Anúncio

Casagrande troca comando da Secretaria da Segurança Pública e da Polícia Militar

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 8 de abril de 2020 às 09:56
Atualizado em 8 de abril de 2020 às 10:03
Anúncio

Da esquerda para direita. O coronel da Polícia Militar do Espírito Santo, Alexandre Ofranti Ramalho, Governador do Estado, Renato Casagrande e o coronel Douglas Caus.

O coronel da Polícia Militar do Espírito Santo, Alexandre Ofranti Ramalho, tomou posse nessa terça-feira (07) no cargo de secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social. A nomeação foi publicada do Diário Oficial do Estado. Nesta data, o coronel Douglas Caus tomou posse como comandante-geral da PMES. As mudanças haviam sido anunciadas pelo governador Renato Casagrande, que destacou o histórico de trabalho dos dois indicados.

Em pronunciamento, o governador afirmou que a expectativa é de uma polícia operacional, visível e dando resultados para a sociedade. “O trabalho será de muita ação operacional. Temos o programa Estado Presente que vai nos orientar e nosso objetivo principal é reduzir violência, em especial, os homicídios. Nós avançamos muito nesses últimos anos, tivemos momentos de dificuldades, mas tenho certeza que teremos resultado. O convite ao Coronel Ramalho é com base na história dele, de comprometimento e resultados apresentados. Desejo muito boa sorte a ele e ao Coronel Caus, que vai comandar a nossa Polícia Militar”, afirmou.

O secretário Alexandre Ramalho agradeceu pela oportunidade de assumir a Segurança Pública Estadual e afirmou que pretende entregar um bom resultado à sociedade. “Muito me orgulha esse momento e tenho que agradecer ao governador Renato Casagrande por essa oportunidade. Temos que assumir a Sesp com muita humildade. Precisamos continuar trabalhando para a sociedade, principalmente os mais humildes. O trabalho não é só policial, mas também social. Nosso trabalho é corpo e união. Temos que caminhar juntos sempre”, destacou.

Durante a tarde, o secretário e o novo comandante-geral da Polícia Militar participaram de uma entrevista, via teleconferência, transmitida direto do Palácio Anchieta. Na ocasião, eles fizeram os primeiros pronunciamentos públicos como chefes das instituições.

“Temos agora uma missão. Estamos em um momento de números de homicídios elevados e vamos trabalhar. Com entrega, comprometimento e dedicação. É o que estamos nos propondo a fazer. Tenho muito respeito e admiração pelo doutor Roberto Sá e ao coronel Sartório. Agora estamos aqui para servir à sociedade e é o que vamos fazer”, disse Ramalho.

“Quero agradecer a confiança do governador Renato Casagrande pela minha indicação ao cargo. Para mim é uma grande honra. Minha expectativa é levar a sociedade capixaba um serviço de prevenção e repressão qualificados, calçado em base estatística, de análise criminal e de inteligência policial. Trabalhando em conjunto com a Polícia Civil, Polícia Federal, Guardas Municipais, Ministério Público, Corpo de Bombeiros Militar e com o Poder Judiciário. Buscando sempre a eficiência em nossa prestação de serviço à comunidade capixaba. Também tenho a grande expectativa de cuidar do nosso policial militar. Valorizando o mesmo e principalmente, recuperando o nosso Hospital da Polícia Militar (HPM) em seus recursos humanos e infraestrutura”, afirmou Caus.

Troca de comando na Polícia Militar

O governador Renato Casagrande também escolheu o novo comandante-geral da Polícia Militar do Espírito Santo. O coronel Márcio Sartório passou o cargo ao coronel Douglas Caus, durante cerimônia realizada no Quartel do Comando-Geral da PMES, na manhã dessa terça-feira (7). A solenidade contou também com a presença do secretário Alexandre Ramalho.

Após a passagem da espada, Sartório agradeceu a todo o alto-comando pelo apoio e ainda destacou a importância da oportunidade única de liderar a tropa durante os quatro meses que permaneceu no cargo.

“É um momento de satisfação e tranquilidade. Passamos pouco, mas muito intenso tempo, à frente dessa honrada instituição, que fez 185 anos. A mais antiga e fiel desse Estado. Trabalhamos muito ombreados com nossos cerca de oito mil homens. Tenho que agradecer ao alto-comando, o melhor que vi em toda minha carreira, que tornou minha difícil vida mais fácil. A decisão sempre foi uníssona e com soma de capacidades. Foi um grande prazer ocupar essa cadeira e ter tido essa responsabilidade. Desejo sucesso ao nosso novo secretário e ao nosso comandante”, declarou.

Fotos: Hélio Filho/Secom.

O secretário Alexandre Ramalho desejou sorte ao coronel Sartório e boas-vindas ao novo comandante-geral, destacando a importância de ambos na construção de um futuro melhor na Segurança Pública do Espírito Santo.

“Agradeço ao coronel Sartório pela postura. Ele vai se somar a uma galeria de grandes oficiais escolhidos. Todos foram merecedores e, à sua maneira, deram a contribuição. Nós nos formamos para isso. Saia de cabeça erguida, conte com o nosso apoio e o reconhecimento do grande oficial que é. Você foi fundamental na reconstrução da nossa área da saúde, assim como o coronel Caus, que agora chega ao Comando-Geral. Temos que buscar e replicar motivação. Temos problemas que precisamos corrigir. Vamos mostrar aos nossos policiais que estamos ao lado deles”, frisou Ramalho.

*Com informações: Governo do Estado.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

HFA_fachada_tratada-1024x778

Votação popular: Hifa Guarapari pode ser contemplado com emenda parlamentar

A proposta consiste na renovação do Parque Tecnológico da Unidade Hospitalar do Centro Cirúrgico com aquisição de novos equipamentos

nesio

Covid-19: Secretário diz que número de casos deve aumentar nos próximos dias, mas não é ‘nova onda’

Nésio Fernandes explicou os fatores que vão influenciar no aumento de casos

Anúncio
Anúncio
drogas GRI

Operação conjunta prende suspeito de tráfico de drogas em Guarapari e Vila Velha

processo-seletivo

Seger abre processo seletivo para cargo com remuneração de R$ 4,5 mil

Anúncio
Foto: Reprodução

Covid-19: Mais 49 pacientes infectados em Guarapari

Ao todo, o município registra 3.281 casos da doença; Destes, 2.945 estão curados

arvore1

Dia da árvore: Guarapari e Anchieta promovem ação conjunta de plantio de espécies nativas

Essa ação é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura, de Guarapari, e Secretaria de Meio Ambiente, de Anchieta

Anúncio