Anúncio

Vídeo: presidente do Sintrag desabafa sobre mortes de servidores de Guarapari causadas pela Covid-19

Por Aline Couto

Publicado em 13 de abril de 2021 às 15:48
Atualizado em 14 de abril de 2021 às 17:16

Anúncio

Após o falecimento de mais dois servidores do município em decorrência da Covid-19, Jocelino Gobbi, motorista da Secretaria Municipal de Educação (Semed), faleceu domingo (11) e Guilherme Soares, que atuava na Secretaria Municipal de Postura e Trânsito (Septran), morreu ontem (12), o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Guarapari (Sintrag), Thiago Magno publicou um vídeo cobrando que o prefeito de Guarapari, Edson Magalhães priorize a vacinação dos funcionários que trabalham na linha de frente da administração municipal e disse que colocará na prefeitura uma cruz para cada servidor que está morrendo. De acordo com informações colhidas, cinco funcionários do município já perderam a vida devido a doença.

Thiago Magno ainda falou que própria prefeitura poderia comprar vacinas para aumentar o público alvo e sobre a intenção do município retornar as aulas antes da vacinação dos profissionais de educação.

Outro lado

Com a divulgação do vídeo e os questionamentos do presidente do Sindicato, perguntas foram enviadas para a Prefeitura de Guarapari:

A prefeitura tem ciência desse vídeo?

A IMUNIZAÇÃO COVID-19 EM TODOS OS MUNICÍPIOS SEGUE DIRETRIZES ESTADUAIS E FEDERAIS

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), através do Programa Municipal de Imunização, garante que todas as diretrizes e orientações do Programa Nacional e Estadual estão sendo seguidas, acompanhando diariamente as atualizações do colegiado técnico (CIB/ES).

Uma das diretrizes é o público alvo a ser imunizado que é estabelecido com base em dados técnicos e epidemiológicos.

O município tem ciência do anseio de todos de se imunizarem e o processo está sendo garantido conforme a disponibilização de doses, estamos avançando nas fases e etapas estabelecidas no Plano de Imunização.

Ressaltamos a necessidade do cumprimento das medidas sanitárias estabelecidas no município, assim como o uso obrigatório de máscaras.

Mesmo quem já foi vacinado deve manter as medidas de higiene e proteção contra o Covid-19. Usar máscaras, lavar as mãos, utilizar produtos com ação antiviral e manter o afastamento social continuam sendo importantes no controle da pandemia.

IMUNIZAÇÃO DOS SERVIDORES DA LINHA DE FRENTE

A Semsa esclarece que TODOS os servidores municipais que atuam na linha de frente já foram imunizados com a primeira e segunda dose da vacina, conforme as diretrizes e orientações do Programa Nacional e Estadual.

Servidores que não estão na linha de frente, estão sendo imunizados conforme a disponibilidade de doses e a pactuação feita junto ao Governo do Estado.

SERVIDORAS GESTANTES

Conforme as orientações das entidades sanitárias competentes e, também, dos decretos estaduais e municipais, todas as servidoras gestantes foram afastadas quando atingiram a 24ª semana de gestação. (segue Decreto Municipal 295/2020 em link).

https://www.guarapari.es.gov.br/uploads/documento/20200605143520-decreto-n295-2020.pdf 

Caso a servidora esteja em algum setor que a exponha a risco, mesmo antes das 24 semanas de gestação, a mesma é remanejada de setor até o seu afastamento.

Há possibilidade da alteração no público da vacinação?

Há possibilidade de alteração do público de vacinação caso o Ministério da Saúde e Governo do Estado deliberem por meio de resoluções.

A prefeitura tem intenção de adquirir vacinas por conta própria?

Tendo em vista que as doses para os públicos determinados pelo Ministério da Saúde e Governo Estadual estão sendo encaminhadas pela Secretaria Estadual de Saúde, não há previsão de compra por parte do município. O Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) orienta que a responsabilidade da compra de vacina é do Governo Federal. 

O município pretende abrir as escolas antes da vacinação dos profissionais de educação?

A suspensão das aulas presenciais se deu diante de decreto do Governo do Estado. Não havendo, no momento, a previsão do retorno das aulas presenciais. 

Guarapari é um dos 42 municípios que estão na classificação de risco extremo, no Mapa de Gestão de Risco do Governo do Estado.

No final de março, o Governo Estadual anunciou que haverá reserva de lotes de vacina para aplicação nos profissionais de segurança pública e da educação.

Com relação à morte de cinco servidores, todos estavam trabalhando normalmente durante a pandemia? Em quais setores? Seguiam protocolos?

Uma servidora era da saúde, mas não trabalhava na linha de frente e já estava afastada há anos, por comorbidades;

Um médico que prestava serviços no município atuava na Estratégia Saúde da Família, faleceu na última semana, porém, não foi vítima de covid;

A profissional da educação atuava na Sede da Semed, em serviço interno;

Dois motoristas: um da Secretaria de Análise e Aprovação de Projetos, que não atuava na linha de frente.  Outro da Educação, que estava afastado por ser do grupo de risco. 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

800px-Rugendas_indios

Palestra vai debater influência da cultura indígena no cotidiano de Guarapari

momento-dvd-banda-musical-prateado

Destaque em Anchieta e região, Musical Prateado completa 30 anos de carreira

Anúncio

Anúncio

artigo-paisagens-guarapari-1

Artigo: como tornar Guarapari um lugar mais atrativo e inesquecível

vitor-e-casagrande-educacao-20212

Governo do Estado anuncia criação de 40 novas escolas de tempo integral no Espírito Santo

Anúncio

imagens-artigo-lei-incentivo-ao-esporte

Artigo: os impactos da nova Lei Estadual de Incentivo ao Esporte

policia-civil_pc_viatura

Polícia prende suspeito de tentativa de homicídio em Guarapari

Anúncio