Anúncio

Vereadores de Guarapari aprovam cassação do mandato do parlamentar Dito Xaréu

Por Sara de Oliveira

Publicado em 14 de novembro de 2019 às 18:45
Atualizado em 14 de novembro de 2019 às 19:14
Anúncio

A votação, realizada na sessão ordinária desta quinta-feira (14), contou com 12 votos favoráveis, três abstenções e uma parlamentar ausente.

Sessão ordinária desta quinta-feira (14). Fotos: Folha Online.

Os vereadores de Guarapari aprovaram, na tarde desta quinta-feira (14), o relatório final da Comissão Processante (CP) que investigava o vereador Dito Xaréu (SD) por quebra de decoro parlamentar. A decisão, tomada em uma sessão ordinária, contou com 12 votos favoráveis, três abstenções e uma ausência.

Durante a sessão, foi lido o parecer da defesa e o relatório final da comissão processante, formada pelos vereadores Marcos Grijó (PDT), Fernanda Mazzelli (PSD) e Wendel Lima (PTB). A investigação foi iniciada após a divulgação de áudios na mídia, atribuídos ao parlamentar e empresários locais, que mostram conversas e negociações para a aprovação de um projeto.

Em seguida, foi dada a palavra ao vereador Dito Xaréu e ao advogado de defesa. “Eu tenho a minha consciência tranquila, mas atrapalhar o meu trabalho por questões políticas é um coisa que me entristece”, declarou o parlamentar na tribuna.

Posteriormente, foi feita a votação nominal do relatório feito pela Comissão Processante. Votaram a favor os vereadores Lennon Monjardim (Podemos), Marcos Grijó (PDT), Oziel de Souza (PSC), Paulina Aleixo (Pró), Thiago Paterlini (MDB), Denizart Luiz (PSDB), Zé Preto (Podemos), Clebinho Brambati (PTB), Rogério Zanom (PSB), Ênis Gordin (PRB), Fernanda Mazzelli (PSD) e Gilmar Pinheiro (PSDB).

Pediram abstenção os parlamentares Sandro Bigossi, Kamilla Rocha e Wendel Lima. A vereadora Rosangela Loyola se ausentou do plenário.

Após a votação, o presidente da Câmara Ênis Gordin declarou a perda do mandato do vereador Dito Xaréu, que foi convidado a se retirar do plenário.

De acordo com o vereador Marcos grijó, relator da Comissão Processante, o presidente da Câmara Ênis Gordin tem até 120 dias para convocar o suplente do Dito Xaréu, que é o ex-vereador José Raimundo Dantas.

Sobre a votação, Grijó declarou tristeza pela cassação, mas reiterou que a decisão era necessária. “A gente fica triste por julgar um colega de trabalho, mas era preciso fazer isso em respeito à sociedade, que cobra dos políticos um trabalho correto”, destaca.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

108319221_agencia-brasil_carteiradetrabalho

Mais de 90 vagas no Sine Anchieta com oportunidades para moradores de Guarapari

Algumas vagas podem ser disputadas por moradores de todo o Espírito Santo

ajuda pet

ONG pede doações para alimentar animais de Guarapari

O projeto Ajuda Pet sustenta mais de 100 animais, e a quantidade de ração é instável para os próximos dias

Anúncio
Anúncio
Fernanda Mazzelli

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Fernanda Mazzelli

valentina

Com apenas 4 anos, menina de Guarapari lança canal no Youtube

Valentina Zanon tem o canal há cerca de três semana e a audiência está crescendo

Anúncio
prf explosivo

PRF apreende artefatos explosivos, pistolas e prende dois homens em Guarapari

No interior veículo foram encontradas bananas de dinamite que seriam utilizadas em tentativa de assalto a carros de transporte de valores e caixas eletrônicos

Edital de Convocação de Ata de Reunião da Assembleia Geral Extraordinária do Recanto dos Idosos Santo Antônio

Edital de Convocação de Ata de Reunião da Assembleia Geral Extraordinária do Recanto dos Idosos Santo Antônio

Anúncio