Anúncio

Aeroporto dará lugar à grande avenida, hotéis e comércio em geral

Por Glenda Machado

Publicado em 21 de julho de 2016 às 16:49
Atualizado em 22 de julho de 2016 às 14:08

Anúncio

 

A pista do novo aeroporto em Setiba será maior que a de Vitória 

DSC03921

PREFEITO Orly Gomes disse que deu o pontapé inicial, mas que as obras devem começar só na próxima gestão.

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviações celebrou termo de convênio com a prefeitura autorizando a mudança do aeroporto para a região de Setiba. Com isso, o atual dará lugar a uma grande avenida, hotéis e comércio em geral. Embora seja o passo inicial para um grande empreendimento, ainda não há previsão de quando será desativado o atual aeroporto localizado no bairro Aeroporto.

“São 88 terrenos com cerca de 2 mil metros quadrados cada um. Então separamos espaço para prefeitura, outro para bem comum, outro para serviços sociais como Senai, Sesi, Sebrae. A pista central vai virar uma grande avenida para desafogar o trânsito da região. Também tem quatro áreas destinadas para hotéis. Será uma grande área comercial. O projeto está pronto, vai depender do futuro gestor”, afirma o prefeito Orly Gomes – já que desistiu de disputar a reeleição.

A área do atual aeroporto foi desapropriada em 1954. Mas só agora, a prefeitura começou a pagar os precatórios que somam R$ 28 milhões. “A Justiça havia definido um prazo de cinco anos para honrar o pagamento, mas conseguimos ampliar o prazo para 10 anos. As primeiras famílias já estão recebendo”.

aeroporto EDITADA

ÁREA destinada ao novo aeroporto em zona de amortecimento da Área de Proteção Ambiental (APA) de Setiba.

Já o novo empreendimento será um investimento totalmente privado. A prefeitura vai lançar um edital de concorrência em breve. “É um projeto de R$ 60 milhões a R$ 70 milhões. Não é uma obra que vai começar em nossa gestão, mas demos o pontapé inicial. É um processo demorado que requer diversas licenças e que serão de responsabilidade do investidor”, explica o prefeito.

Segundo ele, a pista do novo aeroporto será maior que a de Vitória. Atualmente, o aeroporto municipal possui uma pista de 1.190 metros de largura e recebe apenas aviões monomotores, bimotores, jatinho e helicópteros. A nova pista terá 2.800 metros e que ainda poderá ser expandida para 3.500 metros. E a pista da capital, hoje, tem 1.750 metros. “A intenção não é ser um aeroporto internacional, que depende de outro tipo de autorização, mas a pista vai comportar aeronaves maiores”.

ZONA AEROPORTO

ZONA demarcada de cinza para o aeródromo no PDM.

O local previsto para receber o aeroporto fica em zona de amortecimento da Área de Proteção Ambiental (APA) de Setiba. É uma grande área que foi delimitada pela gestão passada onde não pode receber nenhum outro tipo de construção. O Plano Diretor Municipal (PDM) já define a área como zona aeroportuária. Mas ainda não foi aprovado pela Câmara de Vereadores. “A construção não depende da aprovação do PDM. A prefeitura pode liberar mediante lei ou até mesmo decreto”, destaca o prefeito.

O Ministério dos Transportes, Portos e Aviações confirmou a celebração do termo de convênio com a União. “Com o documento, a prefeitura poderá dar início aos trâmites para a viabilização do aeroporto como as licenças ambientais, autorização do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)”, consta em nota.

Com a desativação do atual aeroporto, os prédios ameaçados de demolição por estarem em zona de proteção de aeródromos não precisariam mais se adequar à nova portaria do Comando da Aeronáutica. Além dos quatro que já haviam sido notificados, dois na Praia do Morro e dois em Muquiçaba, outros também teriam que se adaptar por invadirem o espaço de segurança de voo do aeroporto municipal.

“A construção civil hoje é um dos principais geradores de renda e de emprego em nossa cidade. Um dos pilares da nossa economia e o aeroporto atual com certeza impede uma série de investimentos em uma região boa. Com a desativação, a nova administração pode fazer uma série de empreendimentos no local”.

 

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

falta-de-agua-e-um-problema-politico-2-1024x683-1024x585

Bairros de Guarapari terão abastecimento de água paralisado nessa terça-feira (21)

Meninos Adalberto (2)

Projeto social que acolhe crianças e adolescentes precisa de apoio em Guarapari

Anúncio

Anúncio

vacinas es

Espírito Santo recebe primeiro lote da Coronavac adquirido com recursos próprios

vacina-astrazeneca-868x644

Nesta segunda (20) tem agendamento para segunda dose de AstraZeneca em Guarapari

Anúncio

praça virtudes1

Após mais de um ano de reforma, Praça das Virtudes é inaugurada em Guarapari

As obras iniciaram em julho de 2020 com a promessa de entrega até o final do ano corrente

Muda-de-planta-shutterstock_302422220

Guarapari inicia neste domingo (19) uma semana comemorativa pelo Dia da Árvore

Anúncio