Anúncio

Vereadores de Guarapari votaram hoje (29) aumento dos salários de agentes políticos

Se o projeto de lei for sancionado pelo prefeito, novos salários começam a valer a partir de 2022.

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 29 de dezembro de 2020 às 16:30
Atualizado em 31 de dezembro de 2020 às 09:20

Anúncio

Foto: arquivo/ Câmara de Guarapari.

A Câmara Municipal de Vereadores aprovou na manhã de hoje (29) o Projeto de Lei n°119/2020, que trata dos valores direcionados aos salários de prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários.

Com a nova alteração, o valor do salário dos vereadores e de secretários será de R$ 8.900,00. Atualmente, o subsídio dos vereadores é de R$6.900,00. O prefeito, que atualmente ganha R$13.200,00 passará a ganhar R$ 16,9 mil e seu vice, R$ 9 mil.

Os dois projetos foram aprovados por 11 votos. Apenas Dr. Rogério Zanon (DC), Marcos Grijó (PDT) e Thiago Paterlini (Podemos) votaram contra o projeto. A vereadora Fernanda Mazelli (Republicanos) não esteve presente, pois está afastada devido ao diagnóstico de Covid-19. O vereador Oziel de Souza (PSC) não esteve presente e o Presidente da Câmara, Ênis Gordin, se absteve de votar.

O Projeto é de autoria da Mesa Diretora, composta pelos vereadores Enis Gordin (PSB), Lennon Monjardim (Podemos), Oziel de Sousa (PSC), Paulina Aleixo (PP) e Thiago Paterlini (Podemos). Na justificativa a mesa alega os subsídios estavam congelados há oito anos, desde 2012.

Vereadores que votaram a favor do aumento dos salários:

Clebinho Brambati (PTB)

Denizart Zazá (Podemos)

Dito Xaréu (PSDB)

Gilmar Pinheiros (Republicanos)

Kamilla Rocha (PTB)

Lennon Monjardim (Podemos)

Paulina Aleixo (PP)

Rosangela Loyola (PSDB)

Sandro Bigossi (DEM)

Wendel Lima (PTB)

Zé Preto (Patriota)

Após a aprovação na Câmara, o Projeto de Lei precisa ser sancionado pelo prefeito Edson Magalhães (PSDB).  Os valores, se aprovados, passam a ter vigência a partir de janeiro de 2022, já que a Lei Federal de Socorro Financeiro a Estados e Municípios proíbe os reajustes ao serviço público até o mês de dezembro de 2021.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Samarco ajuíza Recuperação Judicial para manter suas atividades de produção

Objetivo é equacionar endividamento financeiro para garantir proteção para ativos e postos de trabalho após retomada da produção em dezembro de 2020

Como-Montar-Uma-Clinica-Medica

Câmara de Guarapari aprova contratação de médicos e pagamento de auxílio aos profissionais de Saúde

Ambos projetos foram aprovados em unanimidade pelos vereadores presentes e seguem para sanção do Prefeito

Anúncio

Anúncio

policia_civil-delegacia-GRI

Polícia Civil prende em Guarapari suspeitos de roubo a postos de gasolina

O crime teria ocorrido no dia 7 de dezembro de 2021

kettle-bell-592905_640

TJES concede liminar para suspensão de Lei que considera atividades físicas como essenciais em Guarapari

Liminar visa suspender Lei Municipal nº4435/2021, que estabelece atividades ligadas à educação física como essenciais

Anúncio

50º-MAPA-DE-RISCO---12.04-a-18.04

Mapa de Risco: 42 cidades em Risco Extremo, incluindo Guarapari e Anchieta

Apenas dois municípios (Conceição da Barra e Ibitirama) estão classificados como de risco moderado

vacina 65 69 2

Agendamento para vacinar idosos de 60 a 64 anos contra Covid-19 abre segunda-feira (12) em Guarapari

Anúncio