Anúncio

Som alto em casa na Enseada Azul tira o sono de moradores de Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 24 de abril de 2019 às 17:40
Atualizado em 24 de abril de 2019 às 17:47

Anúncio

De acordo com uma moradora, que não iremos identificar, o problema começou no Carnaval e, mesmo sem alvará de funcionamento, o imóvel funciona como uma casa de shows.

De acordo com a moradora, o imóvel estaria realizando até cobrança de ingressos. Foto: Reprodução.

O som alto de uma casa em Guarapari tem gerado reclamações de moradores do bairro Enseada Azul. De acordo com uma moradora, que não iremos identificar, a casa foi alugada no feriado de Carnaval e, desde então, festas têm sido realizadas todo final de semana.

A moradora disse que, mesmo sem possuir nenhum alvará para funcionamento, o local fazia até cobrança de ingressos. “Eles não tem isolamento acústico, nem saída de emergência. É uma casa residencial. Eles alugaram o imóvel no feriado de Carnaval e depois descobrimos que esse aluguel tinha sido anual”, denunciou.

De acordo com ela, as festas duram noite e dia. “No último final de semana o som alto começou na quinta-feira à noite e foi até sexta-feira direto. No sábado, a música retornou de madrugada e foi até domingo. É muito complicado! Nós nos sentimos afrontados”, declarou.

Ainda de acordo com o relato, o Disque Silêncio foi acionado, mas de acordo com a moradora, mesmo após a ida ao local e realização de medições, a festa continuou no dia seguinte. “Isso atrapalha os moradores e ainda desvaloriza o bairro”, declarou.

Segundo ela, um abaixo assinado está sendo organizado e já está coletando assinaturas de moradores do bairro. O documento será encaminhado à Secretaria de Meio Ambiente e ao Ministério Público.

Questionamos a prefeitura sobre o motivo do local ainda estar aberto, já que não possui alvará de funcionamento. Também perguntamos sobre as medidas tomadas pelo órgão até então. A resposta foi enviada por meio de uma nota.

“A Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente esclarece que a casa não é um empreendimento e o proprietário foi notificado para providenciar a regularização, bem como para que os ruídos estejam dentro dos decibéis legais. O local e o prazo da notificação estão sendo monitorados pela fiscalização ambiental.
Caso ocorram novos eventos no local sem autorização do município, a fiscalização ambiental irá atuar com as medidas necessárias ao caso. A fiscalização será intensificada no local.”

Texto: Sara de Oliveira

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

Anúncio

Anúncio

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

procurados-2021-06-23

Polícia Militar divulga 5 criminosos de Guarapari procurados pela Justiça

Caso tenha informações, população pode ajudar a polícia através do Disque-Denúncia (181)

Anúncio

Eco 101 - duplicação

Duplicação: desvio de tráfego em Anchieta para construção do viaduto de acesso a Alfredo Chaves

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Guarapari realiza novo agendamento para pessoas acima de 40 anos

Anúncio