Anúncio

Reconstrução de ponte de Alfredo Chaves deve ser concluída até março de 2021

A principal ponte do município foi uma das 23 estruturas destruídas pela enchente, em janeiro deste ano

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 31 de outubro de 2020 às 12:00
Atualizado em 2 de novembro de 2020 às 09:06

Anúncio

Em Alfredo Chaves, 23 pontes foram destruídas ou danificadas pelas chuvas. Foto: Divulgação

Devido às fortes chuvas que assolaram o Sul do Espírito Santo, em janeiro deste ano, diversas estruturas foram danificadas em todo o Estado. Em Alfredo Chaves, município mais afetado pela enchente, 23 pontes foram destruídas, dentre elas, a principal ponte do município que, segundo o Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado do Espírito Santo (DER-ES), deve ser entregue até março de 2021.

De acordo com o DER-ES, embora tenham sido dificultados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os trabalhos de reconstrução nos vários pontos do Estado afetados pelas fortes chuvas, no início deste ano, estão acelerados. Segundo o órgão, foi investido um montante de aproximadamente R$70 milhões em obras de reconstrução em Alfredo Chaves, município mais devastado pela enchente, onde o nível da água ultrapassou 1,90m de altura.

O DER-ES informou ainda que as 23 pontes destruídas só em Alfredo Chaves totalizam um investimento de quase R$23 milhões. A Ponte do Gavião, uma das principais da cidade, já foi entregue, juntamente com mais outras 3. Além disso, 6 pontes já estão com fluxo liberado concluindo pequenos ajustes para a entrega definitiva ainda no mês de novembro, o que tem proporcionado a retomada gradual das atividades dos moradores e transeuntes na região.

Em Cachoeirinha, 5 pontes também serão entregues no mês de novembro, e 3 no início de dezembro. Já a ponte da Sagrada Família já está com os trabalhos acelerados e tem previsão de entrega até março do ano que vem, juntamente com pontes menores.

“Apesar dos desastres terem sido inicialmente incalculáveis e de difícil complexibilidade de execução em função da pandemia, o Órgão e o Governo do Estado se mobilizaram e continuam empenhados em terminar de recuperar o quanto antes a cidade de Alfredo Chaves e todas as demais 21 cidades afetadas pelas chuvas”, salientou o DER-ES, por meio de nota.  

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina_covid_19

Guarapari esclarece diferença entre número de doses recebidas e aplicadas de vacina da Covid-19

Agendamento será reaberto nos próximos dias para a população com idade entre 60 e 64 anos

zaine_e_ricardo_conde-2021-04-05

“É como ter uma arma apontada para a família, sem defesas” alerta jornalista de Guarapari, recuperado da Covid-19

Ricardo e a esposa, Zaine Conde, contraíram a doença. O jornalista se recuperou e a esposa ainda está na UTI, mas apresentando melhoras

Anúncio

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Guarapari: 2ª dose da vacina contra Covid-19 para idosos de 65 a 69 anos ainda não tem data

A maioria dos idosos desse público recebeu a primeira dose há cerca de um mês

aumento efetivo111

Casagrande anuncia aumento do efetivo da Polícia Militar do Espírito Santo

Anúncio

upaa-550x413

Câmara derruba veto do Prefeito e estende Auxílio Funcional aos demais servidores da Saúde de Guarapari

O veto restringia o pagamento do auxílio apenas aos profissionais lotados na UPA 24h

Bobó Brisamare-Risa

Semana das Mães: restaurante de Guarapari vai doar parte das vendas ao Recanto dos Idosos

Anúncio