Anúncio

Artigo: a Mediação Digital e sua relação com o Direito de Família

Publicado em 25 de setembro de 2021 às 15:00
Atualizado em 27 de setembro de 2021 às 11:23

Anúncio

(*)Por Dra. Camilly Barbosa de Oliveira Martins (OAB/ES 35.178)

Foto: divulgação.

A Mediação é um método autocompositivo, que as partes são as protagonistas da solução, auxiliadas por um mediador, facilitador da comunicação entre elas, independente e imparcial, que não julga, não dá conselhos, mas utiliza técnicas para que as partes sejam incentivadas a trazer soluções criativas para que solucionem o conflito posto.

A Mediação digital está sendo utilizada cada dia mais para resolução de conflitos no âmbito do Direito de família. Sabemos que o poder judiciário dispõe de um gigantesco número de processos em andamento e mais de 72% de processos em situação de congestionamento.

Esse problema distendeu ainda mais com a Pandemia do Covid-19.

Desse modo, evidenciou-se a busca pela celeridade, no que condiz com a resolução das inúmeras situações processuais brasileiras, especialmente, nos processos referentes ao Direito de Família.

Muitas pessoas por acreditarem que não vão conseguir solucionar suas problemáticas de um modo eficiente e rápido, acabam optando por técnicas autocompositivas de resolução de conflito, como a mediação online.

E quais as vantagens e como funciona o método online?

O conflito familiar geralmente envolve o desgaste da comunicação entre as partes e nem sempre estas querem estar no mesmo espaço que o outro.

Sendo assim, a mediação no ambiente online se torna uma excelente alternativa para os casos de divórcio, guarda de filhos e outros. Facilitando e otimizando essas situações.

A mediação online é feita por um mediador capacitado com técnicas elaboradas, em ambiente favorável por vídeo conferência para que as partes possam dialogar, podendo ter o auxílio de seus advogados para que encontrarem em conjunto propostas construtivas, para que as partes cheguem a um consenso.

E quando buscar a mediação familiar online?

A mediação online é uma oportunidade para as partes que querem ser os impulsionadores da decisão de suas vidas e que almejam solucionar o conflito sem transferir para outras pessoas, tudo de forma mais rápida, econômica e eficiente.

Um processo gera altos custos e precisa de tempo, além de expor as partes a um desgaste emocional.

Entretanto, a mediação é mais célere, sendo capaz de chegar à origem do conflito, e está segura pela confidencialidade, pressupõe boa-fé, busca o consenso e voluntariedade. As partes precisam querer estar na mediação, mas isto não se mostra difícil quando se observa os inúmeros benefícios do método que hoje já são atestados pela nossa sociedade.

*Dra. Camilly Barbosa de Oliveira Martins (OAB/ES 35.178) é advogada e pós graduada em Direito Previdenciário pela faculdade Legale.

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

idosos vacina

Ação sem agendamento vai aplicar terceira dose de vacina da Covid em idosos de Guarapari

Ação acontecerá em formato drive-thru

chuva_2_2_0

Previsão de chuva e ventos intensos até amanhã (20) em Guarapari

Segundo o alerta, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas

Anúncio

Anúncio

Edital-Citação_UBU-01

Edital de Citação

vacina pfizer crianças

Aplicação da D1 e D2 contra a Covid-19 no ES pode ser realizada com vacinas diferentes

A autorização para a mudança na aplicação foi divulgada ontem (18) pelo secretário Nésio Fernandes

Anúncio

guarita

Após reunião sobre guarita desativada, vereador de Guarapari solicita encontro com secretários

Os moradores do Centro pedem a volta do funcionamento da guarita, vídeo monitoramento, guarda municipal e posto de apoio aos turistas

vacina-astrazeneca-868x644

Prefeitura de Guarapari abre agendamento para segunda dose de vacina da AstraZeneca

Anúncio