Anúncio

Rede Abraço – Governo lança novo projeto de ações integradas sobre drogas

Cerimônia também inaugurou o Centro de Acolhimento e Ação Integral sobre Drogas (CAAD)

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 15 de dezembro de 2020 às 12:15
Atualizado em 16 de dezembro de 2020 às 14:02

Anúncio

Na ocasião, também foi inaugurado o Centro de Acolhimento e Ação Integral sobre Drogas
Foto: Hélio Filho/Secom

O Governo do Estado lançou, nesta quarta-feira (09), a Nova Rede Abraço, uma versão atualizada do Programa Estadual de Ações Integradas sobre Drogas. A solenidade ocorreu na nova sede do Centro de Acolhimento e Ação Integral sobre Drogas (CAAD), no Centro de Vitória, que também foi inaugurada na oportunidade. 

Inserida na Secretaria de Direitos Humanos (SEDH) e coordenada pela Subsecretaria de Políticas sobre Drogas (SESD), a Nova Rede Abraço é um programa do Governo do Estado do Espírito Santo que visa a promover o bem-estar e o cuidado a pessoas com problemas decorrentes do uso de drogas, seus familiares e comunidade em geral. A organização do Programa Estadual de Ações Integradas Sobre Drogas sustenta-se em quatro eixos: prevenção, tratamento, reinserção social e estudos, pesquisas e avaliações.

Na ocasião também foi inaugurada a nova sede do CAAD: maior, mais moderna e mais eficiente para a realização de acolhimentos. O Centro é a porta de entrada para o atendimento de pessoas com problemas decorrentes do uso de álcool e outras drogas e seus familiares. O acolhimento é realizado por profissionais capacitados, os quais direcionam o atendimento e encaminham de acordo com as especificidades de cada caso.

“Estamos inaugurando esse Centro de Acolhimento e aproveitando para reforçar a importância de estarmos ocupando o Centro de Vitória. É mais um espaço que ocupamos, trazendo movimento e revitalizando o bairro. Importante também fortalecer o Programa Rede Abraço. Organizamos o programa em nosso primeiro governo. É um programa que tem uma relação com quem milita e trabalha na recuperação de vidas. Estamos em um momento onde debatemos a necessidade de salvar vidas. Vivemos uma epidemia da droga, em que as pessoas vão perdendo a vida aos poucos. Retirar uma pessoa das drogas é um trabalho difícil de ser feito, mas que precisa ser feito por todos. Nossa prioridade é dar atenção a essas pessoas que, às vezes, estão perdidas e com um trabalho técnico e atencioso, podemos dar esperança de um futuro com oportunidades”, afirmou o governador Casagrande.

Para a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, a nova sede do CAAD vai fornecer um atendimento muito melhor para as pessoas que precisam da Rede. “Um acolhimento muito melhor, mas também vai trazer dignidade aos nossos servidores e servidores. Além disso, quero destacar a importância de termos dois outros Centros que serão construídos no interior. São dois municípios do Programa Estado Presente em Defesa da Vida que vão receber esses Centros de Acolhimento para facilitar que essas pessoas possam alcançar a rede, mostrar que a política de drogas do Espírito Santo não é vista apenas como um caso de polícia. A política de drogas é uma questão de saúde, de direitos humanos”, pontuou.

O subsecretário de Estado de Políticas sobre Drogas, Carlos Lopes, completou: “Nesta nova sede temos um espaço mais humanizado para receber as pessoas, mais organizado, e melhor para nossos servidores e servidoras, o que representa o nosso compromisso com a população. O lema da Rede Abraço é ‘Construindo caminhos e acreditando em possíveis’, e é isso que vamos continuar fazendo. Esse é o nosso objetivo, é isso que nos move, por isso que estamos aqui. Desejo que possamos viver um novo tempo nesse espaço, a serviço de melhor atender a sociedade capixaba.”

No espaço são atendidas pessoas com necessidades de orientação ou tratamento em relação ao álcool e outras drogas, por meio de uma equipe multidisciplinar, formada por médicos, assistentes sociais, psicólogos, nutricionista, técnico de enfermagem e monitor de dependência química. Confira mais informações sobre o CAAD

A secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, destacou ainda que a mudança da sede do Centro de Acolhimento está alinhada ao projeto prioritário de Constituição do Núcleo Administrativo do Governo no Centro de Vitória. “Diante da demanda do CAAD por um novo espaço, nossa equipe buscou imóveis no bairro provenientes de edital específico publicado, tendo em vista nosso objetivo de manter e transferir repartições públicas para essa localidade, contribuindo para a revitalização da região e aproximando órgãos públicos. Vale destacar que os custos de reforma e adaptação do prédio foram arcados pelo locador. Agora, a unidade terá espaço mais amplo e humanizado para atendimento ao público, qualificando assim o serviço prestado”, acrescentou.

Durante a solenidade também foi assinada uma parceria com a instituição de Ensino Superior privada Multivix, para atuação acadêmica no CAAD e serviços na Nova Rede Abraço. 

Observatório Capixaba de Informações sobre Drogas

Na oportunidade, foi lançado ainda o Observatório Capixaba de Informações sobre Drogas (OCID), uma ferramenta central e estratégica para a efetivação dos objetivos traçados no eixo “estudos, pesquisas e avaliações” do Programa Estadual de Ações Integradas sobre Drogas, uma vez que é o instrumento de substancialização do esforço contínuo e sistêmico de realização de levantamentos, estudos, pesquisas, avaliações que desenvolvam um olhar minucioso e preciso sobre a questão da droga no Espírito Santo.

O OCID é também plataforma para divulgação de dados que tenham a droga como tema e que advenham de diferentes frentes como educação, saúde, justiça, direitos humanos, segurança pública, bem como os dados de execução da Política Estadual sobre Drogas. 

O Observatório pretende abranger dados produzidos pelo Governo do Estado em suas inúmeras facetas, e dados construídos por colaboradores externos, de modo a garantir a diversidade e a pluralidade de olhares. Confira a página do OCID

Edital de Boas Práticas

Ainda durante a solenidade, foram entregues os prêmios aos selecionados do Edital de Seleção de Projetos de Boas Práticas em Direitos Humanos e no Campo das Políticas sobre Drogas. Ao todo, foram contemplados 14 projetos, divididos em três eixos temáticos, com prêmios no valor de R$ 25 mil cada. O edital foi organizado pela SEDH, por meio da SESD e da Subsecretaria de Proteção, Promoção e Defesa dos Direitos Humanos (SubDH).

O edital tem como objetivos apoiar e fortalecer as boas práticas para a promoção da cidadania, do respeito aos direitos humanos e da valorização da diversidade, além da desconstrução de todas as formas de intolerância, discriminação e preconceito. Também visa ao fortalecimento dos fatores de proteção que evitem ou diminuam o uso de drogas e os efeitos nocivos advindos desse uso.

Plano Geral de Reinserção Social

Também como parte da solenidade, foi lançado o Plano Geral de Reinserção Social, voltado para as pessoas com problemas decorrentes do uso de Substâncias Psicoativas (SPAs) acompanhadas pelo CAAD. Seu escopo de atuação prevê ações de execução direta e iniciativas de articulação intersetorial, de conscientização e participação da sociedade como um todo. Confira AQUI a íntegra do documento.

Projeto SAHUV 

Durante o evento, ainda foi anunciado o projeto “Serviço de Atendimento Humanizado a Vítimas de Violação de Direitos Humanos (SAHUV)”, coordenado pela Gerência de Proteção e Defesa dos Direitos Humanos (GPDDH) e pela SubDH, previsto para começar a funcionar em 2021 no prédio do CAAD. 

Entre os objetivos do projeto estão: registrar e atender casos de violação de direitos humanos; fazer encaminhamentos de denúncias aos órgãos, às entidades e equipamentos responsáveis, acompanhando-os até a finalização da demanda; realizar formação em educação em direitos humanos; além de promover, divulgar e fortalecer a rede de proteção e enfrentamento à violência, em conjunto com as diretrizes da SEDH, firmando parcerias com outros órgãos e entidades.

*Com informações de Assessoria de Comunicação do Governo do Estado.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

MAPA_60_L1

Governo apresenta 60° Mapa de Risco com Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves em risco moderado

transparencia-fiscalizacao-corrupcao-lupa

Espírito Santo é o Estado mais transparente nos dados da vacinação contra Covid-19

Anúncio

Anúncio

obras Camurugi

Moradores de Guarapari aguardam obras em rua do Camurugi contemplada em 2020

Até o momento, o serviço de dragagem da vala foi realizado; a promessa da prefeitura é que a obra de drenagem e pavimentação fique pronta até o fim do ano

Sine de Anchieta tem 46 vagas para moradores da região e oportunidades para Guarapari

As vagas são para os níveis fundamental, médio, técnico e superior

Anúncio

bazar_edicao_1

Projetos sociais de Guarapari realizam ações de solidariedade neste sábado (19)

Ações de bazar beneficente e cabide solidário visam ajudar famílias necessitadas de Guarapari

vacina_covid_guarapari_90

Guarapari abre agendamento da segunda dose de Coronavac para idosos acima de 60 anos

Anúncio