Anúncio

Suplementação alimentar contribui para saúde do corpo

Contudo, opção só deve ser adotada sob a orientação de um nutricionista

Por Carolina Brasil

Publicado em 25 de abril de 2021 às 15:00
Atualizado em 26 de abril de 2021 às 16:56

Anúncio

Produtos naturais e industrializados podem suprir as necessidades do corpo e completar a dieta alimentar. Foto: reprodução|Freepik.

Fontes de vitaminas, minerais e outras substâncias, os suplementos alimentares têm a função de complementar a alimentação, seja ela deficiente ou voltada a um objetivo corporal. Não em vão, os mais populares estão associados à perda de peso e ao ganho de massa muscular.

Entre os suplementos mais conhecido estão: a proteína do soro de leite (whey protein) e a creatina, além do os chamados termogênicos que são compostos por cafeína e/ou metilxantinas naturais. “A suplementação evoluiu bastante, é possível encontrar suplementos para todos os objetivos como emagrecimento, hipertrofia, melhor desempenho e maior concentração, por exemplo. É muito válido, ainda, aliar a suplementação com a prática de atividade física e/ou esportiva”, explicou Luiz Tamer Alves Regis Dutra, empresário do setor.

Luiz Tamer e a sócia Isla Honorato de Souza com os ‘queridinhos’ da loja. Foto: divulgação.

De acordo com a nutricionista Maria Aracy, a suplementação alimentar ou a complementação alimentar não está restrita aos praticantes de atividade física. “Atualmente, existem diversos produtos de suplementação no mercado com objetivos distintos, como auxiliar a melhora no desempenho esportivo e na recuperação após o exercício físico; auxiliar na perda de peso ou no ganho de massa muscular. Porém, a suplementação alimentar pode ser bem-vinda no intuito de complementar a deficiência de vitaminas e minerais, bem como de macro nutrientes como a proteína na alimentação”, destacou.

Contudo, independente do objetivo e da razão, a suplementação alimentar é uma alternativa que requer a orientação profissional para a garantia de resultados (que não são imediatos) e mitigação dos riscos. “A contraindicação maior para suplementação é falta de orientação profissional, pois quando utilizados de forma errada podem trazer malefícios para a saúde como problema renal, alteração na pressão arterial, aceleração dos batimentos cardíacos, ganho de peso, entre outros”, alertou Maria Aracy.

Dra. Maria Aracy, nutricionista a frente da SerNutri em Guarapari. Foto: reprodução.

Para finalizar, a especialista ressaltou que cabe ao nutricionista indicar e orientar quanto à inclusão dos suplementos, considerando as características individuas de cada um e associada à uma alimentação saudável e balanceada, para que assim os objetivos possam ser alcançados e as necessidades corpóreas supridas de forma correta.

Reportagem publicada originalmente na Revista Sou.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

renan-bolsonaro-2021-07-23

Filho de Jair Bolsonaro chega ao ES para reality show em mansão de Guarapari

vacina-covid-segunda-dose-2021-07-22

Mais de 60 mil pessoas não voltaram para segunda dose de vacina da Covid-19 no Espírito Santo

Anúncio

Anúncio

instituto-amar-mutirao-recolher-lixo-2021-07-22o

Grupo realiza mutirão de limpeza nas praias do Boião e do Morcego em Guarapari

Ação acontece neste domingo (25), às 8h da manhã com concetração na Praia do Boião

vacina 65 69 3

Guarapari abre novo agendamento para imunizar pessoas acima de 28 anos contra Covid-19

2.500 vagas serão disponibilizadas neste agendamento

Anúncio

apae-guarapari-dia-das-criancas-2021-07-22

Parceria com os Correios permite nova forma de doação para Apaes do Espírito Santo

Fôlego para pequenas empresas: Sicoob Sul-Litorâneo disponibilizou R$ 11 milhões em crédito neste ano

O recurso é oriundo do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe)

Anúncio