Anúncio

Seu bairro no Folha: Associação de moradores sonha com coleta seletiva em Guarapari

Por Carolina Brasil

Publicado em 26 de fevereiro de 2018 às 17:00
Atualizado em 26 de fevereiro de 2018 às 16:10
Anúncio

A união em forma de associação é fundamental para a organização de determinados grupos, em especial o de moradores quando a população de um local reúne forças na luta por direitos e necessidades, principalmente junto ao poder público. Também é papel da associação de moradores colaborar para que boas práticas sejam desenvolvidas e aplicadas na comunidade.

Seguindo esse raciocínio, a Associação de Moradores da Enseada Azul (Ameazul), em Guarapari, tem trabalhado para o bem de todos e sonha com a coleta seletiva sendo executada de forma significativa na região. “Esse é um grande sonho, pensamos que um bairro pequeno como nosso seria um excelente ponto de partida para um projeto como esse. A preocupação ambiental é um dever de todos e a população seria envolvida junto a uma associação de catadores, mas é preciso vontade política. O resultado beneficiaria não só o meio ambiente”, destacou a presidente da Ameazul, Inês Maria Pereira.

Enquanto isso, a diretoria informa que está muito atenta a tudo que acontece e busca atender ao máximo as demandas da população. “Hoje, as nossas principais questões são a dos ambulantes nas praias, sem padronização, fiscalização e controle, do estacionamento irregular em períodos de grande movimento e as construções fora dos padrões”, enumerou Inês.

Alguns problemas são mais frequentes em períodos de grande movimento nas praias (Bacutia, Peracanga e Guaibura) da região. Foto: Folha da Cidade/Arquivo

A presidente da associação acredita que muitas coisas poderiam ser resolvidas com uma proximidade maior entre município e associação. “Não existe uma conexão com o município, gostaríamos de fazer um trabalho participativo, em conjunto. Não estamos aqui para cobrar apenas, queremos colaborar para o bem comum”, finalizou.

Em nota, a Prefeitura se posicionou sobre as questões levantadas nessa reportagem:

Ambulantes: “Durante o verão, os fiscais da prefeitura abordaram vendedores, notificado àqueles que trabalhavam de forma clandestina. Foram realizadas apreensões e remoções com o objetivo de moralizar a situação e fazer valer o direito dos vendedores devidamente cadastrados que atuavam no local. Todas as licenças são válidas até maio, assim, haverá um novo edital de recadastramento e cadastramento com novas regras, inclusive no que diz respeito a identificação”.

Estacionamento: “A Prefeitura de Guarapari, por meio da Secretaria de Postura e Trânsito, assinou convênio com a Polícia Militar e a mesma pode ser acionada pelo requerente para fazer o cumprimento do Código de Trânsito Brasileiro”.

Construções: “A Secretaria Municipal de Análise e Aprovação de Projetos (Semap) informa que, conforme legislação municipal, na região da Enseada Azul (Guaibura, Bacutia e Peracanga) na primeira quadra do mar só é permitido prédios com até 25,5 metros de altura e da segunda quadra até a Rodovia do Sol a altura máxima é de 34 metros”. 

Coleta Seletiva: “A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura (Semag) informa que Guarapari possui o Plano de Resíduo Sólido e o mesmo abrange a coleta seletiva em todo o município. A cidade possui um caminhão de coleta seletiva, que atua em parceria com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Guarapari (Asscamarg) e atende aos estabelecimentos e residências que solicitam a busca dos materiais. Um novo projeto de coleta seletiva tem sido estudado pelos técnicos da Semag para a realização de melhorias na coleta seletiva do município. Mais informações, entrar em contato com a Asscamarg 3261-4816 (responsável: Jadir)”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

a-producao-anual-do-tuberculo-chega-a-50-mil-toneladas-145827-article

Parceria entre Governo do ES e Sebrae oferta palestra para produtores rurais

A palestra apresenta as redes sociais como alternativa de venda, para incentivar a presença digital de produtores rurais

rebocador

Encontrado corpo do tripulante do rebocador que afundou em Guarapari

O corpo de Eric Barcelos Rangel, de 57 anos, foi localizado no mar de Aracruz, na última segunda-feira

Anúncio
Anúncio
Fabio-Novaes-Sicoob

O que é e o que muda com Pix

nova loja EPA

Nova unidade do supermercado EPA é inaugurada em Guarapari

Anúncio
edital cultura Alfredo Chaves

Alfredo Chaves e Guarapari lançam Edital Emergencial para o setor cultural

Doação sangue Hifa2

HIFA Guarapari cria campanha de doação de sangue entre os funcionários

Por conta da pandemia, a campanha que abrangia a população está suspensa para evitar aglomeração

Anúncio