Anúncio

Informe Publicitário

Ataque cibernético ao STJ: O maior até agora

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 20 de novembro de 2020 às 17:00
Atualizado em 21 de novembro de 2020 às 15:08

Anúncio

Imagem ilustrativa | Reprodução Pixabay

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) fez uma ligação para a Polícia Federal nesta terça-feira (3 de Novembro de 2020) para apurar a ocorrência de um ataque hacker em seus sistemas. Uma fonte que está ligada ao STJ disse que trata-se de uma situação extremamente grave, na qual todo o banco de dados do tribunal foi criptografado, deixando-o totalmente inacessível aos cidadãos e funcionários do tribunal.

Esta fonte diz ainda que empresas terceirizadas, assim como a Polícia Federal, estão tentando descriptografar os servidores do STJ, mas não parece haver nenhum indício até o momento de que os técnicos contratados possam cumprir a tarefa nos próximos dias. A situação ficou ainda pior porque até mesmo os backups do Tribunal foram criptografados pelos hackers.

Com isso, o STJ está completamente às escuras, sem acesso a um imenso e histórico acervo de ações judiciais. O ataque é certamente o mais grave já realizado contra uma instituição estatal brasileira na história do país.

Lembre que durante esta pandemia a maioria das pessoas que podem trabalhar de casa o estão fazendo. Uma VPN, também conhecida como Rede Privada Virtual, deve ser utilizada no seu PC, tablet ou outro aparelho através do qual você trabalha, para evitar ter os seus dados roubados por hackers.

O que foi que aconteceu realmente

Segundo informações fornecidas ao G1 pela área de tecnologia do Tribunal, obtida pela TV Globo, foi revelado que uma indisponibilidade do sistema ocorrida por volta das 15h da segunda-feira (2) determinou a interrupção dos julgamentos. A equipe técnica do tribunal identificou um ataque externo e começou a avaliar a extensão dos danos.

A princípio foi feita uma verificação no sistema de proteção da rede interna, mas depois os técnicos verificaram que a origem do erro era o servidor onde estão hospedados quase todos os sistemas do STJ. No período da noite foi detectado um arquivo suspeito com características compatíveis com vírus; este arquivo foi criado alguns minutos antes do ataque.

O laudo técnico esclarece que uma nova análise, desta vez realizada pelo suporte do fabricante do equipamento, confirmou que a falha ocorreu por causa de um ataque cibernético, que comprometeu a integridade dos arquivos do sistema. Desde o ataque, todos os sistemas do Tribunal ficaram inoperantes, incluindo comunicações por e-mail.

As Medidas que foram tomadas

Posteriormente, foram descobertos novos ataques que tinham como destino a área de backup dos sistemas. Assim, foi determinado que fossem retirados os links de acesso à internet do STJ e o bloqueio de todos os usuários que utilizaram a rede nas últimas 24 horas.

No momento, técnicos estão trabalhando para recuperar o sistema, usando backups armazenados em fitas. Vale recordar que durante a pandemia, todas as sessões de julgamento do STJ estão sendo realizadas por videoconferência e isto agrava ainda mais a situação.

O ministro Humberto Martins, que assumiu a presidência do Tribunal em agosto do ano passado, enviou mensagem aos outros ministros, pedindo para que todas as sessões de julgamento virtuais e / ou por videoconferência fossem canceladas, até que a segurança no tráfego de dados do tribunal seja restaurada.

Martins também recomendou a ministros e servidores públicos que evitem ligar computadores com qualquer tipo de conexão aos sistemas informatizados do Tribunal, mesmo os pessoais, e até mesmo e-mails devem ser evitados até que a situação se normalize.

Imagem ilustrativa | Reprodução Pixabay

Proteja-se dos hackers enquanto trabalha a partir de casa

Se o STJ foi hackeado, imagine o quão vulnerável estão os seus dados, senhas e informações bancárias nos dias de hoje. Além de utilizar uma VPN ao conectar-se, recomendamos também escolher senhas longas e seguras para ao menos dificultar o trabalho dos criminosos digitais.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

arena-vila-anchieta-esportes-beach-soccer

Anchieta recebe etapa de Campeonato Brasileiro de Beach Soccer

Evento começa nesta terça-feira (19)

Pitaya Marina

Chácara de Guarapari inova e pode produzir Pitaya durante todo ano

Tecnologia originária da África proporciona iluminação própria e a fruta pode ser produzida em qualquer mês do ano

Anúncio

Anúncio

artigo-AR-Dino-2021-10-15-1

Artigo: mega empresário Dino Simões Pádua, verdadeiro cidadão guarapariense

chuva

Instituto alerta para chuvas fortes em Guarapari

Anúncio

rescisao-indireta-artigo-direito-taina-morosini

Artigo: rescisão indireta do contrato de trabalho; O que é e quando pode ser aplicada?

pfizer

Guarapari realiza vacinação sem agendamento para segunda dose de vacina da Pfizer na segunda-feira (18)

Anúncio