Anúncio

Bombeiros concluem laudo pericial sobre incêndio em feira na Praia do Morro

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 3 de julho de 2017 às 16:44
Atualizado em 5 de julho de 2017 às 17:43

Anúncio

A perícia do Corpo de Bombeiros terminou o relatório sobre as possíveis causas do incêndio que destruiu um centro comercial na Praia do Morro em abril deste ano. O laudo produzido pelos Bombeiros apontou como indeterminada a causa do incêndio, mas com fortes indícios de que tenha sido causado por fenômeno termoelétrico (curto circuito).

Mais de dois meses depois do incêndio, os bombeiros não puderam determinar com exatidão o que causou o incêndio que destruiu a feira. Mas o oficial responsável pela investigação explicou que é bem provável que a causa tenha sido um curto circuito nas instalações elétricas do centro comercial.

conclusão do laudo da perícia apontou como indeterminada a causa do incêndio que destruiu feira em abril deste ano. Foto: João Thomazelli/folhaonline.es

“Por causa da falta de vestígios que pudessem mostrar com exatidão as causas do incêndio, o relatório final apontou como indeterminada, mas temos elementos que apontam para um provável fenômeno termoelétrico como causa provável. Além dos testemunhos sobre as condições da rede elétrica no local, sabemos com certeza que na hora do incêndio havia corrente na rede elétrica, que contradiz o que foi dito sobre o relógio ser desligado toda noite. Pelo menos naquele dia havia corrente na rede elétrica”, explicou o major Vitor Scalfoni, responsável pela perícia no local.

O major lembrou ainda que a licença de funcionamento do centro comercial estava no processo de renovação há quase um ano e um dos motivos para tanta demora na renovação era o fato de haverem restrições justamente com relação à rede elétrica.

Na conclusão do laudo, é possível ler o seguinte:

“Devido a insuficiência de vestígios, a tripla possibilidade de causa do incêndio (acidental, ação pessoal e fenômeno termoelétrico) e de acordo com as investigações realizadas, dentre as quais: análise ‘In Loco’ e as informações das pessoas relacionadas com o evento, o laudo de exame fotográfico e a correlação dos elementos obtidos, os Oficiais Peritos, de comum acordo, concluem que o presente sinistro teve como causa Indeterminada”.

Os responsáveis pelo centro comercial preferiram não comentar sobre o que foi dito pelo major responsável pela perícia.

Alexandre Oliveira, síndico do edifício Summer Beach, explicou que o laudo da perícia vai ajudar no processo de recebimento do seguro do prédio. “O laudo é importante por causa do recebimento do seguro por danos causados por terceiros, inclusive na questão de recebimento de aluguel. Acreditamos que esta semana o engenheiro da seguradora já termine o laudo estrutural e a partir daí, poderemos dar prosseguimento ao processo de reforma”, explicou.

Espaço onde funcionava a feira começou a ser limpo no mês passado. Foto: João Thomazelli/folhaonline.es

Incêndio

No dia 19 de abril um incêndio destruiu completamente um centro comercial que funcionava na orla da Praia do Morro, em Guarapari. Mais de 60 estandes foram consumidos pelas chamas e um prédio vizinho teve que ser evacuado e até hoje os moradores estão impedidos de voltar.

No mês passado, o que sobrou do centro comercial começou a ser removido da área do incêndio e uma nova estrutura será montada em um terreno atrás para que os comerciantes que perderam tudo possam retomar suas atividades. Ainda não há uma data para a inauguração do novo espaço.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Praça Virtudes4

“É um faz e refaz, desperdício de dinheiro público”, diz moradora de Guarapari sobre a Praça das Virtudes

operações PM

PM detém suspeito que fugiu de acidente de trânsito em Guarapari

Anúncio

Anúncio

familia-acolhedora

Guarapari realiza formação para quem deseja participar do Programa Família Acolhedora

montagem terreno Ipiranga2

Guarapari: dona de imóvel no Ipiranga reclama da falta de ordenamento público no bairro

De acordo com o relato, no local há um terreno abandonado acumulando lixo, um ônibus estacionado na rua com uma família morando e calçada sendo usada como varal de roupa

Anúncio

frio-inverno

Inverno começa com alerta de queda de até 5°C nas temperaturas em Guarapari

O alerta emitido pelo Inmet aponta frio intenso em 35 cidades do Estado

vacina_covid_19

Pessoas acima de 40 anos já podem agendar a imunização contra Covid-19 em Guarapari

A vacinação acontecerá na quarta (23), no Complexo Esportivo, em Muquiçaba.

Anúncio