Anúncio

Terrenos continuam servindo para depósito de lixo e entulho em Meaípe, Guarapari

Por Carolina Brasil

Publicado em 13 de dezembro de 2018 às 16:16
Atualizado em 13 de dezembro de 2018 às 16:16

Anúncio

Enquanto os proprietários não cumprirem a lei e realizarem o fechamento de terrenos e imóveis, o problema deve continuar. A Prefeitura pede que a população colabore.

O problema é recorrente e prejudica a população do entorno. Fotos: Leitor

Os moradores que residem próximo ou transitam pela Rua Ponte Nova, localizada no residencial Belo Horizonte, na região da grande Meaípe, em Guarapari, continuam preocupados com a situação dos terrenos que se tornaram pontos viciados de lixo e entulho no local.

Segundo uma moradora, que já fez denúncias à nossa redação e voltou a nos procurar, o problema só aumenta. “A cada dia é um amontoado de lixo novo aqui, jogam de tudo, entulho, lixo e até animais mortos. A fiscalização é ineficiente e fazer denúncia é um risco. De qualquer forma, eu já liguei várias vezes para a prefeitura e nada. Precisa obrigar os donos dos terrenos a murarem e cuidarem da propriedade”, relatou a aposentada que não será identificada.

Na ocasião da primeira reportagem, feita em junho deste ano, o município informou em nota que uma limpeza havia sido feita recentemente e que a Codeg voltaria ao local, o que não aconteceu, segundo a reclamante. “Aquele lixo continua lá, o mato até cobriu”, completou. A nota dizia ainda que a Secretaria de Postura e Trânsito foi acionada para notificação dos imóveis e terrenos vazios sem fechamento.

Procuramos novamente a Prefeitura de Guarapari, que se posicionou em nota:

“De acordo com a Codeg, na ocasião, e posterior às denúncias, foram feitas várias ações de limpeza, uma vez que os moradores ainda insistem em descartar os lixos e entulhos no terreno de terceiros. Infelizmente a situação é recorrente. Novamente a empresa irá ao local, entretanto, caso não haja conscientização dos moradores não haverá solução definitiva para o caso.

O município dispõe de legislação específica que determina o fechamento e calçamento dos terrenos em Guarapari. Todos os proprietários de imóveis já foram cientificados dos prazos para cumprimento da legislação através do carnê de IPTU. Os prazos se encerram nos próximos meses (conforme quantidades de terreno que o proprietário tem). Após a conclusão do prazo a Secretaria de Aprovação de Projetos adotará os procedimentos punitivos necessários”.

A nota reforça que, caso o morador verifique a ocorrência de descarte irregular, denuncie imediatamente os órgãos de fiscalização do município. É fundamental a colaboração dos moradores para a manutenção da ordem e limpeza pública, além da formalização de denúncia contra infratores diretamente à Prefeitura através do (27) 3361-8200.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

idosos vacina

Ação sem agendamento vai aplicar terceira dose de vacina da Covid em idosos de Guarapari

Ação acontecerá em formato drive-thru

chuva_2_2_0

Previsão de chuva e ventos intensos até amanhã (20) em Guarapari

Segundo o alerta, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas

Anúncio

Anúncio

Edital-Citação_UBU-01

Edital de Citação

vacina pfizer crianças

Aplicação da D1 e D2 contra a Covid-19 no ES pode ser realizada com vacinas diferentes

A autorização para a mudança na aplicação foi divulgada ontem (18) pelo secretário Nésio Fernandes

Anúncio

guarita

Após reunião sobre guarita desativada, vereador de Guarapari solicita encontro com secretários

Os moradores do Centro pedem a volta do funcionamento da guarita, vídeo monitoramento, guarda municipal e posto de apoio aos turistas

vacina-astrazeneca-868x644

Prefeitura de Guarapari abre agendamento para segunda dose de vacina da AstraZeneca

Anúncio