Anúncio

A solidariedade resiste: Casal de Guarapari que luta contra o câncer já ganhou quase todos os serviços para o casamento

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 26 de abril de 2019 às 09:00
Atualizado em 26 de abril de 2019 às 15:43

Anúncio

Na semana passada, divulgamos a história de Nathália e Milton, que estavam organizando uma rifa para a realização do casamento, após terem gastado todo o dinheiro com o tratamento de um câncer.

Nathália e Milton têm uma filha de quatro anos. Fotos: Arquivo Pessoal.

A vida de Nathalia Pinheiro, de 28 anos e Milton Volkers, de 38, teve uma reviravolta nos últimos dias. O casal, que decidiu organizar uma rifa para a realização do casamento, foi surpreendido com a solidariedade de várias pessoas. Milton luta contra um câncer, que já tomou vários órgãos e, por causa disso, teve que gastar todo o dinheiro com o tratamento. Após grande repercussão da história, empresas de diversos serviços procuraram o casal para contribuir com a realização do sonho.

Nathália, que agora não consegue dormir pensando nos preparativos, contou que ficou surpresa com a solidariedade recebida. “Nem eu, nem o Milton imaginávamos que chegaria a esse ponto. Ganhei vestido de noiva, terno, maquiagem, bufê, lembranças para os padrinhos […] Mesmo juntando dinheiro, nós nunca conseguiríamos realizar o casamento que vamos ter”, declarou.

De acordo com ela, além de Guarapari, pessoas de Cariacica, São Paulo, Rio de Janeiro e até de fora do país a procuraram oferecendo serviços. “Eu pensava que o ser humano era mais difícil de ajudar ao próximo, mas eu me surpreendi. Nunca fui tão ajudada assim”, enfatizou.

Milton luta contra o câncer desde setembro.

A fotógrafa Dani Duarte foi uma das pessoas que se prontificou a ajudar. A profissional, que ofereceu as fotos do casamento, contou que ficou sabendo da história de Milton e Nathália nas redes sociais. “Com o tratamento do câncer, a vida da pessoa muda, pois são muitos gastos. Então nós temos que nos solidarizar, por que nós não somos nada, viemos para servir” enfatizou.

A vendedora Dênia Salvador também deixou a solidariedade falar mais alto e doou as lembrancinhas que serão entregues aos padrinhos do casamento. “Assim que eu vi a matéria eu procurei o telefone, porque eu me coloquei no lugar dela. Querendo ou não, casar era o meu sonho também e eu consegui realizar. Além disso, meu pai também passou por um câncer e isso me motivou também”, destacou.

Nathália contou que agora só falta conseguir as alianças e conversar com o padre para a realização da cerimônia. O casamento civil já foi marcado para o dia 22 de maio.

Texto: Sara de Oliveira

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

Anúncio

Anúncio

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

procurados-2021-06-23

Polícia Militar divulga 5 criminosos de Guarapari procurados pela Justiça

Caso tenha informações, população pode ajudar a polícia através do Disque-Denúncia (181)

Anúncio

Eco 101 - duplicação

Duplicação: desvio de tráfego em Anchieta para construção do viaduto de acesso a Alfredo Chaves

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Guarapari realiza novo agendamento para pessoas acima de 40 anos

Anúncio