Anúncio

Câmara de Guarapari inaugura Ouvidoria da Mulher

No espaço, vítimas de violência doméstica serão orientadas sobre como buscar ajuda

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 17 de agosto de 2020 às 15:46
Atualizado em 18 de agosto de 2020 às 18:14

Anúncio

A inauguração foi transmitida através das redes sociais em uma solenidade virtual. Foto: Divulgação

Na última sexta-feira (14), foi inaugurada a sala da Ouvidoria da Mulher. O espaço, localizado no anexo da Câmara Municipal de Guarapari, oferecerá amparo e orientação às mulheres vítimas de violência doméstica, somando esforços à Delegacia da Mulher. A inauguração foi transmitida ao vivo nas redes sociais oficiais da Câmara, durante uma solenidade virtual.

Na Ouvidoria da Mulher da Câmara Municipal, as mulheres vão receber orientações sobre como buscar ajuda caso sejam vítimas de agressões físicas. Além disso, por meio de parcerias com a Delegacia da Mulher, o Conselho da Mulher, o Ministério Público, a Defensoria Pública e os órgãos ligados a saúde, a Câmara pretende oferecer às vítimas todo o apoio necessário, como o encaminhamento para tratamentos de saúde e orientação profissional.

Enis Gordin, presidente da Câmara Municipal de Guarapari, e Dra. Mônica Silva Ferreira Goulart, presidente da 4ª Subseção da OAB-ES. Foto: Divulgação

Durante a inauguração, o presidente da Câmara, vereador Enis Gordin (PSB), relembrou que a Câmara já tratou da violência doméstica no 2° Fórum Legislativo e, nesse evento, sentiu a necessidade de oferecer esse apoio às mulheres e anunciou a criação da Ouvidoria.

“Nosso Estado já ocupou o segundo lugar no ranking nacional de feminicídio e mesmo tendo deixado essa posição, infelizmente, continua sendo um dos primeiros. Em Guarapari a violência doméstica também é expressiva, então, queremos colaborar com o maravilhoso trabalho da Delegacia da Mulher e do Conselho da Mulher e oferecer mais esse suporte para combater esse mal na nossa cidade”, afirmou Enis.

Para a Dra. Mônica Silva Ferreira Goulart, presidente da 4ª Subseção da OAB-ES, a Ouvidoria da Mulher é mais uma importante ferramenta de apoio à mulher no município. “É uma importante política pública de amparo à mulher vítima de violência doméstica, que atuará junto à Delegacia da Mulher, com o objetivo de oferecer suporte às vítimas”. Em nome da OAB, a presidente ainda parabenizou a Câmara pela política pública pela implementação da política pública de combate à violência doméstica.

Atendimento

A Ouvidoria da Mulher atenderá de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h. Contudo, devido à pandemia do novo coronavírus, será necessário agendar o atendimento pelo telefone (27) 3261-3414. Durante os atendimentos, serão seguidas todas as normas de prevenção à Covid-19 estabelecidas pelo Ministério da Saúde.

  • Com informações da Câmara Municipal de Guarapari

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Como-Montar-Uma-Clinica-Medica

Câmara de Guarapari aprova contratação de médicos e pagamento de auxílio aos profissionais de Saúde

Ambos projetos foram aprovados em unanimidade pelos vereadores presentes e seguem para sanção do Prefeito

policia_civil-delegacia-GRI

Polícia Civil prende em Guarapari suspeitos de roubo a postos de gasolina

O crime teria ocorrido no dia 7 de dezembro de 2021

Anúncio

Anúncio

kettle-bell-592905_640

TJES concede liminar para suspensão de Lei que considera atividades físicas como essenciais em Guarapari

Liminar visa suspender Lei Municipal nº4435/2021, que estabelece atividades ligadas à educação física como essenciais

50º-MAPA-DE-RISCO---12.04-a-18.04

Mapa de Risco: 42 cidades em Risco Extremo, incluindo Guarapari e Anchieta

Apenas dois municípios (Conceição da Barra e Ibitirama) estão classificados como de risco moderado

Anúncio

vacina 65 69 2

Agendamento para vacinar idosos de 60 a 64 anos contra Covid-19 abre segunda-feira (12) em Guarapari

pontocentro-divulgacao

Obras de novo shopping alteram temporariamente ponto de ônibus da Av. Davino Matos

A desativação do ponto se dará pelo período de 30 dias

Anúncio