Anúncio

Sebrae/ES impulsiona aprovação de projetos inovadores no Programa Centelha

Foram oferecidas consultorias e capacitações para elaboração de projetos aos participantes

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 29 de junho de 2020 às 12:00
Atualizado em 30 de junho de 2020 às 12:08

Anúncio

Sebrae/ES impulsiona aprovação de projetos inovadores no Programa Centelha
Graciele Sonegheti ficou em primeiro lugar com o projeto “Maternar Lactantes Presas”. Foto: Reprodução/Sebrae.

Criado para estimular o surgimento de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Brasil, o Programa Centelha oferece recursos financeiros, capacitações e suporte para transformar ideias em negócios de sucesso. Com seu edital mais recente (07/2019) na terceira e última fase, o programa teve 3.553 ideias submetidas apenas no Espírito Santo, e chega ao resultado preliminar com 100 projetos de fomento selecionados para receber aporte financeiro. O resultado final sai no dia 10 de julho.

No Espírito Santo, a iniciativa é executada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), e tem como um dos parceiros o Sebrae/ES, que apoiou 30 dos proponentes que chegaram à reta final, com consultorias e capacitação para elaboração de projetos. Para o gerente de inovação do Sebrae/ES, Leonidio Pinheiro, o resultado é motivo de orgulho e comemoração. “Queremos que resultados como esse virem rotina. O Centelha começou com mais de 3 mil ideias para finalizar com 100. Contribuímos para que 30 desses projetos fossem aprovados. Foram sete meetups realizados, 214 horas de mentorias e 437 atendimentos”, detalhou. O programa também tem a parceria local de UVV, Faculdade Multivix, UCL, Faesa e Instituto Federal do Espírito Santo.

A analista da unidade de inovação do Sebrae/ES, Vanessa Gusmão Silva, afirma que o Estado tem uma demanda reprimida de apoio. “Nossa ideia foi colaborar para que mais pessoas tivessem o acesso a esse recurso. É uma semente para fazer esses negócios começarem a funcionar”. O trabalho envolveu encontros para divulgar o edital, orientações sobre como fazer a primeira submissão da proposta e mentorias.

Vanessa salienta que o Sebrae/ES segue apoiando selecionados e não-selecionados. “Para aqueles que não foram aprovados vamos oferecer uma série de capacitações para que possam aprimorar suas propostas e, num futuro próximo, terem mais sucesso na captação de recursos. Já para os aprovados vamos oferecer todo o nosso portfólio de soluções”, diz.

Primeiro colocado

O projeto “Maternar Lactantes Presas” cravou o primeiro lugar na última fase do Programa Centelha. A ação foi desenvolvida no Centro Prisional Feminino de Cariacica como um projeto-piloto, por meio do trabalho da diretora do presídio e propositora da proposta Graciele Sonegheti. A meta é que o “Maternar” seja reproduzido em nível nacional com ações voltadas ao cuidado com as gestantes, lactantes e bebês que se encontram nos sistemas prisionais brasileiros com vistas a proteção da primeira infância.

“Sempre busco fazer tudo com muita dedicação e cuidado e o reconhecimento do esforço nos impulsiona a fazer cada vez mais! Agora, o objetivo é disseminar as ações em âmbito nacional para trazer mais dignidade às gestantes, lactantes e bebês que se encontram nas unidades prisionais do Brasil, com capacitações aos profissionais que lidam com esse público, além de estruturar, com base no marco legal da primeira infância, os espaços destinados aos bebês de modo que tenham os estímulos necessários ao desenvolvimento infantil e em todas as fases do programa”, salienta.

A ideia da diretora teve o suporte do Sebrae/ES. “Esse apoio foi fundamental, pois por meio de profissionais altamente qualificados, que atuaram de maneira eficiente na orientação dos participantes, foi possível chegar ao final desse processo com excelência”, comemora Graciele.

Captação de recursos

Assim como o Programa Centelha, outros editais estão disponíveis para que micro e pequenas empresas, Microempreendedores Individuais (MEI) e startups busquem aporte financeiro para seus projetos de inovação. Os riscos que envolvem o processo de inovação podem ser minimizados por meio de apoio de recursos não reembolsáveis. A captação de recursos é atividade imprescindível para as empresas que pretendem incrementar sua competitividade.

No Portal do Sebrae é possível encontrar uma lista atualizada com os editais abertos no momento. O Sebrae presta ainda consultoria de Elaboração em Projetos de Inovação às empresas que pretendem ir em busca da captação de recursos. Esse trabalho pode fazer toda a diferença para os pequenos negócios em termos de parcerias, conhecimento especializado em inovação e investimentos. Até o dia 30 de junho é possível ter acesso a essa consultoria tecnológica gratuitamente.

*Com informações: Assessoria de Comunicação Sebrae/ES

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

ultrasonografia_feto_foto-Amina-Filkins-Pexels

Estado e Município devem custear fertilização in vitro de moradora de Guarapari

violência-doméstica-550x293-1

2020 teve menos denúncias e mais prisões relacionadas à violência contra a mulher em Guarapari

Para a titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Guarapari, Dra. Francini Moreschi, pandemia pode ter dificultado denúncias

Anúncio

Anúncio

coluna dom antonio rotativo (7)

Rotativo: será que emplaca?

divulgacao_ales_celular_educacao

Lei permite doação de celulares apreendidos para estudantes da rede pública

A ideia é que os aparelhos sejam utilizados para estudos e para o acompanhamento de aulas à distância

Anúncio

WhatsApp-Image-2021-01-23-at-15.06.18

“De Jovem para Jovem”; Sarau virtual seleciona artistas da periferia de Guarapari

Para participar é preciso ter entre 9 e 30 anos, ser morador de um bairro de periferia e ter a disponibilidade para gravar um vídeo da apresentação cultural participante.

rillari_7_anos-bonecas (4)

Venda de bonecas ajuda a custear tratamento da Rillari, de 7 anos

A Rillari, filha da Valéria, possui Síndrome de Edwards. Bonecas estão disponíveis na Feinartg até segunda-feira (25)

Anúncio