Anúncio

Vídeo: presidente do Sintrag desabafa sobre mortes de servidores de Guarapari causadas pela Covid-19

Por Aline Couto

Publicado em 13 de abril de 2021 às 15:48
Atualizado em 14 de abril de 2021 às 17:16

Anúncio

Após o falecimento de mais dois servidores do município em decorrência da Covid-19, Jocelino Gobbi, motorista da Secretaria Municipal de Educação (Semed), faleceu domingo (11) e Guilherme Soares, que atuava na Secretaria Municipal de Postura e Trânsito (Septran), morreu ontem (12), o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Guarapari (Sintrag), Thiago Magno publicou um vídeo cobrando que o prefeito de Guarapari, Edson Magalhães priorize a vacinação dos funcionários que trabalham na linha de frente da administração municipal e disse que colocará na prefeitura uma cruz para cada servidor que está morrendo. De acordo com informações colhidas, cinco funcionários do município já perderam a vida devido a doença.

Thiago Magno ainda falou que própria prefeitura poderia comprar vacinas para aumentar o público alvo e sobre a intenção do município retornar as aulas antes da vacinação dos profissionais de educação.

Outro lado

Com a divulgação do vídeo e os questionamentos do presidente do Sindicato, perguntas foram enviadas para a Prefeitura de Guarapari:

A prefeitura tem ciência desse vídeo?

A IMUNIZAÇÃO COVID-19 EM TODOS OS MUNICÍPIOS SEGUE DIRETRIZES ESTADUAIS E FEDERAIS

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), através do Programa Municipal de Imunização, garante que todas as diretrizes e orientações do Programa Nacional e Estadual estão sendo seguidas, acompanhando diariamente as atualizações do colegiado técnico (CIB/ES).

Uma das diretrizes é o público alvo a ser imunizado que é estabelecido com base em dados técnicos e epidemiológicos.

O município tem ciência do anseio de todos de se imunizarem e o processo está sendo garantido conforme a disponibilização de doses, estamos avançando nas fases e etapas estabelecidas no Plano de Imunização.

Ressaltamos a necessidade do cumprimento das medidas sanitárias estabelecidas no município, assim como o uso obrigatório de máscaras.

Mesmo quem já foi vacinado deve manter as medidas de higiene e proteção contra o Covid-19. Usar máscaras, lavar as mãos, utilizar produtos com ação antiviral e manter o afastamento social continuam sendo importantes no controle da pandemia.

IMUNIZAÇÃO DOS SERVIDORES DA LINHA DE FRENTE

A Semsa esclarece que TODOS os servidores municipais que atuam na linha de frente já foram imunizados com a primeira e segunda dose da vacina, conforme as diretrizes e orientações do Programa Nacional e Estadual.

Servidores que não estão na linha de frente, estão sendo imunizados conforme a disponibilidade de doses e a pactuação feita junto ao Governo do Estado.

SERVIDORAS GESTANTES

Conforme as orientações das entidades sanitárias competentes e, também, dos decretos estaduais e municipais, todas as servidoras gestantes foram afastadas quando atingiram a 24ª semana de gestação. (segue Decreto Municipal 295/2020 em link).

https://www.guarapari.es.gov.br/uploads/documento/20200605143520-decreto-n295-2020.pdf 

Caso a servidora esteja em algum setor que a exponha a risco, mesmo antes das 24 semanas de gestação, a mesma é remanejada de setor até o seu afastamento.

Há possibilidade da alteração no público da vacinação?

Há possibilidade de alteração do público de vacinação caso o Ministério da Saúde e Governo do Estado deliberem por meio de resoluções.

A prefeitura tem intenção de adquirir vacinas por conta própria?

Tendo em vista que as doses para os públicos determinados pelo Ministério da Saúde e Governo Estadual estão sendo encaminhadas pela Secretaria Estadual de Saúde, não há previsão de compra por parte do município. O Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) orienta que a responsabilidade da compra de vacina é do Governo Federal. 

O município pretende abrir as escolas antes da vacinação dos profissionais de educação?

A suspensão das aulas presenciais se deu diante de decreto do Governo do Estado. Não havendo, no momento, a previsão do retorno das aulas presenciais. 

Guarapari é um dos 42 municípios que estão na classificação de risco extremo, no Mapa de Gestão de Risco do Governo do Estado.

No final de março, o Governo Estadual anunciou que haverá reserva de lotes de vacina para aplicação nos profissionais de segurança pública e da educação.

Com relação à morte de cinco servidores, todos estavam trabalhando normalmente durante a pandemia? Em quais setores? Seguiam protocolos?

Uma servidora era da saúde, mas não trabalhava na linha de frente e já estava afastada há anos, por comorbidades;

Um médico que prestava serviços no município atuava na Estratégia Saúde da Família, faleceu na última semana, porém, não foi vítima de covid;

A profissional da educação atuava na Sede da Semed, em serviço interno;

Dois motoristas: um da Secretaria de Análise e Aprovação de Projetos, que não atuava na linha de frente.  Outro da Educação, que estava afastado por ser do grupo de risco. 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Guarapari vai sediar retomada dos Jogos Escolares do Espírito Santo em setembro

De acordo com Secretaria Estadual de Esporte e Lazer, evento deve contar apenas com municípios campeões das últimas etapas realizadas em 2019

artigo-2-2021-07-30-1

Artigo: danos morais no Direito do Trabalho

Anúncio

Anúncio

cover-painel-covid-19-julho01

Guarapari teve 12 óbitos e 460 novos casos de Covid-19 em julho

Números apresentam queda, em relação ao mês anterior

notificação covid

Taxa de transmissão da Covid-19 é a menor no Espírito Santo desde o início da pandemia

Dado foi divulgado em pronunciamento para apresentação do 66° Mapa de Risco Covid-19

Anúncio

progressao-salarial-professores

Guarapari vai pagar R$1,06 milhão de Progressão aos profissionais da Educação

pronunciamento-16.11.22

66° Mapa de Risco mantém Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves em risco baixo para Covid-19

Anúncio