Anúncio

“Quer vender ou comprar imóvel? Deixe a burocracia com a gente!”

Por Glenda Machado

Publicado em 11 de setembro de 2015 às 19:18
Atualizado em 11 de setembro de 2015 às 19:18

Anúncio

Quem nunca ouviu aquele velho e sábio dito popular: “só é dono quem registra”? Pois ele expressa bem o que deve ser feito na hora de realizar a tão sonhada aquisição da casa própria: fazer a escritura pública no Cartório de Registro de Imóveis. É este documento que vai garantir legalmente que você é o proprietário do imóvel. Caso contrário, o risco de perder a propriedade é alto.

“A escritura também é essencial na hora de vender algum imóvel. Sem esse documento, a negociação só pode ser feita com ‘contrato de gaveta’. Quando for comprar também é interessante exigir a matrícula atualizada, pois constarão todas as restrições referentes à propriedade como venda, hipoteca, dívidas”, explica o proprietário do Astori Gestão Imobiliária e Jurídica, Acácio Astori.

Ele destaca outro problema muito comum no município: os imóveis e loteamentos irregulares. O processo para sair da clandestinidade não é simples, mas com uma assessoria de confiança tudo pode se tornar mais fácil além de evitar muita dor de cabeça. Acácio alerta que aqueles que se encontram nesta situação estão sujeitos à multa por infração através de fiscalização dos órgãos da prefeitura.

“A primeira alternativa para regularizar um imóvel é tentar localizar os antigos proprietários que também devem constar nas certidões do imóvel junto ao Cartório de Registro Geral. Depois é necessário solicitar a lavratura da escritura pública do imóvel em cartório – onde serão exigidos outros documentos tanto pessoais como da propriedade. Em seguida, encaminhe a escritura lavrada ao cartório para que se proceda o registro”, explica Acácio.

Caso não encontre os antigos donos, uma das soluções é recorrer a processo judicial por meio de ação de usucapião. Acácio esclarece que a pessoa deve comprovar que usufrui do imóvel como proprietário por 15, 10 ou 5 anos continuamente dependendo do tipo de usucapião. Mas, que só se torna dono legalmente, depois de sentença judicial que declare a aquisição da propriedade pela usucapião.

Ficou com dúvida? A solução tem endereço certo. “A Astori Serviços trabalha com todo o tipo de assessoria imobiliária com ampla experiência no mercado visando soluções nas questões judiciais e administrativas, atuando principalmente de maneira preventiva a todas as questões relacionadas à compra e venda. Por isso, sempre dizemos: quer comprar ou vender um imóvel? Deixe a burocracia com a gente! Afinal, sua tranquilidade é nosso maior patrimônio”.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

familia-acolhedora

Guarapari realiza formação para quem deseja participar do Programa Família Acolhedora

montagem terreno Ipiranga2

Guarapari: dona de imóvel no Ipiranga reclama da falta de ordenamento público no bairro

De acordo com o relato, no local há um terreno abandonado acumulando lixo, um ônibus estacionado na rua com uma família morando e calçada sendo usada como varal de roupa

Anúncio

Anúncio

frio-inverno

Inverno começa com alerta de queda de até 5°C nas temperaturas em Guarapari

O alerta emitido pelo Inmet aponta frio intenso em 35 cidades do Estado

vacina_covid_19

Pessoas acima de 40 anos já podem agendar a imunização contra Covid-19 em Guarapari

A vacinação acontecerá na quarta (23), no Complexo Esportivo, em Muquiçaba.

Anúncio

volta às aulas pmg

Aulas presenciais são liberadas para todos os níveis a partir desta segunda (21) no ES

Novo mapa de risco passa a vigorar com 58 cidades em classificação moderada

pfizer

Guarapari abre hoje (21) novo agendamento para vacinar profissionais da educação contra Covid-19

Anúncio