Anúncio

Câmara vota hoje convênio que traz Hospital Infantil para Guarapari

Por Livia Rangel

Publicado em 8 de novembro de 2013 às 00:00

Anúncio

A Câmara Municipal de Guarapari realiza hoje, às 17 horas, uma sessão extraordinária para apreciar, entre outros assuntos, o Projeto de Lei nº. 220/2013, que autoriza o Executivo Municipal a celebrar convênio com o Hospital Infantil Francisco de Assis (Hifa), de Cachoeiro de Itapemirim.

 

Esse foi o hospital escolhido para administrar a estrutura da Unidade de Pronto Atendimento Infantil, conforme anunciado em coletiva de imprensa no dia 23 de outubro. Na ocasião foi informado que a transferência de responsabilidade será efetivada por meio de um convênio entre a Associação do Hospital Infantil, Estado e Município.

O período de vigência do convênio poderá ser de até 5 anos, ou até a inauguração do Hospital Cidade Saúde. Além dos atendimentos de urgência e emergência para crianças de 0 a 12 anos, o Hifa ampliará os serviços também para realizar partos pelo sistema público. Atualmente, o município não conta com maternidade que atenda pelo SUS.

Confira aqui a pauta da sessão.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Imagem-do-WhatsApp-de-2024-07-02-as-14.22.32_930ee451

Prestes a lançar novo filme, Rodrigo Aragão quer formar novos talentos do cinema em Guarapari

Cineasta finaliza seu novo longa, que se passa em um prédio assombrado por fantasmas na Praia do Morro

{"eId":"703898471388870","CameraPosition":1}

Hotéis e pousadas das montanhas preparam mimos para hóspedes durante a Festa do Morango

34ª edição do evento já está com ingressos à venda

Anúncio

Anúncio

Pastor Raphael

Coluna Palavra de Fé: Schadenfreude

letreiro-guarapari-es-2021-08-27

Coluna Dom Antônio: O que falta para Guarapari ser uma cidade turística de verdade

Anúncio

regulamento foto (3)

Coluna Entenda Direito: A importância do Regulamento Interno das empresas nas relações de trabalho

Pipas_divulgacao

Guarapari foi a cidade mais atingida por problemas causados por pipas na rede elétrica

Nos primeiros meses do ano, cidade teve 1.668 clientes afetados na região; riscos de acidentes aumentam nas férias

Anúncio