Anúncio

Cerca de mil atendimentos foram realizados na ação social da escola Lyra Ribeiro em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 24 de outubro de 2018 às 17:49
Atualizado em 24 de outubro de 2018 às 17:49
Anúncio

O tema da ação deste ano foi “Fazer o bem faz bem”

O último sábado (20) foi de solidariedade para os moradores de Guarapari. A escola estadual Lyra Ribeiro, no bairro Kubitschek, realizou sua 10ª ação social. Foram 1.124 pessoas atendidas entre serviços médicos, orientações jurídicas, limpeza de nome no SPC, recreação infantil, entre outros.

O tema da ação deste ano foi “Fazer o bem faz bem” e o evento foi promovido pela direção da Lyra Ribeiro junto com os alunos dos cursos técnicos, além dos voluntários. Segundo a diretora da escola, Maria Celeste Santana, desde a primeira edição houve grande adesão de voluntários e da população durante as ações. “Esse ano tivemos novos parceiros e mantivemos os antigos, que sempre acreditaram e levaram a sério o nosso propósito”.

A ação contou com vários voluntários. Foto: Hamilton Garcia.

“É muito gratificante poder participar pela primeira vez desta ação, como ex-aluna da instituição me sinto honrada de poder ver o sorriso das pessoas atendidas”, contou a manicure voluntária, Viviane Delfino.

Para o estudante do 4º período de enfermagem, Dione Brandão, outro voluntário, poder ajudar quem precisa não tem preço. “Sempre aprendemos muito nesses atendimentos, e nada melhor que oferecer serviços a quem não tem tempo de ir a Unidade de Saúde”, disse.

A enfermeira e professora da Escola técnica – Cedtec faz coro com Dione quando o assunto é aprendizado. “Meus alunos do curso de técnico em enfermagem vieram ajudar e puderam ter um aprendizado e um contato diretamente com a população, pessoas que futuramente vão trabalhar. Fizemos teste de glicemia, pressão e o teste rápido de hepatite B e C e sífilis”, descreveu.

Da esquerda para a direita, Roberta Paulino, Dr Sérgio Brandolini e a diretora do Lyra Ribeiro, Maria Celeste. Foto: Hamilton Garcia.

“A gente se envolve bastante com o ser humano e sentimos na pele o que o outro passa”, relatou sobre o voluntariado a estudante de técnico em recursos humanos, Roberta Paulino. A estudante se diz muito feliz em poder estender a mão a comunidade e as famílias carentes. “Distribuímos cestas básicas e oferecemos atendimentos médicos, odontológicos, psicológicos e de fisioterapia”.

Durante o evento, atendimentos jurídicos também foram prestados há quem necessitava. De acordo com o advogado, Renan Cadais, sete advogados foram convidados para oferecer assistência jurídica para os presentes, além de estudantes de direito da Faculdade Pitágoras de Guarapari. “Foram clientes e problemas de todas as áreas, que foram resolvidos da melhor maneira possível”, falou.

A resposta dos atendidos veio em forma de agradecimento. A dona de casa Cislei Machado, 53 anos, moradora do Coroado estava muito satisfeita por ter conseguido consultar com um otorrinolaringologista de forma gratuita. “Foi muito importante essa consulta, fora daqui seria caríssimo. Também me consultei com uma psicóloga e adorei”.

O médico otorrinolaringologista, Sérgio Brandolini, atua na área há 43 anos e se diz privilegiado por poder fazer serviço filantrópico. “Formei-me médico porque a sociedade me permitiu, agora é hora de devolver a minha graça. Quanto mais ações, mais a gente cresce e recebe em troca”, concluiu o médico.

 

Anúncio
Anúncio

Veja também

4cc15bb8-9342-4867-8120-1d769acb7fbd

Marco da nova idade da cidade de Guarapari está quase abandonado

Foto: Reprodução

Decreto detalha regras para reabertura de shoppings no ES

As determinações foram oficializadas por meio de edição extra do Diário Oficial

Anúncio
Anúncio
sessao-extraordinária

Câmara de Guarapari vota projetos que destinam R$ 730 mil para saúde

Em pauta também a proposta de reajuste salarial dos agentes de saúde e de combate às endemias do município

Foto: Reprodução

Com 28 novos casos de Covid-19 em 24h, Guarapari registra 232 infectados

Os números são do Boletim Epidemiológico divulgado ontem (30)

Anúncio
Casagrandecoletiva

Coronavírus: Governo do ES anuncia novo Mapa de Gestão de Risco

12 municípios capixabas estão enquadrados no Risco Alto; Mapa valerá da próxima segunda-feira (01) até o dia 07 de junho

Foto: Reprodução

Artigo: Coronavírus – O fim das atividades empresariais e a extinção dos contratos de trabalho