Anúncio

Auxílio-moradia em discussão na Câmara

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 4 de fevereiro de 2018 às 12:00
Atualizado em 4 de fevereiro de 2018 às 12:12

Anúncio

A Câmara pode deliberar sobre o fim do auxílio-moradia antes do Supremo Tribunal Federal (STF). A comissão que discute os supersalários nos três Poderes elabora um projeto de lei que irá limitar o pagamento do benefício não apenas no Judiciário, mas também para deputados, senadores, ministros de Estado e servidores.

A Câmara pode deliberar o fim do auxilio-moradia. Foto: Divulgação.

A verba só poderia ser paga aos que estiverem fora de sua lotação atendendo a demandas eventuais. No caso de transferência, a pessoa perde o direito. A ideia é incluir o valor no teto salarial. Hoje, o auxílio-moradia não entra nesse cálculo e é pago integralmente. Congressistas que não têm apartamento funcional receberiam o auxílio porque prestam um serviço em Brasília por tempo determinado, no caso dos deputados, quatro anos. Um juiz que for transferido de vez para cidade fora de sua lotação não terá direito.

O projeto está sendo elaborado e pode sofrer alterações. Mas na comissão especial há consenso de que é preciso frear o auxílio-moradia para todos. O benefício custou R$ 1,1 bilhão em 2016 para União.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), quer votar em março o projeto que trará regras mais duras para o auxílio-moradia. Ele tem conversado com a presidente do STF, Cármen Lúcia, que promete pautar ação que trata apenas da situação dos juízes para o mesmo mês.

Em tempo

Entre os 343 juízes e desembargadores ativos do Poder Judiciário do Espírito Santo, apenas 24 não recebem o auxílio-moradia de R$ 4.377,73 mensais. No Ministério Público Estadual (MPES), o percentual dos membros que contam com a verba extra é de 88,2%.

Um projeto de lei que trata do assunto na Câmara veio do Senado, aprovado no mesmo, e está parado desde dezembro de 2016 na Casa à espera do parecer da comissão especial instalada para isso.

O assunto também deve ser pautado pelo STF. Foto: Divulgação.

Com informações: A GAZETA

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacinação covid1

Covid-19: Guarapari realiza nova ação para aplicar D2 e D3 em diversos públicos

Confira grupos especificados pela PMG que receberão imunização

lancamento-creche-guarapari-2021-10-19

Prefeitura de Guarapari autoriza construção de creche em Itapebussu

A nova sede da CEMEI Tercília Astori Gobbi terá capacidade para atender mais de 350 alunos

Anúncio

Anúncio

3 dose idosos

ES antecipa para quatro meses a aplicação da D3 contra a Covid-19

A dose de reforço está sendo aplicada em pessoas com 60 anos ou mais que já tomaram a segunda dose de qualquer imunizante contra o coronavírus

Autoglass1

Autoglass oferece oportunidades de emprego em Guarapari

Anúncio

elcy-nunes-aarao-cover-2

Morre Elcy Nunes Aarão, ex vice-prefeito de Guarapari do início dos anos 90

obras-construcao-civil-sefaz

Espírito Santo é o Estado que mais investiu durante 2021

Informação aparece em relatório divulgado pelo Ministério da Economia

Anúncio