Anúncio

Turistas e moradores ficam sem sinal de celular em Guarapari

Por Gabriely Santana

Publicado em 6 de janeiro de 2017 às 16:33
Atualizado em 6 de janeiro de 2017 às 16:33
Anúncio
dsc05581

Júlia e sua amiga tentam conectar na internet mas sem sucesso. Foto: Glenda Machado

Entre chamadas perdidas, caixa postal e telefones sem sinal os problemas com a telefonia móvel em Guarapari costumam piorar durante o verão. E já era de se esperar. Com a cidade cheia mais pessoas permanecem conectadas. Falar ao telefone ou acessar a internet é praticamente impossível, segundo turistas e moradores.

dsc05582

“Tentei desejar feliz ano novo para meus parentes, mas não consegui”, disse Maria. Foto: Glenda Machado

De acordo com Julia Sopeleto, moradora de Cachoeiro de Itapemirim, e que está passando férias no município, é quase impossível se comunicar. “Às vezes pega, mas na maioria da vezes eu não consigo falar. Principalmente na praia o sinal é horrível. Quando chega o fim de semana também fica pior ainda com a cidade mais cheia”,

Já a moradora de Guarapari, Maria Pereira disse que o seu maior problema foi desejar feliz ano novo para seus parentes. “Na virada de ano não consegui falar com meus parentes que moram longe”.

O grupo de amigos que passeava na orla da Praia das Castanheiras também perdeu um tempão tentando contactar outro amigo na cidade. Gustavo Almeida contou que foram quase dez ligações até conseguir falar. “Não tem como falar. Se você precisa do celular em uma emergência fica na mão”. A estudante Lívia Bodart contou que faz suas ligações e aproveita a madrugada para dar uma olhadinha nas redes sociais.“Só pega de madrugada. Único horário que o sinal e a internet estão funcionando”, desabafou.

dsc05585

O grupo de amigos reprova a falta de sinal em Guarapari. Foto: Glenda Machado

O que dizem as operadoras.

A Vivo informou que que mantém investimentos nos serviços de voz e dados móveis no estado do Espírito Santo e programa cerca de 10 (dez) ampliações em antenas nas tecnologias 3G e 4G para a região em 2017. A empresa diz que já ativou, por exemplo, em 2016, duas novas antenas e levou a tecnologia 4G para o município de Guarapari.  Durante as festas de fim de ano, a utilização da rede móvel da Vivo no município de Guarapari dobrou em relação a demanda usual.

Já a operadora Claro disse que não foram identificadas falhas de rede em Guarapari. No estado do Espírito Santo, inclusive, a operadora diz que implementou há quatro anos um Plano de Verão que tem como objetivo fortalecer regiões específicas que demandam mais capacidade de tráfego devido ao turismo sazonal, principalmente em regiões de praia. As expansões, caso necessárias, são calculadas por meio de estudos de tráfego feitos pela operadora anualmente.

A operadora OI  afirmou que a sua rede em Guarapari está funcionando normalmente e que casos pontuais de congestionamento podem ocorrer em períodos de excessivo aumento do tráfego de voz e dados. A companhia acrescenta que investiu, de janeiro a setembro de 2016, mais de R$ 44 milhões no Espírito Santo, priorizando investimentos na expansão e na modernização da rede como uma das estratégias de seu plano de transformação operacional que visa a qualidade do serviço oferecido aos clientes em todas as regiões. No período, a Oi implantou 13 novos sites de telefonia móvel no estado e outros 72 foram ampliados ou modernizados. A companhia acrescenta ainda que ativou em dezembro a sua rede 4G na cidade.

Da mesma forma a TIM afirmou que realiza investimentos consistentes no que se refere à ampliação e modernização de rede. A operadora, mais uma vez, implementou ações de reforço de sinal em locais de grande concentração de público, caso da cidade de Guarapari, aumentando a capacidade de sua rede. Para garantir a qualidade do serviço prestado ao cliente, a TIM realiza o monitoramento da rede 24 horas por dia.​​​

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra mais dois óbitos e totaliza 306 casos confirmados

Com isso, Guarapari totaliza 16 óbitos; 170 pacientes estão curados da Covid-19

lorenzuttti

Liminar: Guarapari deve apurar se houve desequilíbrio contratual com a Lorenzutti

A decisão foi baseada nas medidas tomadas pelo município diante da pandemia da Covid-19, que impactaram negativamente a economia da empresa

Anúncio
Anúncio
Foto: Divulgação

Polícias Civil e Militar prendem autores de homicídios e realizam apreensão de drogas em Anchieta

A operação intitulada “Pitoco Assassino” cumpriu 10 mandados de prisão e foi concluída com sucesso graças ao trabalho integrado das polícias capixabas; Operação Sentinela apreende drogas, arma e munição

sala de aula1

Guarapari irá disponibilizar atividades não presenciais para alunos do município

Caberá aos professores, o apoio remoto aos alunos e às famílias na orientação e realização das tarefas

Anúncio
Imagem: HM Propaganda

Novo folhaonline.es bate primeiro recorde de acessos simultâneos

A plataforma manteve a estabilidade com quase mil usuários ativos ao mesmo tempo

subsecretario ES

‘Em algum momento será esgotado’, diz subsecretário sobre expansão dos leitos para Covid-19 no ES

Reblin afirmou ainda que a necessidade de expansão está associada a capacidade de distanciamento social no estado