Anúncio

Câmara vota hoje convênio que traz Hospital Infantil para Guarapari

Por Livia Rangel

Publicado em 8 de novembro de 2013 às 00:00
Atualizado em 27 de janeiro de 2015 às 10:51

Anúncio

A Câmara Municipal de Guarapari realiza hoje, às 17 horas, uma sessão extraordinária para apreciar, entre outros assuntos, o Projeto de Lei nº. 220/2013, que autoriza o Executivo Municipal a celebrar convênio com o Hospital Infantil Francisco de Assis (Hifa), de Cachoeiro de Itapemirim.

 

Esse foi o hospital escolhido para administrar a estrutura da Unidade de Pronto Atendimento Infantil, conforme anunciado em coletiva de imprensa no dia 23 de outubro. Na ocasião foi informado que a transferência de responsabilidade será efetivada por meio de um convênio entre a Associação do Hospital Infantil, Estado e Município.

O período de vigência do convênio poderá ser de até 5 anos, ou até a inauguração do Hospital Cidade Saúde. Além dos atendimentos de urgência e emergência para crianças de 0 a 12 anos, o Hifa ampliará os serviços também para realizar partos pelo sistema público. Atualmente, o município não conta com maternidade que atenda pelo SUS.

Confira aqui a pauta da sessão.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

coronavac-instituto-butantan

Guarapari abre novo agendamento de segunda dose da Coronavac para profissionais da saúde

?

Anchieta promove 1º Mostra Cultural Aldir Blanc com apresentações on-line

Anúncio

Anúncio

temporada_de_inverno-es-2021-06-24

Governo do Estado entrega site sobre turismo capixaba, oficinas e novo circuito turístico

Setur lançou um conjunto de oficinas para o setor de turismo

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Anúncio

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

Anúncio