Anúncio

“Aqui tem amor”: voluntários de Anchieta levam mais que comida às vítimas das chuvas

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 27 de janeiro de 2020 às 16:34
Atualizado em 27 de janeiro de 2020 às 16:36

Anúncio

Rede de solidariedade envia marmitas com mensagens de carinho às cidades de Alfredo Chaves, Iconha e Castelo

O grupo recebe em média 100 voluntários por dia. Foto: Reprodução

Após as fortes chuvas que atingiram o Sul do Espírito Santo, na sexta-feira (17), uma rede de solidariedade se formou em Anchieta. Desde sábado (18), o grupo envia diariamente mil marmitas e 500 cachorros-quentes para as vítimas em Alfredo Chaves e Iconha. Além da comida, os voluntários ainda entregam afeto por meio de mensagens deixadas nas embalagens.

Maria Aparecida Rangel Fernandes é coordenadora do Setor de Compras da Prefeitura de Anchieta e uma das voluntárias. Segundo ela, a iniciativa partiu de um grupo de amigos, que pretendiam fazer um sopão, mas não possuíam cozinha. “Os Padres e Jesuítas nos ofereceram a cozinha do Centro de Espiritualidade Padre Anchieta (Cespa), onde estamos cozinhando”.

Rapidamente, a rede de voluntários se expandiu. Hoje, o grupo recebe cerca de 100 voluntários, que se dividem em diferentes frentes de trabalho.  Alguns se dedicam a finalizar as marmitas com o ingrediente mais importante: amor. “A ideia de deixar as mensagens surgiu quando notamos que as pessoas precisavam de mais que comida, queriam carinho, abraço, afeto. Nós entregávamos a marmita e víamos rostos cheios de lágrima, as pessoas estavam perdidas, em desespero”, conta Maria Aparecida. “Aqui tem amor!”, “Tudo vai melhorar!” e “Deus é amor” são algumas das frases escritas na tampa das marmitas.

De acordo com a voluntária, as palavras de carinho surtem efeito. “Nós recebemos muitas mensagens de agradecimento, vídeos de pessoas emocionadas”. As reações motivam as pessoas envolvidas na ação e Maria Aparecida afirma que pretendem continuar produzindo as marmitas enquanto houver demanda. “Hoje, a demanda abaixou porque Iconha conseguiu se restabelecer aos poucos. Agora vamos enviá-las para Alfredo Chaves e Castelo, conforme a necessidade. Vamos seguir enquanto ainda precisarem”.

Para colaborar com a iniciativa, é possível doar alimentos, preferencialmente frango, carne ou linguiça. O ponto de coleta é o Cespa, localizado próximo ao Santuário Nacional São José de Anchieta. Caso deseje se tornar um voluntário e ajudar no processo de produção, entre em contato com: (27) 99928-2707 ou (28) 99277-6459.

Texto: Nicolly Credi-Dio 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Obras-orla-de-meiape-2021-08-03 (4)

Guarapari: carta aberta cobra respostas em relação a atraso de obra na Orla da Praia de Meaípe

Documento foi protocolado na Prefeitura de Guarapari pela Associação de Moradores do Bairro Meaípe

Tempo Integral ES1

Programa Capixaba incentiva implantação de Tempo Integral em escolas municipais

Anúncio

Anúncio

xepa vacina

Guarapari realiza ações de vacinação contra a Covid-19 e a gripe (Influenza)

As segundas doses de AstraZeneca e Coronavac serão aplicadas na quarta-feira (04) e as da gripe, na quarta e na quinta-feira (05)

revsol1

Parceria entre empresa e prefeitura beneficia estradas e ruas de localidades em Guarapari

A ArcelorMittal doará toneladas de Revsol para o município; as primeiras contempladas serão as localidades de Santa Arinda, Limão e Limãozinho

Anúncio

redução homicídios ES

Sete primeiros meses do ano acumulam redução de 5,7% nos homicídios no Espírito Santo

vacina_covid_guarapari_90

Vacinação Covid-19: Guarapari abre novo agendamento para pessoas acima de 28 anos

Anúncio