Anúncio

Arteiras de Santa Mônica: Histórias de vida que se fundem com a arte

Por Gabriely Santana

Publicado em 22 de abril de 2016 às 14:33
Atualizado em 22 de abril de 2016 às 14:34

Anúncio

A história de vida se funde com arte numa harmonia perfeita em que muitas vezes o fazer artesanal se torna para muitos mais do que geração de renda, mas possibilita um empoderamento pessoal, onde até mesmo a adversidade acaba resultando em oportunidade, como é o caso do grupo “Arteiras de Santa Mônica”. Quem passava pela mini-feira, que aconteceu nesta quinta-feira (21), ao lado do terreno do antigo Igloo, pôde conferir e apreciar um trabalho feito por mãos habilidosas e com muita disposição.

DSC_0854

O grupo, formado por dez mulheres, que fazer um evento ainda maios no bairro Santa Mônica. Foto: Glenda Machado

Uma ideia que surgiu no coração. É assim que Márcia Fialdini descreve a motivação para a realização desse trabalho com as mulheres da região norte de Guarapari. Ela que esta a frente desta mobilização, contou que tudo começou em um grupo de uma rede social.

DSC_0848

Márcia Fialdini é artesã e uma das maiores incentivadoras da mobilização. Foto: Glenda Machado

“Perguntei quem trabalhava com artesanato aqui em Santa Mônica e muitas mulheres se manifestaram. Desde então começamos a nos encontrar para nos conhecermos e fortalecer o grupo e foi aí que surgiu a iniciativa da feira. E por que não mostrar o nosso trabalho para o mundo? (risos)”, brincou Márcia.

A primeira demonstração do trabalho delas aconteceu na primeira feira de artesanato, promovido por elas, em uma escola do bairro. E teve de tudo um pouco na feira. Além da venda de lindos artigos de artesanato como biscuit, produtos de material reciclável e rendas, o evento contou com diversão para a criançada e toda a família e degustação de comidas típicas da região. Agora a ideia é que essas feiras se tornem recorrentes.

DSC_0845

Tapetes, bisquit, mochilas e comidinhas deliciosas podiam ser encontradas por quem passasse pelo antigo Igloo. Foto: Glenda Machado

“Estamos usando o espaço externo do antigo Igloo para mostrar nosso trabalho, mas sonhamos com um galpão estruturado para fazermos uma feira organizada aqui em Santa Mônica. Tem muita gente com talento aqui e que merece ter seu trabalho reconhecido”, completou Márcia Fialdini.

E o artesanato delas também vai além-fronteira, muitos artesãos estão descobrindo no comércio eletrônico, uma forma de escoar e divulgar seus produtos. E se você quer conhecer mais deste trabalho, vale a pena conferir o grupo no facebook: Arteiras da Região Norte e ficar por dentro dos próximos eventos e datas da feira.

Conheça mais do trabalho dessas mulheres na galeria de fotos:

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

onibus_lorenzutti_guarapari

Duas linhas de ônibus que atendem a zona rural de Guarapari terão alteração de itinerários

Breno natação11

Nadador de Guarapari conquista quatro ouros e uma prata nas Paralimpíadas Escolares 2021

Anúncio

Anúncio

rifa-beneficente-pedrovidal1

Adolescente de Guarapari com cirurgia em atraso recebe apoio e novo prêmio para rifa

compras_natal_1-770x470

Natal Premiado com R$ 15 mil de premiação em Anchieta

Anúncio

IPVA-2016-Romero

Governo do ES divulga datas para pagamento do IPVA 2022

artigo-antonio-ribeiro-2021-11-26-viatura-policia-militar-pm

Artigo: Polícia Militar fazendo blitz em diversos pontos da cidade saúde

Anúncio