Anúncio

Informe Publicitário

Boas perspectivas para as empresas prestadoras de serviços industriais de Anchieta e Guarapari

Por Carolina Brasil

Publicado em 2 de novembro de 2020 às 09:00
Atualizado em 3 de novembro de 2020 às 13:57

Anúncio

Indústrias e prestadoras fazem parte de uma cadeia produtiva que gera emprego e renda. Foto: Reprodução/Freepik

O potencial turístico, feito de belas praias, áreas rurais e importância histórica; talvez seja a principal característica destacada quando se pensa no litoral sul do Espírito Santo – a partir de Guarapari, incluindo Anchieta e as demais cidades da região e do entorno. Contudo, a economia local também tem pilar na prestação de serviços, em especial aqueles voltados às empresas de médio e grande porte. 

Algumas empresas locais iniciaram as atividades com objetivo de atender demandas da construção civil e das obras públicas. Posteriormente, surgiram outros escopos de trabalho ligados à área industrial. Um dos impulsos da região, por exemplo, foi a instalação de uma unidade mineradora no município de Anchieta, no ano de 1970. 

A partir de então, a região sul litorânea caminhou para um patamar completo, com capacidade de ofertar serviços que vão desde a construção civil e metalmecânica, passando pela instalação e manutenção elétrica, de estruturas e componentes específicos, até o transporte, apenas para citar alguns exemplos.

De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip Navarro, as perspectivas para os municípios sul litorâneos são boas. “O projeto para as obras do primeiro trecho da EF 118, entre Cariacica e Anchieta, está bem encaminhado, dependendo apenas de etapas burocráticas; o retorno da Samarco em dezembro; empresas e plantas industriais estão se instalando na região como o Polo Serviços de Anchieta (PSA), a Laticínios Porto Alegre e a Suzano. Além disso, podemos citar o Porto Central em Presidente Kennedy, que também será um grande atrativo”, completou.

Marcos Kneip, secretário de Estado de Desenvolvimento

Contudo, tão importante quanto as possibilidades de crescimento, é a real capacidade de acompanhar e suprir as necessidades do mercado. Ouvimos 11 empresas – Del Pupo Metalmecânica, Imantec Instalações e Manutenções Elétricas, LMI Manutenção Industrial e Serviços, Conami Manutenção Industrial, Grupo ATA Construtoras, Kadosh Transportes, MM Serviços de Vulcanização, Forte Prestação de Serviços, Pritec Elétrica Engenharia e Serviços, JC Lima e Práxis Ambinetal – todas elas garantiram que têm total capacidade de atender e, ainda, de expandir. 

Para o vice-presidente financeiro da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Fernando Otávio Campos da Silva, o sul capixaba tem atraído diversos negócios também devido a posição extremamente estratégica em termos de logística, mas ressaltou que é preciso mais. “Os municípios precisam fazer o dever de casa. Existem poucos polos logísticos e/ou industriais implantados e operando. O IAN – Indicadores de Ambiente de Negócios para os 78 municípios do Espírito Santo, através da análise dos quatro eixos: infraestrutura, potencial de mercado, capital humano e gestão fiscal, aponta os potenciais de cada município e onde os mesmos devem investir”.

Fernando Otávio, vice-presidente financeiro Findes 

Mão de obrae equipamentos 

Partindo da premissa de valorização da região, quando o assunto é mão de obra, podemos afirmar que, no mínimo 95% dos efetivos das empresas consultadas são compostos de pessoas que residem no município da sede ou cidades vizinhas. Isso implica, muitas vezes, no investimento constante em qualificação, capacitação e treinamento. E, além da mão de obra técnica e bem preparada, a prestação de serviços demanda equipamentos modernos e com alto custo, dada a finalidade.  

Qualidade técnica, segurança e meio ambiente  

Premiações e certificados, como o Programa Integrado de Desenvolvimento e Qualificação de Fornecedores (Prodfor) e as padronizações da ISO, fazem parte da realidade dos prestadores da região, provando que o investimento em qualidade técnica, meio ambiente e segurança do trabalho são fundamentais para atingir o patamar de excelência que o mercado exige.  

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

guarapari_pesquisa_ouro_preto_pedras

Pesquisa da Universidade de Ouro Preto tem base em Parque de Guarapari

Projeto avalia durabilidade do concreto de escória de aciaria no Parque Morro da Pescaria

dentista-arquivo_folhaOnline

Em grupo prioritário, profissionais de odontologia de Guarapari não têm plano de vacinação contra Covid-19

Anúncio

Anúncio

novo lote vacinas

Novo lote com mais de 48 mil doses de vacina contra a Covid-19 chega ao ES

Doses da Coronavac chegaram na madrugada desta quarta (03). Parte da nova remessa (30,5%) será para idosos de 80 a 84 anos que ainda não foram vacinados

feira2021-02-19-at-15-24-00

Obras do Mercado do Produtor Rural em Guarapari tem previsão de término em maio

Anúncio

Visita Virtual Cheios da Graça1

Guarapari: “Cheios da Graça” oferece visitas virtuais a crianças internadas

divulgacao-policia-militar-viatura

Polícia Militar de Guarapari deteve mais de 100 pessoas em fevereiro

Anúncio