Anúncio

Coletiva: Atacado do Santo Antônio deve ser inaugurado até o final do ano em Guarapari

Por Sara de Oliveira

Publicado em 16 de outubro de 2019 às 19:13
Atualizado em 16 de outubro de 2019 às 19:19
Anúncio

Em uma coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta-feira (16), o novo proprietário da rede de supermercados Santo Antônio esclareceu os planos para a empresa.

Advogado da rede Rafael Zouain (esquerda), diretor Alberto Maia e proprietário Creso Suerdieck Dourado. Fotos: Hamilton Garcia.

Na tarde desta quarta-feira (16) o novo proprietário da rede de supermercados Santo Antônio, Creso Suerdieck Dourado, participou de uma coletiva de imprensa para esclarecer os rumos da empresa em Guarapari. Durante o encontro, que também contou com a presença do diretor e do advogado da rede, foi informado que um atacado será instalado até o final do ano no município. Já em 2020, o projeto é que o local também receba operações de varejo.

Creso informou que o atacado será construído onde funciona o atual centro de distribuição do Santo Antônio. “A atual sede administrativa da rede só está gerando despesa em um local que é altamente nobre. Nós fizemos um estudo da parte tributária, um estudo arquitetônico e ali brevemente se tornará um atacarejo para atender comerciantes da região”.

De acordo com o diretor da rede, Alberto Maia, inicialmente o local funcionará apenas como atacado e, no inicio do ano que vem, se tornará um atacarejo. “Vamos fazer uma adaptação das instalações para receber as pessoas que vão estar ali. Será feita uma série de obras para viabilizar a operação”, explicou. Além da rede de supermercados Santo Antônio, a empresa também adquiriu a rede Smart com quatro lojas no município.

Questionados sobre a falta de determinadas mercadorias nas lojas, os representantes alegaram que está sendo realizada a troca de fornecedores, além da redução de dias de estoques. “Não adianta ter um valor investido no estoque parado no CD (centro de distribuição). Por isso, a gente fez a redução dos dias de estoques de 30 para 15 dias”, argumentou Alberto.

Sobre a reposição de estoque para o verão, Creso garantiu que antes da alta temporada o período de transição terá finalizado. “Dentro do nosso plano de negócios, nós iriamos fazer um choque bruto de gestão em seis meses, isso terminaria em janeiro e nós teríamos problemas. Então, nós optamos por antecipar esse choque e entrar em novembro com tudo isso equacionado”.

Creso destacou que a escolha da rede de supermercados Santo Antônio foi provocada pelas características da empresa. “Na grande maioria das vezes as oportunidades estão nas dificuldades. Uma das coisas nós analisamos ao investir em uma empresa é que ela tenha mais problemas de gestão do que financeiros para que, com um choque de gestão, ela dê a volta por cima”.

Empregos                   

Alberto Maia esclareceu que no atacado não vão ser feitas novas contratações, pois a empresa já conta com os funcionários que trabalham no centro de distribuição. O diretor da rede também não deu certeza se, com a instalação do atacarejo, novas vagas irão surgir. “A gente não tem nenhum plano de contratação inicial nem de demissão. As substituições estão ocorrendo são pessoas aposentadas que pediram pra sair, ou funcionários que não se adaptam. Para todas as funções foi dado um prazo de adaptação para que correspondam ao que a gente precisa”, afirmou.

O proprietário Creso adiantou, no entanto, que novas contratações poderão ser feitas para um novo centro de distribuição que a empresa pretende instalar no futuro. “Quando o atacarejo estiver implantado, nós vamos precisar de um CD exclusivo para as nossas operações de mercado, que não precisa ser em uma área tão nobre. E aí nós vamos estar contratando em outro local”.

Anúncio
Anúncio

Veja também

marmita santa arinda

Comunidade de Santa Arinda pede doações para obra da associação do bairro em Guarapari

financiamento-habitacional

Advogada de Guarapari orienta sobre financiamento de imóveis diante da Covid-19

A despesa está entre as que podem ficar comprometidas pela diminuição ou ausência de renda

Anúncio
Anúncio
Foto: Divulgação / Hélio Filho (Secom)

Coronavírus: ES ultrapassa marca de mil leitos exclusivos para tratamento de infectados

Ao todo, são 1.065 leitos disponíveis, sendo 490 de UTI e 575 de Enfermaria

O projeto também divulgará o trabalho de artistas locais, que encontram dificuldades em manterem-se durante a pandemia. Foto: Divulgação

Coletivo transforma rede social em vitrine para pequenos negócios de Guarapari

O Sinestesia – Criatividade Coletiva decidiu usar o próprio perfil no Instagram, que conta com mais de mil seguidores, para evidenciar artistas e pequenos empreendimentos locais afetados pela pandemia

Anúncio
Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra 10 novos casos e mais 5 curados

Ao todo, o município contabiliza 161 infectados; Desses, 116 já estão curados

Foto: Reprodução

Profissional da saúde com Covid-19 é encontrada trabalhando em Guarapari

Descumprir o isolamento é infração sanitária e pode ser enquadrado como crime contra a saúde pública