Anúncio

Som alto em casa na Enseada Azul tira o sono de moradores de Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 24 de abril de 2019 às 17:40
Atualizado em 24 de abril de 2019 às 17:47
Anúncio

De acordo com uma moradora, que não iremos identificar, o problema começou no Carnaval e, mesmo sem alvará de funcionamento, o imóvel funciona como uma casa de shows.

De acordo com a moradora, o imóvel estaria realizando até cobrança de ingressos. Foto: Reprodução.

O som alto de uma casa em Guarapari tem gerado reclamações de moradores do bairro Enseada Azul. De acordo com uma moradora, que não iremos identificar, a casa foi alugada no feriado de Carnaval e, desde então, festas têm sido realizadas todo final de semana.

A moradora disse que, mesmo sem possuir nenhum alvará para funcionamento, o local fazia até cobrança de ingressos. “Eles não tem isolamento acústico, nem saída de emergência. É uma casa residencial. Eles alugaram o imóvel no feriado de Carnaval e depois descobrimos que esse aluguel tinha sido anual”, denunciou.

De acordo com ela, as festas duram noite e dia. “No último final de semana o som alto começou na quinta-feira à noite e foi até sexta-feira direto. No sábado, a música retornou de madrugada e foi até domingo. É muito complicado! Nós nos sentimos afrontados”, declarou.

Ainda de acordo com o relato, o Disque Silêncio foi acionado, mas de acordo com a moradora, mesmo após a ida ao local e realização de medições, a festa continuou no dia seguinte. “Isso atrapalha os moradores e ainda desvaloriza o bairro”, declarou.

Segundo ela, um abaixo assinado está sendo organizado e já está coletando assinaturas de moradores do bairro. O documento será encaminhado à Secretaria de Meio Ambiente e ao Ministério Público.

Questionamos a prefeitura sobre o motivo do local ainda estar aberto, já que não possui alvará de funcionamento. Também perguntamos sobre as medidas tomadas pelo órgão até então. A resposta foi enviada por meio de uma nota.

“A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente esclarece que a casa não é um empreendimento e o proprietário foi notificado para providenciar a regularização, bem como para que os ruídos estejam dentro dos decibéis legais. O local e o prazo da notificação estão sendo monitorados pela fiscalização ambiental.
Caso ocorram novos eventos no local sem autorização do município, a fiscalização ambiental irá atuar com as medidas necessárias ao caso. A fiscalização será intensificada no local.”

Texto: Sara de Oliveira

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Fotos? Divulgação / PMES

Batalhão de Guarapari recebe visitas de pequenos admiradores

No mês das crianças, Alícia e Matheus tiveram a chance de conhecer de perto o 10º Batalhão da Polícia Militar

Foto: Divulgação / GovES

ES: Secretaria de Saúde abre processo seletivo com salários de até R$10 mil

Há vagas para médicos e outros profissionais de níveis Médio, Técnico e Superior; veja como se inscrever!

Anúncio
Anúncio
Fabrício-Petri-1-750x354

Eleições 2020: pesquisa aponta reeleição do atual prefeito de Anchieta

Carlos Von11

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Carlos Von

Anúncio
simonetti (4)

Loja de Guarapari arrecada mechas de cabelo para mulheres com câncer de mama

Santuário

Santuário São José de Anchieta: novos serviços garantirão uso sustentável do monumento

Anúncio