Anúncio

Casagrande anuncia que obras de ferrovia entre Anchieta e Cariacica devem começar em 2022

A obra faz parte do primeiro trecho da Estrada de Ferro Vitória Rio, a EF 118, e será executada pela Vale, que também ficará responsável pelo projeto executivo

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 4 de agosto de 2020 às 14:00
Atualizado em 5 de agosto de 2020 às 09:12
Anúncio

As obras do trecho ferroviário entre Cariacica e Anchieta, que serão executadas pela mineradora Vale, devem ter início em 2022. A informação é do governador Renato Casagrande, que disse ter se reunido algumas vezes com o presidente da empresa para tratar do assunto.

A obra faz parte do primeiro trecho da Estrada de Ferro Vitória Rio, a EF 118, e é  uma contrapartida à prorrogação da concessão da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM), operada pela Vale. Além de realizar as obras do trecho, a empresa será a responsável pelo projeto executivo do ramal ferroviário. Na última quarta-feira (29), o Tribunal de Contas da União (TCU) autorizou a renovação antecipada dos contratos de concessão da EFVM e também da Estrada de Ferro Carajás (EFC), também administrada pela mineradora.

Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande. Foto: Reprodução.

Em participação na solenidade de posse da nova presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Cristhine Samorini, Casagrande comemorou a decisão do TCU e ressaltou a importância da construção da ferrovia para o desenvolvimento econômico do Estado. O governador ressaltou também que a obra deverá ajudar na retomada das atividades da Samarco, que pretende reiniciar parte de suas atividades até o final deste ano.

“É um passo importante para o desenvolvimento do Estado, especialmente do sul do Estado, que precisa de oxigênio para o seu desenvolvimento e que pode viabilizar a antecipação da Samarco de funcionar em um percentual maior. Se você tem capacidade de levar minério, sem ter a preocupação com o mineroduto, com as questões ambientais relacionadas, também isso pode ajudar na operação da Samarco e de outros investimentos”, frisou Casagrande, que também comentou sobre o assunto nas redes sociais.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, também falou sobre a importância dos investimentos para a região sul capixaba. “É fundamental para o Estado do Espírito Santo, porque nós vamos ter o início da construção daquilo que virá a ser, no futuro, a Estrada de Ferro 118, ou seja, a ligação Vitória a Rio. No contrato, nós vamos ter a obrigação da construção do ramal de Cariacica para Anchieta. E aí nós vamos ter uma linha ferroviária que vai levar o minério de ferro para um porto em Anchieta que hoje está subutilizado”, destacou.

Renovações

Com as renovações antecipadas, aprovadas pelo TCU, a União prevê investimentos de R$ 21 bilhões por parte da mineradora. Da EFVM, os investimentos projetados são da ordem de R$ 8,5 bilhões, e R$ 9,8 bilhões estão previstos no contrato de renovação da EFC. Os processos também contam com a ferramenta de investimento cruzado, pela qual parte do valor da outorga paga pela Vale será usada para a construção de novas ferrovias, entre elas a que ligará Cariacica a Anchieta.

Também serão destinados R$ 2,73 bilhões à construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO), entre Mara Rosa (GO) e Água Boa (MT). O trecho servirá para escoamento da produção de grãos do Vale do Araguaia até a Ferrovia Norte-Sul. O governo ainda quer usar parte da outorga para comprar material a ser utilizado na Ferrovia Oeste-Leste (FIOL), na Bahia.

Com informações do Estadão Conteúdo reproduzidas pelo Folha Vitória.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

antonio capa

Guarapari: Família pede doações de sangue para idoso de 81 anos que está na UTI

Renato Antônio Massad Vieira foi internado ontem (22) e, com a escassez de sangue nos bancos, precisa de doadores

chuva

Após forte chuva, Defesa Civil identifica dois pontos de deslizamento de terra em Guarapari

Apesar disso, não há registros de famílias desabrigadas em decorrência da chuva no município

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Sine Anchieta: Mais de 90 vagas abertas com oportunidades na área da Samarco

Há oportunidades para moradores de Guarapari, Anchieta e Piúma

dna (5)

Chuva e vento destroem refeitório de fábrica, em Guarapari

Anúncio
e39d896a-88d6-4014-a632-46f2afd7a5d5

Grupo promove ação de limpeza do Rio Una em Guarapari e convida voluntários

Há 16 anos o “S.O.S Rio Una” coleta lixo sólido das margens do Rio Una, além de promover ações de conscientização

Foto: Reprodução

Covid-19: mais 27 pessoas se curam da doença em Guarapari

Anúncio