria com o Município na construção do hospital. 

Na última sexta-feira (31), após receber toda a documentação da Prefeitura de Guarapari, da Caixa Econômica e do Ministério da Saúde, a Juíza Federal, da 5° Vara Federal Cível de Vitória, Drª. Maria Cláudia de Garcia Paula Allemand, decidiu pela continuação das obras e conclusão do Hospital, negando o pedido suspensã feito pelo Ministério Público.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Centro de Guarapari deve receber rotativo em 2020

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Rotativo distribui orientações de uso aos motoristas de Guarapari

A empresa deve iniciar os trabalhos em até seis meses, e panfletos com orientações foram distribuídos hoje (23)

Anúncio
Anúncio
ufes-divulgação-folha-vitória

Ufes abre vagas com salários de até R$ 5,8 mil

No total, profissionais de nove áreas poderão se candidatar às oportunidades; veja como se inscrever!

coqueiro-beco-da-fome (2)

Coqueiro é envenenado em Guarapari; comerciante que cultivava lamenta

Anúncio
Foto: Hamilton Garcia

Guarapari está entre os municípios que mais abriram empresas durante à pandemia

mulher

Qualificar ES abre 5.500 vagas em cursos on-line exclusivos para mulheres

Anúncio