Anúncio

Circulação ciclônica dos ventos causou temporal em Guarapari, diz Incaper

Por Gabriely Santana

Publicado em 1 de março de 2017 às 10:07
Atualizado em 1 de março de 2017 às 11:13
Anúncio

Uma forte chuva, acompanhada de raios, deixou moradores e turistas da cidade de Guarapari preocupados, na tarde desta terça-feira (27). De acordo com o Incaper, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) registrou 25,5 milímetros de chuva, entre às 13h50 e 14h50, na região do aeroporto municipal, o que é considerado volume muito forte para o período de apenas uma hora.

WhatsApp Image 2017-02-28 at 15.21.04

Portão de uma casa desabou na rua lateral do Kart in Door. Foto: Sidnei Trancoso/Folha da Cidade

O tempo suficiente para arrancar árvores, deslizar barrancos e desabar telhados. Mais de 20 ruas ficaram alagadas durante a tempestade. Em uma distância de apenas 100 metros a nossa reportagem flagrou portões caídos e vidros quebrados.

A Defesa Civil de Guarapari está realizando o mapeamento junto com o Corpo de Bombeiros, mas até o momento a tempestade não registrou nenhuma vítima. “Foram muitas ocorrências de pequeno e médio porte. A mais grave foi o desabamento de uma cobertura de uma loja de móveis que voou 60 metros e atingiu um carro. Fora isso está tudo sob controle”, disse Romildo Scalver, gerente do órgão.

WhatsApp Image 2017-02-28 at 15.21.06

Ruas ficaram alagadas, situação se repetiu em vários pontos da cidade. Foto: Sidnei Trancoso/Folha da Cidade

“Percebi que os desabamentos foram em sentidos diferentes. Na descida da rua da minha casa, tinha portão para um lado, telhado em outro sentido. Não foi uma tempestade qualquer como normalmente acontece”, disse Sidnei Trancoso, morador do bairro Adalberto Simão Nader.

A resposta para isso é que aconteceu em Guarapari o que os meteorologistas chamam de  circulação ciclônica dos ventos. “Esse fenômeno ajuda a concentrar a umidade e a formar nuvens carregadas”, disse o Incaper em nota.

Raio chuva 28Fev 2

Flagra da nossa reportagem. Raios e rajadas de vento de quase 37 km/h. Foto: Hamilton Garcia/Folha da Cidade

Ainda segundo o instituto, nesta quarta-feira (01), essa circulação deve continuar atuando em Guarapari, e mais pancadas de chuva e raios devem atingir a cidade, sobretudo, no período da tarde. O sol aparecerá entre muita nebulosidade, e o ar fica abafado ao longo de todo o dia.

A partir de quinta-feira (02), a temperatura no Estado será influenciada pela circulação anticiclônica. Um sistema de alta pressão ganha força, e a nebulosidade começa a diminuir. Desta forma, o fim de semana deve ser de sol forte.  A possibilidade de chuva é muita pequena, e só deve ocorrer no sul do Estado, em áreas mais próximas ao Rio de Janeiro.

 

Veja a galeria de fotos da tempestade:

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Fabio-Novaes-Sicoob

O que é e o que muda com Pix

nova loja EPA

Nova unidade do supermercado EPA é inaugurada em Guarapari

Anúncio
Anúncio
edital cultura Alfredo Chaves

Alfredo Chaves e Guarapari lançam Edital Emergencial para o setor cultural

Doação sangue Hifa2

HIFA Guarapari cria campanha de doação de sangue entre os funcionários

Por conta da pandemia, a campanha que abrangia a população está suspensa para evitar aglomeração

Anúncio
eleições2020

Eleições 2020: Não conseguiu votar? Veja como justificar a ausência

O prazo para justificativa de voto é 60 dias após o término de cada turno

ciclismo

Equipe de Guarapari é destaque em Campeonato Estadual de Ciclismo

Atletas conquistaram a primeira colocação em diversas modalidades e o segundo lugar geral por equipes

Anúncio