Anúncio

Presidente do Sindicig assume a vice-presidência da Findes em Anchieta

Por Glenda Machado

Publicado em 6 de setembro de 2017 às 11:40
Atualizado em 6 de setembro de 2017 às 11:40
Anúncio

Mesmo diante dos desafios econômicos da região sul do Espírito Santo, a regional Findes de Anchieta e região se renova e está com planejamento para o desenvolvimento dos municípios de Alfredo chaves, Guarapari, Piúma, Itapemirim e Iconha para os próximos dois anos. É que aconteceu na última quinta-feira (31) uma reunião para a nova composição da regional e apresentação do pacto para desenvolvimento “Todos Crescemos se todos Crescermos”.

Fernando Otávio ao lado de Rodolfo Samorini na posse da nova composição da Regional Findes Anchieta. Foto: reprodução

Na ocasião, o presidente escolhido para a gestão da vice-presidência institucional da Findes em Anchieta e região, foi o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Guarapari, Fernando Otávio.

De acordo com Fernando esse será um grande desafio em um cenário totalmente adverso do desenvolvimento da região sul. “Mesmo diante desta situação estamos apostando no turismo, na retomada da Samarco e a expansão do Porto de Itapemirim. Possuímos uma grande mão de obra qualificada na região e temos que usar isso a nosso favor”, explicou.

O novo vice-presidente institucional da regional Findes de Anchieta ainda disse que o objetivo desta gestão é promover a integração de quase 40 sindicatos da área da indústria. “Temos o desafio de trazer o trabalhador que quer se qualificar na regional. Vamos promover essa integração que é muito importante para o desenvolvimento dos municípios”.

Entre as particularidades da edificação estão da regional a opção pela arquitetura limpa, com estrutura pré-fabricada em concreto; a cobertura termo acústica, que permite o isolamento do som, além de refletir a luz e não absorver o calor; o reaproveitamento da água da chuva para lavagem de calçadas e irrigação da grama; a estação de tratamento de efluentes, que trata o esgoto antes de ser lançado na rede; e a acessibilidade, que permitirá mesmo às pessoas com deficiências o acesso a todas as salas e laboratórios.

Durante a posse foi apresentado o o pacto para desenvolvimento “Todos Crescemos se todos Crescermos”.

Com investimentos de R$ 16,8 milhões em obras e equipamentos, o Centro Integrado Lucas Izoton Vieira em Anchieta tem mais de 4,6 mil metros quadrados de área construída, em um terreno com aproximadamente 20 mil metros quadrados. São 13 salas de aulas e 14 laboratórios, equipados com tecnologia de ponta para atender à demanda por mão de obra qualificada para os segmentos industriais de Metalmecânica, Construção Civil, Eletroeletrônica, Informática, Meio Ambiente e Segurança do Trabalho.

A capacidade instalada de atendimento do Centro é de 12 mil matrículas por ano, em cursos profissionalizantes e de educação básica e continuada, beneficiando moradores de toda a regional de Anchieta, que abrange os municípios de Guarapari, Alfredo Chaves, Iconha e Piúma.

O Conselho Regional de Anchieta é formado por 18 industriais e presidido pelo vice-presidente institucional da Findes em Anchieta e região, Fernando Otávio, juntamente com o conselheiro titular, Rodolpho Samorini, conselheiro suplente, Sergio Mileipe e conselheiro titular do Sindicig, Emerson Macedo.

Os sindicatos atuantes na região são: Sindifer, Sinduscon, Sindipães, Sindibebidas, Sinprocim, Sindicer, Sindirepa, Sindimadeiras, Sincafé, Sindicalçados, Siges, Sindividros, Sindirochas e Sindipesca.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Capa

Atleta de Guarapari é contratado por time europeu

O goleiro Thiago Correia aguarda o fim da pandemia para viajar para a Polônia

Foto: Reprodução

Prefeitura de Guarapari anuncia Orçamento Participativo Municipal

O objetivo da medida é fazer com que a população exerça seu papel de cidadão, influenciando o destino de recursos públicos

Anúncio
Anúncio
Foto: Antônio Ribeiro

Qual praça de Guarapari o povo gostaria que fosse reformada?

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra mais três mortes e ultrapassa os 1.300 casos

A cidade totaliza 1.312 casos confirmados e 64 óbitos pela Covid-19

Anúncio
Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Artigo: Em tempos de pandemia, é possível reduzir a pensão alimentícia?

Renato Casagrande. Foto: Divulgação / Rodrigo Araujo

Governo do ES divulga atualização do Mapa de Gestão de Risco da Covid-19

O novo mapa, que terá vigência a partir de segunda-feira (13), classifica 41 municípios capixabas com risco “Alto” e 37 com risco “Moderado”

Anúncio