Anúncio

“A violência doméstica é um problema social e deve ser denunciada”, reforça advogada de Anchieta

Vale lembrar que as denúncias podem e devem ser feitas, não apenas pela vítima, através do 180 ou 190

Por Carolina Brasil

Publicado em 13 de maio de 2020 às 10:04
Atualizado em 14 de maio de 2020 às 07:52

Anúncio

Em mais um conteúdo da série “Aspectos jurídicos, direitos e deveres em meio à pandemia” um assunto que diz respeito a toda sociedade: Violência doméstica. Há uma preocupação por parte das autoridades, militantes da causa e membros de entidades quanto ao aumento do número de casos em consequência das medidas de combate a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O isolamento social e a recomendação de ficar em casa aproximam e aumentam também o contato entre vítima e agressor.

Sobre esse assunto quem comenta é a advogada com atuação no município de Anchieta, Dra. Thailan Lisboa. Ela alerta que o risco de contrair a Covid-19 é um fator limitador para as mulheres procurarem as delegacias especializadas. A profissional reforça que as denúncias podem e devem ser feitas, não apenas pela vítima, através do 180 ou 190.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Samarco ajuíza Recuperação Judicial para manter suas atividades de produção

Objetivo é equacionar endividamento financeiro para garantir proteção para ativos e postos de trabalho após retomada da produção em dezembro de 2020

Como-Montar-Uma-Clinica-Medica

Câmara de Guarapari aprova contratação de médicos e pagamento de auxílio aos profissionais de Saúde

Ambos projetos foram aprovados em unanimidade pelos vereadores presentes e seguem para sanção do Prefeito

Anúncio

Anúncio

policia_civil-delegacia-GRI

Polícia Civil prende em Guarapari suspeitos de roubo a postos de gasolina

O crime teria ocorrido no dia 7 de dezembro de 2021

kettle-bell-592905_640

TJES concede liminar para suspensão de Lei que considera atividades físicas como essenciais em Guarapari

Liminar visa suspender Lei Municipal nº4435/2021, que estabelece atividades ligadas à educação física como essenciais

Anúncio

50º-MAPA-DE-RISCO---12.04-a-18.04

Mapa de Risco: 42 cidades em Risco Extremo, incluindo Guarapari e Anchieta

Apenas dois municípios (Conceição da Barra e Ibitirama) estão classificados como de risco moderado

vacina 65 69 2

Agendamento para vacinar idosos de 60 a 64 anos contra Covid-19 abre segunda-feira (12) em Guarapari

Anúncio