Anúncio

Ar nas redes de água é insignificante, diz Cesan

Por Livia Rangel

Publicado em 27 de fevereiro de 2015 às 12:26
Atualizado em 27 de fevereiro de 2015 às 12:26

Anúncio

tubulacao-agua

Cesan diz que a presença de ar na tubulação é exceção, não regra.

Depois da polêmica que envolveu a economia na conta de água após a instalação de bloqueadores de ar (reveja aqui), a Cesan deu a sua resposta. Ela afirma que um estudo, feito pela própria Companhia, aponta que a presença de ar nas redes de abastecimento de água causa variações insignificantes na medição feita pelos hidrômetros.

Segundo Eliézer Taets, da Divisão de Serviços Comerciais da Cesan, a entrada de ar nas redes de distribuição de água é um fato ocasional e sua ocorrência é uma exceção, e não uma regra. “Em casos excepcionais pode haver ar nas tubulações, proveniente de interrupções no abastecimento, como no caso de manutenção dos sistemas”, ponderou.

O estudo concluiu que, mesmo com a presença de ar nas tubulações em decorrência de paralisações no abastecimento, não há impacto no consumo. Esse estudo foi feito após a solicitação de esclarecimentos por um cliente. Os técnicos da Cesan acompanharam o consumo do morador durante três meses. Foram instalados três medidores diferentes para comparar os dados obtidos pelo hidrômetro da residência. Foram utilizadas técnicas ultrassônica, eletromagnética e volumétrica para medir o consumo e comparar com o hidrômetro do morador.

Atendimento. Segundo a companhia, caso um cliente tenha dúvidas com relação a essa situação, ele deve se dirigir ao escritório de atendimento mais próximo e formalizar o pedido de verificação de consumo de posse da matrícula do imóvel.

Também é recomendado que o cliente compare o consumo em períodos semelhantes. Por exemplo, comparar fevereiro de um ano com fevereiro de anos anteriores. Isso porque pode haver variações em função do regime de utilização de água do imóvel de um mês para outro.

Riscos. A Cesan alerta ainda para o risco da instalação de bloqueadores de ar, que podem comprometer o abastecimento, porque há possibilidade de a pressão da rede não ser suficiente para abrir a válvula do bloqueador. “Eesses equipamentos não têm eficácia comprovada e sequer são normatizados pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)”, disse em nota.

Mesmo sem eficácia comprovada, a Cesan não pode proibir a utilização de bloqueadores de ar, desde que instalados após o padrão de instalação do hidrômetro, dentro da área privada do cliente. Se forem colocados antes do hidrômetro ou no cavalete pode configurar fraude no abastecimento de água.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

quiosque praia do morro11

Guarapari abre licitação para manutenção dos quiosques recém-reformados na Praia do Morro

Os serviços custarão mais de R$ 450 mil

rematricula

Termina amanhã (30) o período para rematrícula na Rede Estadual de Ensino do ES

Anúncio

Anúncio

onibus_lorenzutti_guarapari

Duas linhas de ônibus que atendem a zona rural de Guarapari terão alteração de itinerários

Breno natação11

Nadador de Guarapari conquista quatro ouros e uma prata nas Paralimpíadas Escolares 2021

Anúncio

rifa-beneficente-pedrovidal1

Adolescente de Guarapari com cirurgia em atraso recebe apoio e novo prêmio para rifa

compras_natal_1-770x470

Natal Premiado com R$ 15 mil de premiação em Anchieta

Anúncio