Anúncio

Profissionais de bares e restaurantes de Guarapari protestam contra restrição de horário

Participaram cerca de 200 funcionários e proprietários de cerca de 35 estabelecimentos do segmento em Guarapari

Por Gislan Vitalino

Publicado em 18 de janeiro de 2021 às 16:24
Atualizado em 19 de janeiro de 2021 às 17:15

Anúncio

Cerca de 200 profissionais entre proprietários e funcionários atuantes no segmento de bares e restaurantes de Guarapari estão realizando agora, na tarde desta segunda-feira (18) uma manifestação com passeata e carro de som pelas ruas do centro de Guarapari.

Foto: Hamilton Garcia/ FolhaOnline.es

Os funcionários protestam em reivindicação por um horário de funcionamento mais ampliado e se mostram contrários a restrição do horário de funcionamento para bares e restaurantes.

O Franklin Arpini é proprietário do Kebabs Pizza e Steak Bar. Ele acredita que os horários restritivos acabam tornando o atendimento mais tumultuado e complica o cumprimento dos protocolos. “Quando você restringe, você aglomera, afunila, fica com pouco espaço de tempo para atender as pessoas que estão na cidade e precisam se alimentar. Com horário estendido você tem condições de atender espaçadamente, observando o espaçamento e o uso de álcool”, contou Franklin.

Franklin Arpini, proprietário do Kebabs Pizza e Steak Bar. Foto: reprodução.

O Márcio da Silva Santos é proprietário do Dal’mare Restaurante e participou da manifestação. Ele explica que o horário restritivo não está sendo aplicado para outros setores da cidade. “A maioria do nosso segmento funciona no horário noturno. Não conseguimos entender essa lógica de até as 16h no domingo e 22h nos dias de semana, sendo que a gente vê outros segmentos funcionando com horários mais estendidos e praias e outras demandas com um maior número de aglomeração”, explicou.

A Soraia Marracini, da Casa Marracini considera que é preciso se atentar ao cumprimento das restrições, mas que o direito de trabalhar deve ser respeitado. “O cumprimento dos protocolos é imprescindível. No nosso restaurante nós tiramos 16 lugares para aumentar o espaçamento. Estamos cuidando das nossas famílias também, no meu restaurante ninguém pegou. Os estabelecimentos estão tendo cuidado, mas precisamos que deixem a gente trabalhar”, contou.

Durante a manifestação, foi organizado um documento pedindo a extensão do horário de funcionamento para estabelecimentos do segmento de bares e restaurantes. O documento foi assinado por participantes e apoiadores.

Manifestantes organizaram documento com reivindicações e assinatura de apoiadores e participantes. Foto: Hamilton Garcia/ FolhaOnline.es

A manifestação seguiu do Radium Hotel, no centro de Guarapari até a prainha de São Pedro, em Muquiçaba. Participaram os funcionários e proprietários de cerca de 35 estabelecimentos.

Fila para assinatura do documento. Foto: Hamilton Garcia/FolhaOnline.es

Em tempo

O decreto publicado no dia 30 de dezembro pela Prefeitura de Guarapari estabelecia medidas administrativas e sanitárias para enfrentamento da pandemia de Covid-19. Entre as regras estavam o funcionamento de restaurantes, pizzarias e similares de segunda-feira à sábado até às 22h e, no domingo, até às 16h.

No entanto, a Prefeitura esclareceu que a cidade de Guarapari se encontra sem decreto específico para o município. Com o retorno da cidade para a classificação de risco moderado no 39º Mapa de Risco Covid-19, que entrou em vigor no dia 11 de janeiro, a cidade passou a seguir os protocolos orientados pela portaria 226/20, do Governo do Estado. 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

2021_09_20-qualificar-es-galeria-Kainan-Juliana-e-tyago.JPG

Programa Qualificar ES realiza cerimônia de formatura em Guarapari

Praça Trajano (3)

Morador lamenta abandono da Praça Trajano Lino Gonçalves em Guarapari

Anúncio

Anúncio

projeto-escola-rural-2021-09-21-1

Escola Rural de Guarapari trabalha impacto da Educação Física para outras matérias e para a vida

Trabalho envolve professores de diversas matérias e incentiva inclusão e disciplina

ondas

Previsão de ondas de até 5 metros e ventos que podem chegar a 75 km/h no ES

Anúncio

vacina pfizer crianças

ES espera aval da Anvisa para vacinar crianças a partir de 3 anos contra Covid-19

O secretário de Saúde afirmou que a expectativa do governo é que a Sinovac e a Pfizer apresentem a documentação necessária para liberação da vacinação desse público até dezembro

vacinação adolecente

Guarapari vacinará adolescentes a partir dos 12 anos; o agendamento acontece hoje (21)

Anúncio