Anúncio

Associação instala placas no desvio do pedágio para facilitar o acesso

Por Glenda Machado

Publicado em 5 de fevereiro de 2016 às 16:06
Atualizado em 5 de fevereiro de 2016 às 18:15

Anúncio

MPES investiga aumento da tarifa na Rodovia do Sol e na Terceira Ponte

desvio desvio 3Moradores continuam firme na campanha que incentiva motoristas a usarem o desvio do pedágio da Rodovia do Sol entre Guarapari e Vila Velha. Ontem, eles instalaram placas indicativas para facilitar o acesso. A luta pela isenção aos moradores do entorno da praça da cobrança é antiga, mas o movimento “não passe pelo pedágio, passe desvio” começou após o aumento da tarifa de R$ 7,20 para R$ 8,50 nessa segunda (01/02).

E esse não é único movimento que rema contra o reajuste. O Ministério Público do Estado (MPES) solicitou explicações sobre o aumento tanto na Rodovia do Sol quanto na Terceira Ponte à Agência Reguladora de Saneamento Básico e Infraestrutura Viária do Espírito Santo (Arsi). Este é o órgão responsável pelo cálculo e pelo aumento do valor dos pedágios autorizado pela própria justiça.

O MPES questiona quais foram os parâmetros utilizados no cálculo do aumento do valor do pedágio na Terceira Ponte – que passou de R$ 0,80 para R$ 0,95. Como a Arsi justificou que não tem reajuste desde 2013, o MPES quer saber se houve aumento no fluxo de veículos neste período na Terceira Ponte. E se alterou o custo de manutenção do trecho de julho de 2013 a janeiro de 2016. E considerando que a ação civil pública trata somente do trecho que compreende a Terceira Ponte, qual foi o fundamento para aumentar o valor do pedágio da Rodovia do Sol.
Enquanto isso, os moradores do entorno estão se mobilizando para conseguir o direito da isenção da tarifa. “A Associação solicitou ao deputado estadual Euclério Sampaio a criação de uma lei para isentar os moradores do entorno tendo em vista que já tem uma lei de autoria do deputado Esperidião Amin, aprovada em 2013, que concede tal isenção nas rodovias federais. Então é viável que se crie uma lei com os mesmos termos para as rodovias estaduais. É uma luta antiga, desde quando criaram o pedágio em 2000. E não vamos desistir”, disse a presidente da Associação dos Amigos da Praia do Sol, Néia Lima.

Mapa

CONFIRA o trecho do desvio de aproximadamente 7,5 km.

MISTÉRIO. Depois de instalarem as 10 placas ontem, os moradores tiveram uma surpresa hoje pela manhã. Apenas uma estava no local, as outras nove sumiram. “Deixaram apenas a que colocamos perto do Thermas, porque lá tem câmera. Mas não tem problema, agora vamos pintar as cercas. Sinal de que já estamos incomodando. Afinal, o fluxo de carros aumentou no desvio desde o aumento do pedágio”, ressaltou a presidente.

MANIFESTAÇÃO. A Associação também vai fazer um protesto no dia 16 de fevereiro, às 14 horas, em frente à Prefeitura. O objetivo é solicitar à prefeitura a pavimentação da estrada do desvio.

Entenda o caso

“Não passe pelo pedágio, passe pelo desvio”

Pedágio da Rodosol passa de R$ 7,20 para R$ 8,50

 

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp Image 2021-06-15 at 17.25.04

Em meio a pandemia, moradores registram aglomerações e até cavalgadas em Guarapari

Praça Bradesco2

Prefeitura de Guarapari justifica demora na entrega da Praça do Bradesco

O órgão alega aumento nos custos dos materiais e falta de matérias primas para o atraso. Porém, informou que pretende finalizar a reforma ainda este ano

Anúncio

Anúncio

vacina 45

Covid-19: população reclama que demora na chegada da vacina atrasou a imunização em Guarapari

Segundo relatos, a aplicação estava marcada para começar as 8h, mas só iniciou 30 minutos depois

repreentantes-comercio_contra_covid-2021-06-15

Representantes do comércio no ES se unem pela prevenção à Covid-19

Anúncio

Edital-folhaonline

Edital de citação

coworking_final_1

Com mercado em adaptação, coworking oferta espaço personalizado e flexível em Guarapari

Espaços de trabalhos compartilhados se tornaram tendência para profissionais autônomos e equipes

Anúncio