Anúncio

Artesãs de Alfredo Chaves apostam em peças natalinas

Por Livia Rangel

Publicado em 24 de novembro de 2015 às 12:11
Atualizado em 24 de novembro de 2015 às 12:11

Anúncio

pecas natal fibra (4)

Grupo se reúne todas as quartas-feiras para produzir as peças. Foto: Secom/PMAC

Todas têm uma profissão e ainda cuidam da casa. É assim a vida de sete mulheres na sede de Alfredo Chaves do Grupo Art Fibra que também são artesãs e fabricam belas peças com fibra de bananeira. A aposta delas para esse fim de ano é a confecção de objetos decorativos com temas natalinos, como guirlandas, anjos e presépios .

A matéria-prima para produção é fabricada pelas próprias integrantes em seus quintais. Elas cortam a bananeira, desfibram o tronco, lavam e secam as fibras que depois são tingidas ou envernizadas e recebem diversos tipos de acabamento.

O grupo começou há seis anos e atualmente se reúne no terraço da residência de dona Alzília Destéfani, 80, a mais ‘experiente’ do grupo, para fazer as peças. O retorno financeiro ainda é tímido, já que a produção é pequena. “Nos reunimos todas as quartas-feiras para a produção. Não vivemos disso, persistimos em fazer arte”, conta Amabenir Buback, uma das integrantes do grupo.

Para Alzília Destéfani a atividade se tornou uma forma de rever as amigas e colocar a conversa em dia. “Para mim é um momento muito bom, uma espécie de terapia”, disse a aposentada que introduz em suas peças o crochê, uma outra habilidade que aprendeu e faz constantemente.

Todos os produtos são expostos para comercialização na Estação Ferroviária de Mathilde, onde há um número grande de turistas. “Algumas peças do nosso grupo para outros países como Estados Unidos e Austrália”, conta orgulhosa Buback.

Além da habilidade nata, as artesãs aprenderam muitas técnicas com artistas plásticos e outros artesãos em cursos oferecidos pela Secretaria Municipal da Assistência Social,  Senar e Sebrae.

“É gratificante confeccionar as peças, não pela renda que obtemos, que ainda é muito pequena, mas pelo prazer de se reunir e mostrar para os outros o que sabemos fazer”, diz Irlei Regina Bongestab.

Confira abaixo algumas das peças. Para adquirir alguma delas é só entrar em contato pelos telefones (27) 99819-7317 e 3269-1548 ou ir à Estação de Mathilde onde estão expostas. O valor inicial é de R$ 10.



É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Anchieta-Credito-da-Foto-Andrews-Quinteiro_

Pelo quarto ano consecutivo, Anchieta recebe nota A do Tesouro Nacional

pfizer

Guarapari: ação de vacinação sem agendamento para adolescentes com comorbidades

Anúncio

Anúncio

ameazul-praia

Moradores da Enseada Azul, em Guarapari, realizam ação de limpeza neste sábado (18)

Ação é uma adesão ao Dia Mundial da Limpeza

Comunicado - 17-09-2021

Comunicado – 17/09/2021

Anúncio

pfizer

Vacinação dos adolescentes é mantida no Espírito Santo

O Ministério da Saúde suspendeu a imunização do público de 12 à 17 anos sem comorbidades

afrochaves-estacao-da-cultura-2021-09-16-4

Resistência preta marca abertura do Estação da Cultura em Alfredo Chaves

Anúncio