Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

Rotativo: será que emplaca?

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 24 de janeiro de 2021 às 09:00
Atualizado em 25 de janeiro de 2021 às 14:17

Anúncio

Fotos: Antônio Ribeiro

Quem anda pelas ruas do Centro e da Praia do Morro está percebendo que agora não só tem vagas, mesmo na temporada alta, como também tem placas do estacionamento regulamentado, o rotativo, na maioria das ruas.

A nova empresa e o novo sistema estão começando, ainda com a maioria dos operadores bem identificados, em treinamento. Com certeza, o serviço tende a melhorar e facilitar a vida de quem tem afazeres.

Esta proposta de estacionamento rotativo é por princípio mais democrática: onde alguns estacionam menos, todos os demais podem estacionar mais, mais vezes, sem ter que dar tantas voltas para encontrar uma vaga.

Outro bom argumento é que traz junto uma possibilidade de resolver o problema das motos, que estacionam nas vagas para autos e as inviabilizam, já que agora, as motos tem vagas definidas e controladas pelos operadores.

As ruas onde é preciso pagar para estacionar estão já identificadas com novas placas, em duas categorias: a azul e a vermelha, esta para as praias, com diferença de horário para melhor atender os turistas e banhistas.

Agora para se estacionar em Guarapari, tem que ter o aplicativo e escolher o tempo previsto de ocupação da vaga, que pode uma vez ser ampliada, podendo chegar ao máximo de quatro horas ou trinta minutos.

Quem ainda não tem o aplicativo pode baixar grátis ou com ajuda dos operadores, que já lhe venderão os créditos. Dúvidas ou orientações podem ser atendidas no zap 019.99846.7801 ou 0800.6727260 ou rizzoparking.com.br

Os operadores serão também uma ajuda para diminuir roubos e furtos, pela simples presença nas ruas e até para ajudar os motoristas mais esquecidos, que ao deixar o carro aberto serão alertados pelos operadores, que tem seu contato.

O rotativo vai começar a ser levado mais a sério, como sempre acontece no Brasil, quando começarem a vir as multas. Aí a maioria passará a cuidar mais, por atingir diretamente o bolso e por ver as vantagens coletivas.

Nas multas que serão aplicadas pela Prefeitura, haverá fotos da infração, bem como dados do local e modalidade do fato que gerou a multa, tornando o sistema mais efetivo e confiável, para todos os envolvidos.

Será também mais uma oportunidade para resolver casos de carros abandonados, por ficarem ocupando as vagas o tempo todo, algumas vezes até facilitando encontrar o dono, pela comunicação do fato.

Também permitirá resolver o problema com a falta de vagas gerado por reboques, carretas e vans que ficam paradas o tempo todo nas vagas, que na maioria dos casos, são  as mais desejadas. Tendo que pagar, elas aumentarão.

Os valores do rotativo são em média, menos da metade do que cobram os estacionamentos, só que com mais lugares a estacionar. Alguns irão voltar ao hábito saudável de vir a pé ou combinar carona, que foi o princípio do desenvolvimento do sistema Uber.

Tomara que o percentual que fica para a Prefeitura, deixe boa receita para ser aplicada em melhorias que beneficiem a cidade e o cidadão. Por falar em melhorias, é preciso melhorar a pintura de identificação das vagas, melhor sendo por conta da empresa concessionária.

Obedecer a legislação e viver em sociedade com leis que beneficiem a todos é coisa de cidade desenvolvida ou em desenvolvimento!

Antônio Ribeiro é Administrador pelo Mackenzie, e Especialista em Marketing pela PUC com MBA pela FGV.

Contato: [email protected]

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

2021_09_20-qualificar-es-galeria-Kainan-Juliana-e-tyago.JPG

Programa Qualificar ES realiza cerimônia de formatura em Guarapari

Praça Trajano (3)

Morador lamenta abandono da Praça Trajano Lino Gonçalves em Guarapari

Anúncio

Anúncio

projeto-escola-rural-2021-09-21-1

Escola Rural de Guarapari trabalha impacto da Educação Física para outras matérias e para a vida

Trabalho envolve professores de diversas matérias e incentiva inclusão e disciplina

ondas

Previsão de ondas de até 5 metros e ventos que podem chegar a 75 km/h no ES

Anúncio

vacina pfizer crianças

ES espera aval da Anvisa para vacinar crianças a partir de 3 anos contra Covid-19

O secretário de Saúde afirmou que a expectativa do governo é que a Sinovac e a Pfizer apresentem a documentação necessária para liberação da vacinação desse público até dezembro

vacinação adolecente

Guarapari vacinará adolescentes a partir dos 12 anos; o agendamento acontece hoje (21)

Anúncio