Anúncio

Anchieta é incluída na lista de cidades afetadas pelo rompimento da barragem de Mariana

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 30 de março de 2020 às 12:13
Atualizado em 12 de maio de 2020 às 15:16

Anúncio

Fotos: Prefeitura de Anchieta.

O município de Anchieta foi reconhecido como cidade afetada pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, ocorrido no final de 2015 e receberá medidas reparatórias e compensatórias. Dessa forma, o prefeito Fabrício Petri instituiu a Comissão Anchietense de Acompanhamento das Ações Relacionadas à Fundação Renova (COARR), cujos objetivos são acompanhar e discutir ações de reparação e compensação dos danos socioeconômicos que Anchieta sofreu nos últimos cinco anos.

Em 2016 foi assinado o Termo de Transação de Ajustamento de Conduta (TTAC), incluindo 29 municípios capixabas e mineiros, mas Anchieta ficou de fora, devido um erro. Conforme a Secretaria de Desenvolvimento e Integração, logo no início de 2017 a atual gestão iniciou uma longa batalha para ser reconhecido o erro e incluir Anchieta na lista. De acordo com a titular da pasta, Paula Louzada Martins, diversas reuniões foram realizadas para a revisão e inclusão de Anchieta.

“Desde 2017 iniciei um trabalho incansável de conversas e reuniões, participei do Fórum dos Prefeitos do Rio Doce, onde recebi apoio dos municípios mineiros que assinaram um manifesto para que fossemos reconhecidos como cidade impactada pela barragem” disse o prefeito Fabrício Petri acrescentando que a conquista vai ajudar no desenvolvimento de ações para o crescimento do município.

Prefeito de Anchieta, Fabrício Petri.

A comissão criada pela prefeitura é um órgão colegiado municipal. A composição inclui representantes de diversas secretarias, a fim de discutir, articular e tratar as ações de reparação e recuperação dos danos socioeconômicos, oriundos pelo rompimento da barragem, desde 2015.

Fundação Renova foi criada pela Samarco e pela Vale para gerenciar e executar medidas socioambientais e socioeconômicas para a recuperação de danos existentes em decorrência do rompimento da barragem de Fundão, distrito de Mariana (MG).

Com o rompimento da barragem a Samarco suspendeu suas operações e a consequência foi centenas de pessoas desempregadas, brusca queda na receita municipal e queda na economia local, com muitos comércios fechando as portas.

*Com informações: Prefeitura de Anchieta.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

apreensão Anchieta

Polícia apreende 1.760 comprimidos de Ecstasy em operação em Anchieta

kit merenda

Guarapari realiza nova distribuição de kit merenda para alunos da Rede Municipal de Ensino

Anúncio

Anúncio

Covid-19_ES ultrapassa 10 mil obitos - 2021-05-11

Painel: Guarapari se aproxima de 350 óbitos e ES ultrapassa os 10 mil por Covid-19

Segundo a última atualização, na tarde de hoje (11), o número de óbitos chegou a 10.013 em todo o Estado

vacina_butantan_covid-divugacao_es

Guarapari abre agendamento para segunda dose da Coronavac em idosos acima de 70 anos

Anúncio

vacinacao-gripe-vilhena-2021-05-11

Imunização contra gripe para idosos e professores começou hoje (11) em Guarapari

Desaparecido Secr Saúde1

Encontrado morador de Guarapari que estava desaparecido

Anúncio