Anúncio

Câmara aprova ajuda à Creche Alegria e atrito entre vereadores continua em Guarapari

Por Joao Thomazelli

Publicado em 16 de março de 2017 às 18:15
Atualizado em 16 de março de 2017 às 18:15
Anúncio

A sessão ordinária da Câmara de Vereadores desta quinta-feira (16) foi relativamente calma, se comparado com as anteriores, mas não faltou um pouco de provocação entre o vereador Dito Xaréu e Wendel Lima, presidente da Casa. Na pauta principal, os vereadores aprovaram o projeto de lei que autoriza a prefeitura a firmar parceria com a Creche Alegria e doar o valor de R$ 80 mil para a instituição.

A maioria dos vereadores comentou na tribuna da casa que este não é o valor ideal, já que o município teve que reduzir o montante doado, mas que diante da situação econômica da cidade, era o melhor que se podia fazer. Saiba mais sobre a Creche Alegria aqui.

Outros quatro projetos de lei, três que mudam o nome de ruas e praças e uma declaração de utilidade pública para a Escolinha de Futebol Bela Vista, foram entregues às comissões para serem analisados. Vinte e três requerimentos dos vereadores foram votados e aprovados por unanimidade.

Vereadores aprovaram projeto de lei que autoriza a prefeitura a ajudar a Creche Alegria. Foto: João Thomazelli/Folha da Cidade

Vereadores aprovaram projeto de lei que autoriza a prefeitura a ajudar a Creche Alegria. Foto: João Thomazelli/Folha da Cidade

Um destes requerimentos é o de autoria do “grupo dos cinco”, pedindo a relação nominal de todos os funcionários da Câmara desde quando a atual mesa diretora assumiu. No tempo reservado aos vereadores, Dito Xaréu, que foi um dos parlamentares que assinaram o requerimento, disse:

“Mesmo sem citar nomes, muitos me procuraram para pedir que deixassem certo funcionário da Câmara em paz, porque era gente boa. E esta semana foi publicado no Diário Oficial dos Municípios a exoneração retroativa de um servidor comissionado”, disse o vereador.

Logo depois da sessão, a reportagem do Folha da Cidade procurou o presidente da Casa, Wendel Lima, para comentar sobre as declarações de Dito. “Eu tenho o direito de contratar e demitir quem eu quiser. O funcionário não atendeu às expectativas e foi dispensado. Sobre o fato de ser retroativo, é normal, já que não dá para publicar no mesmo dia da demissão”, explicou o presidente.

Anúncio
Anúncio

Veja também

4cc15bb8-9342-4867-8120-1d769acb7fbd

Marco da nova idade da cidade de Guarapari está quase abandonado

Foto: Reprodução

Decreto detalha regras para reabertura de shoppings no ES

As determinações foram oficializadas por meio de edição extra do Diário Oficial

Anúncio
Anúncio
sessao-extraordinária

Câmara de Guarapari vota projetos que destinam R$ 730 mil para saúde

Em pauta também a proposta de reajuste salarial dos agentes de saúde e de combate às endemias do município

Foto: Reprodução

Com 28 novos casos de Covid-19 em 24h, Guarapari registra 232 infectados

Os números são do Boletim Epidemiológico divulgado ontem (30)

Anúncio
Casagrandecoletiva

Coronavírus: Governo do ES anuncia novo Mapa de Gestão de Risco

12 municípios capixabas estão enquadrados no Risco Alto; Mapa valerá da próxima segunda-feira (01) até o dia 07 de junho

Foto: Reprodução

Artigo: Coronavírus – O fim das atividades empresariais e a extinção dos contratos de trabalho