Anúncio

Samarco pode retomar as atividades até o final do ano que vem

Por Livia Rangel

Publicado em 20 de dezembro de 2016 às 16:01
Atualizado em 20 de dezembro de 2016 às 16:01
Anúncio
Coletiva no Palácio Anchieta abordou a possível volta da Samarco e a ampliação da ferrovia Vitória Minas até o Sul do ES. Foto: Governo do ES

Coletiva no Palácio Anchieta abordou a possível volta da Samarco e a ampliação da ferrovia Vitória Minas até o Sul do ES. Foto: Governo do ES

As acionistas da Samarco, Vale e BHP Billiton, estão otimistas com a volta das operações da mineradora até o final de 2017. A informação foi dada pelo presidente da Vale, Murilo Ferreira, em coletiva com o governador Paulo Hartung na tarde desta segunda (19), no Palácio Anchieta.

Murilo Ferreira afirmou ainda que as duas empresas estão empenhadas em cumprir e as ações determinadas para reestabelecer o funcionamento da Samarco.

“Estamos estudando o plano de retomada. Nas últimas determinações foi exigida a apresentação de um plano de longo prazo para destinação dos rejeitos de minérios. Não posso ser irresponsável em estabelecer datas. Dependemos de uma série de autorizações, principalmente do Poder Executivo do Estado de Minas Gerais. Se depender dos esforços da Vale, tentaremos reestabelecer a retomada das atividades até o final de 2017”, ponderou.

Ferreira disse ainda que progressos intensos foram realizados nas últimas semanas, que a empresa superou alguns obstáculos para retomada e que os sócios estão alinhados quanto a necessidade e importância estratégica da Samarco em atividade. “Nossa preocupação é que a retomada seja segura e feita de forma prudente. Precisamos dar todas essas garantias”, observou.

Já Hartung explicou que a retomada da Samarco será uma ação estratégica para auxiliar na retomada do crescimento econômico do Estado e do país. “A Samarco é uma empresa de impacto econômico nacional. Estamos defendendo a volta do funcionamento da empresa, mas com absoluta segurança”, disse o governador.

Nova Ferrovia. Na oportunidade, Hartung e Ferreira também anunciaram oficialmente que a mineradora pode assumir a responsabilidade de construir uma nova ferrovia ligando Vitória a Presidente Kennedy, no Sul do Estado.  O investimento, estimado em R$ 1 bilhão, seria uma contrapartida para renovar o contrato de concessão da ferrovia Vitória Minas, que expira em 2026.

A nova estrutura deve cortar ao menos 10 municípios, entre eles, Guarapari, caso seja mantido o traçado de outro projeto, o da Ferrovia Vitória-Rio, que ainda está em processo de estudo. A ideia é que a ferrovia interligue o Complexo de Tubarão a outros importantes terminais portuários, como o Porto de Ubu e o futuro Porto Central, localizado em Presidente Kennedy.

Para Paulo Hartung, a nova ferrovia será uma importante realização para dinamizar a economia da Região Sul do Estado e viabilizar importantes projetos na área portuária. “Essa ferrovia pode possibilitar a viabilização de três importantes projetos portuários na Região Sul do Estado. Estamos atuando com nossa bancada federal para possibilitar estes importantes investimentos”, disse.

Já o presidente da Vale, Murilo Ferreira, explicou que já foram iniciadas as discussões com o Governo Federal. “A expectativa é que, ainda no primeiro semestre de 2017, seja oficializada a documentação sobre a concessão da Vitória-Minas dando direitos e deveres que, no atual formato negociado, inclui a construção da Ferrovia até Presidente Kennedy”, finalizou.

Anúncio
Anúncio

Veja também

corona

Coronavírus: Guarapari registra 12º óbito e mais 10 casos da doença

A vítima fatal da doença residia no Centro

CTA

Centro de Testagem e Aconselhamento vira alvo de denúncias em Guarapari

Anúncio
Anúncio
Lucineia Santos de Souza. Foto: Arquivo Pessoal

Moradora de Guarapari já produziu e doou mais de 500 máscaras para famílias carentes

Com um saco de retalhos e um rolo de elástico, Lucineia Santos resolveu ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social a se protegerem da Covid-19

homicidio

Número de homicídios no ES reduz em maio e atinge melhor número dos últimos 24 anos

Anúncio
abertura de em presas

ES está entre os 12 estados com menor tempo de espera para abertura de novas empresas

cão4

Pandemia faz número de adoção de cães e gatos crescer em Guarapari