Anúncio

1ª Festa da Imigração Italiana de Buenos Aires acontece nesse final de semana em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 11 de abril de 2018 às 16:38
Atualizado em 12 de abril de 2018 às 09:27

Anúncio

A Associação de Moradores e Pequenos Produtores de Buenos Aires, a AMPROBA, está preparando a 1ª Festa da Imigração Italiana que será realizada nos dias 14 e 15 de abril no campo de futebol da comunidade.

Com o objetivo de resgatar a cultura e os valores italianos, a AMPROBA preparou dois dias de festa voltada para a história desses imigrantes. “Queremos resgatar a história bonita desse povo, que foi se perdendo ao longo do tempo”, contou o comerciante local e um dos organizadores da Festa, Artur Arpini.

Costumes, músicas, danças, e a culinária típica da época da colonização, serão atrativos do evento. “Vão ser servidos macarrão, polenta, entre outros pratos típicos daquela época”, explicou Arpini.

E acrescenta, que será um evento muito tranquilo e seguro. “Teremos segurança particular e a polícia militar disponibilizou quatro viaturas durante a festa. Todos serão bem vindos”, finalizou o comerciante.

 

Conheça a história

A origem do nome Buenos Aires foi dada a zona rural de Guarapari no ano de 1878 quando o vapor América, vindo do porto de Gênova trazendo famílias oriundas do Norte da Itália, foi obrigado a fazer uma parada de emergência devido a problemas na geração de vapor.

Como o vapor iria ficar diversos dias em reparos, cansados de tanto tempo dentro de um navio passando calor, fome, frio e sem menor condição de higiene, alguns resolveram desembarcar e penetrar na mata a procura de nascentes de água,com objetivo de se instalar na região.

Ao atingirem a parte alta, com vista para o mar, clima ameno, fartura de água e brisa soprando constantemente, não tiveram dúvidas que iriam morar ali. Como estavam a caminho da Argentina batizaram o local de Buenos Aires.

As famílias que fundaram a vila de Buenos Aires foram os Maioli, Brambati e os Arpini, esses últimos em maior número, o dobro das duas primeiras famílias. As famílias trabalhavam na lavoura e casavam entre eles.

Os registros constam no diário escrito por D. Josefina esposa do Sr Salvatore Arpini.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

pronunciamento-16.11.22

66° Mapa de Risco mantém Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves em risco baixo para Covid-19

ES anuncia retomada de eventos esportivos e confirma Jogos Escolares em Guarapari

Evento vai acontecer em Setembro em formato específico para evitar contágio pelo Coronavírus

Anúncio

Anúncio

CasadeApoio

Bazar arrecada valores para manter serviços ofertados em Casa de Apoio de Guarapari

A ONG “Amigos no Bem” inaugurou a Casa de Apoio Matheus Garcia no ano passado. Somente no último mês, o local distribuiu 115 cestas básicas e 25 caixas de leite aos mais necessitados

afag-futebol-guarapari-2021-07-30-3-1

Final do Campeonato da Cidade de Guarapari acontece neste domingo (01)

Anúncio

educação

Sedu abre processo seletivo para professores efetivos e em designação temporária

taxis-guarapari-fiscalizacao-2021-07-30

Fiscalização de táxis de Guarapari começa na próxima segunda-feira (02)

Anúncio