Anúncio

Após passar por fila de adoção duas vezes, mãe cria grupo para apoiar outras famílias de Guarapari

Virgínia fundou o “Grupo de Apoio à Adoção Gerando com Coração” em 2016, desde então, mais de 100 pais já foram ajudados

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 14 de maio de 2020 às 12:30
Atualizado em 15 de maio de 2020 às 08:48

Anúncio

Virgínia Silva e os filhos Gabriel e Rafaela. Foto: Arquivo Pessoal

Maio é o Mês da Adoção, um período que possui significado especial para Virgínia Silva. A mãe de Gabriel e Rafaela fundou, em 2016, o “Grupo de Apoio à Adoção Gerando com Coração”, com o objetivo de ajudar outros pais a lidarem com as questões que podem surgir durante o processo de adoção e adaptação. Desde então, mais de 100 famílias já passaram pelo grupo

Virgínia conta que tudo começou em 2010, quando entrou na fila da adoção pela primeira vez. “Eu tive dificuldade para engravidar, por isso, eu o pai das crianças decidimos que a adoção seria a melhor maneira de termos um filho. Na época não tinha tanta informação na internet, então fomos ao Fórum para saber do que precisávamos para iniciar o processo de adoção”. 

Rafaela e Gabriel ao lado do pai, Renato. Foto: Arquivo Pessoal

Quatro meses depois, Virgínia estava com o pequeno Gabriel nos braços. “Ele tinha 55 dias de vida quando chegou. As pessoas costumam dizer que o processo de adoção é burocrático e demorado mas, na verdade, é muito mais simples do que parece. O tempo de espera depende de quão específico é o perfil da criança que deseja adotar”, explica. 

Segundo Virgínia, desprender-se de detalhes, como a cor da pele, pode acelerar a tão esperada chegada de um filho. “Aguardamos o Gabriel por apenas quatro meses, um tempo muito mais curto do que a média nacional, porque ele era um bebê negro e só nós o quisemos. Se você quiser uma menininha loira de olhos azuis, tudo bem, eu respeito, mas vai esperar mais tempo, porque essa não é a realidade do abrigo”. 

Em 2012, Virgínia decidiu que era hora de ampliar a família e entrou novamente na fila de adoção. Assim, adotou Rafaela, de oito meses. Realizada com a família, a mãe de Gabriel e Rafaela decidiu ajudar outros pais a lidarem com o processo de adoção e adaptação. Por isso, fundou o “Grupo de Apoio à Adoção Gerando com Coração”. 

Grupo de Apoio à Adoção Gerando com Coração. Foto: Arquivo Pessoal

Desde 2016, quando o grupo surgiu, mais de 100 famílias já foram ajudadas. “Nosso objetivo é provar que constituir famílias por meio da adoção é possível e, além disso, ajudar os pais a lidarem com as dificuldades que podem surgir no processo de adoção e adaptação, porque, no início, é tudo muito estranho para todo mundo”, afirma Virgínia, atual presidente do “Grupo de Apoio à Adoção Gerando com Coração”. 

Para amparar os adotantes, o grupo conta com uma advogada, que auxilia as famílias que desejam dar início no processo de adoção, cobrando apenas uma contribuição; Um contador, que ajuda os adotantes a comprovarem renda e ainda um médico, que auxilia os pais a obterem o laudo médico. 

Caso esteja pensando em adotar mas possua dúvidas sobre o assunto ou precise de ajuda, entre em contato com o “Grupo de Apoio à Adoção Gerando com Coração” por meio das redes sociais, Instagram e Facebook, ou através do número (27) 99928-8311.

Serviço: 

Foto: Divulgação

Grupo de Apoio à Adoção Gerando com Coração

Facebook: https://www.facebook.com/Gerando-com-coracao

Instagram: https://www.instagram.com/gaa_gerando_com_coracao

Contato: (27) 99928-8311

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

mapa-de-risco-05032021

47º Mapa de Risco Covid-19: Piúma deixa risco alto e Guarapari segue em risco moderado

Nas redes sociais, Renato Casagrande alertou a população para a necessidade de cumprir os protocolos sanitários e de distanciamento

cv__2918_claudio_vieira

Projeto social de Guarapari promove festival de pipas no bairro Kubitschek

O projeto, criado por quatro amigos, existe há um ano e meio

Anúncio

Anúncio

fiscalizacao_procon_consumidor

Representante de Consórcio em Guarapari é notificado por fraude

Segundo denúncias, consumidores são enganados e levados a assinar contrato de consórcio

PC e PM

Ação conjunta prende suspeitos de homicídio em Guarapari

Anúncio

Cirurgia Pietra2

Em Guarapari, pais agradecem ajuda para cirurgia da filha com tumor no olho

A cirurgia foi bem sucedida e Pietra já está em casa

Debate-dos-Vereadores-sobre-Projeto-de-Incentivos-Fiscais_

Projeto de lei de incentivos fiscais busca retomar crescimento da economia em Anchieta

Apresentado por Renato Lorencini e outros vereadores, projeto visa conceder incentivos fiscais a empresas que instalarem ou ampliarem plantas industriais, comerciais ou de serviço no município

Anúncio