Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

Qual praça de Guarapari o povo gostaria que fosse reformada?

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 12 de julho de 2020 às 09:00
Atualizado em 13 de julho de 2020 às 14:48

Anúncio

Qual praça de Guarapari o povo gostaria que fosse reformada?
Foto: Antônio Ribeiro

Teve grande repercussão a coluna sobre a reforma da Praça do Bradesco. Foram mais de 200 curtidas e mais de 2.270 leituras! Recebi mensagens, áudios e até parado na rua fui. Sempre com bons comentários e sugestões.

Uma das interessantes, questiona o gasto de quase 400 mil reais na reforma de uma praça que não estava tão ruim e que precisava apenas de uma simples manutenção, mantendo os atrativos atuais que são bons.

Outra comentou que a Praça do Radium Hotel é a mais feia, pobre e descuidada da cidade. Já que o local é tão importante para nossa secular história, merecia mais cuidado e atenção por parte da prefeitura.

Tratando desta mesma praça, outro comentário foi sobre a feira pobre do artesanato, a Hippie que era na Praça Trajano e hoje enfeia ainda mais o entorno do velho hotel.

Escondida atrás da Feira do Radium Hotel, debaixo de telhas enferrujadas, em frente aos banheiros, aberta, baixa e fria, que voltar para seu lugar original.

Para isso, até um abaixo assinado foi feito, com mais de 500 assinaturas, para voltar logo à Praça Trajano. Eram mais de 100 e agora são menos de 50 artesãos. Querem voltar porque a praça original, recebe hoje bom público de visitantes, por conta do grande número de turistas que vem ao Porto das Escunas.

Com pequeno investimento, sem alterar sua característica, replicando a parte já existente, no espaço que hoje usam para jogar futebol, tirando o sossego de crianças e melhor idade, aí se colocariam 50 barracas, 20 na parte de cima no já existente e 30 embaixo, com o mesmo formato, não a deixando virar uma cracolândia.

Complementando a proposta, seria o permitir que no largo espaço das ruas que circundam a praça, estacionem carrinhos tipo food trucks, fazendo do local uma grande praça de alimentação a céu aberto, para atender a turistas e moradores.

Uma parte importante da proposta é ser uma praça só de artesãos, sem vendedores de coisas da China ou do Paraguai, para o que já existe outro espaço na cidade. Seriam somente artesãos moradores de Guarapari.

Este retorno que já foi promessa do atual prefeito em três oportunidades, que poderia coroar seu mandato com esta obra, que tem tudo a ver com o turismo e com a vocação da cidade para o artesanato.

Se não sair esta mudança no presente mandato, pode bem ser plataforma de campanha de outro candidato. Ou outros, sensíveis às causas do povo de Guarapari.

Anúncio

Anúncio

Veja também

material-escolar

Procon realiza pesquisa de preço e material escolar varia até 230% em Guarapari

coluna dom antonio rotativo (4)

Moradores de Guarapari questionam sobre vagas para idosos no rotativo

As dúvidas também foram sobre as multas aplicadas aos infratores

Anúncio

Anúncio

Leitos Covid ES

Casagrande anuncia ampliação de mais 30 leitos para atendimento à Covid-19

corona

Covid-19: Guarapari se aproxima dos 200 óbitos e 8 mil casos confirmados

Praia do Morro segue o bairro com mais infectados, 1.153, quase o dobro dos registrados em Muquiçaba, 618, segundo no número de casos

Anúncio

Carteiradetrabalho

47 vagas de emprego estão disponíveis no Sine de Anchieta; 33 para moradores de Guarapari

Os candidatos podem se candidatar a partir de hoje (25)

ultrasonografia_feto_foto-Amina-Filkins-Pexels

Estado e Município devem custear fertilização in vitro de moradora de Guarapari

Anúncio