Anúncio

Volume de chuva surpreende e causa estragos na zona rural e na região norte de Guarapari

Por Carolina Brasil

Publicado em 9 de maio de 2018 às 16:59
Atualizado em 9 de maio de 2018 às 18:26
Anúncio

A cidade está em estado de alerta para queda de barrancos e encostas, devido ao excesso de chuva e solo encharcado, conforme orientação da Defesa Civil Estadual.

Caminhão de água potável para comunidade de Iguape. Foto: PMG

Assim como outras chuvas recentes, que também causaram estragos na cidade, a de ontem, que começou por volta das 18h se estendendo até a madrugada desta quarta-feira (09) teve um elemento a mais: a surpresa. Não foi previsto por nenhum boletim meteorológico a intensidade e nem o volume, que foi de 115,3 milímetros. “Havia previsão de tempo nublado com chuvas ocasionais, mas a natureza, muitas vezes imprevisível, trouxe esse volume inesperado para tão pouco tempo. Não recebemos nenhum alerta de chuva intensa”, ressaltou Romildo Scalzer, coordenador da Defesa Civil de Guarapari.

Cadastro de famílias atingidas pelas chuva em Iguape. Foto: PMG

De acordo com o órgão, a zona rural da cidade foi a mais afetada com quedas de barreiras em pontos da região – Cabeça Quebrada, Buenos Aires e São Miguel. Em Buenos Aires, foi necessário interditar uma casa por queda de barranco. A Prefeitura disse que não há morador fixo no local. Iguape, como já noticiamos, foi a comunidade rural mais atingida.

Em nota, a Prefeitura de Guarapari comunicou que está sendo realizado o cadastramento das famílias atingidas em Iguape, por meio da equipe da Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência e Cidadania, que também está arrecadando doações. Quem quiser ajudar, pode procurar a sede da Setac, situada à Rua Santo Antônio, ao lado da Delegacia da Mulher, em Muquiçaba / (27) 3261-1377. Ao todo, 35 famílias que tiveram as casas atingidas foram cadastradas. Não há desalojados ou desabrigados na região.

Já em área urbana, a região norte da cidade foi a mais afetada pelos alagamentos. “Santa Mônica, Pontal de Santa Mônica e parte de Perocão registraram muitos alagamentos, mas a Defesa Civil Municipal não recebeu nenhum comunicado, até agora, de queda de árvores ou muros em bairros urbanos”, pontou Scalzer.

Entorno da Escola Francisco Araújo em Perocão. Foto: Leitor

O município informou que está monitorando todo o município e fazendo o balanço das áreas e famílias atingidas, através do trabalho da Defesa Civil Municipal e das secretarias municipais de Obras Públicas e de Trabalho, Assistência e Cidadania. Uma família de Santa Mônica ficou desabrigada e já foi cadastrada para recebimento de aluguel social, segundo a Prefeitura.

O coordenador da Defesa Civil do município destaca que a cidade de Guarapari recebeu da Defesa Civil Estadual sinal de alerta para a movimentação de massa, ou seja, queda de barrancos e encostas, devido ao excesso de chuva e solo encharcado.

Previsão do tempo

O tempo continua instável em Guarapari e toda região litoral sul. De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural – Incaper, a quinta-feira será de sol entre nuvens com chuvas rápidas à noite. A instabilidade permanece até sexta-feira.

Colabore!

Participe enviando informações à nossa redação. Registre a situação das chuvas em sua localidade e envie para o nosso WhatsApp (27) 99780-1213.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

coronavírus-550x309-1

Covid-19: 169 pessoas são consideradas doentes em Guarapari

IMAGEM PARA COMPOR O ARTIGO

Artigo: Acordos extrajudiciais trabalhistas em tempo de pandemia

Anúncio
Anúncio
WhatsApp Image 2020-10-05 at 18.57.20

Casal de Guarapari faz sucesso com artesanatos esculpidos em madeira

Angélica Paixao Escola (1)

Escola de Guarapari cria o ‘Clube de Leitura Virtual’

Anúncio
anchieta 2

Anchieta passa para categoria “Baixo” em 28º Mapa de Risco para Covid-19

bf569277-2023-4ee7-a03d-d1fb0d222d70

Morre aos 91 anos Afrodísio Gomes, policial militar mais antigo de Guarapari

O enterro ocorreu nesta tarde (23) e contou com a presença de diversos membros da Polícia Militar, que prestaram homenagens

Anúncio