Anúncio

Com alterações no texto Plano Municipal de Educação foi aprovado

Por Gabriely Santana

Publicado em 25 de agosto de 2015 às 21:33
Atualizado em 26 de agosto de 2015 às 17:35
Anúncio

O Plano Municipal de Educação finalmente foi votado e aprovado pelos vereadores, em sessão extraordinária, nesta terça-feira (25). Depois de muito se discutir as questões de “Identidade de Gênero”, o plano passou com a aprovação de três novas emendas.

IMG_1772

Plano Municipal de Educação é aprovado em Sessão Extraordinária, nesta terça-feira (25). Foto: Glenda Machadi

Os vereadores aprovaram, por unanimidade, a emenda que previa a retirada do texto original do PME que promovia, em três das metas, discussões sobre discriminação por gênero nas escolas, além de aulas de educação sexual e diversidade.

Além disso, outras pautas importantes foram colocadas na sessão. A primeira delas, foi a retirada do texto sobre eleições diretas para diretores das escolas municipais, que é uma reivindicação atual dos professores da rede. Mais uma vez, por votos contabilizados na casa, 12 dos 17 vereadores votaram a favor da emenda que deixa a cargo do executivo escolher diretores e coordenadores das escolas. Os vereadores Manoel da Ki-Delícia, Fernanda Mazzelli, Gedson Merízio, Oziel de Sousa e Thiago Paterlini foram contrários a emenda.

Segundo os vereadores favoráveis à emenda que são: Anselmo Bigossi, Germano Borges, Jair Gotardo, Jorge Figueiredo, Jorge Ramos, Lincoln Bruno, Dito Xaréu, Aratu, Ronaldo Tainha e Sérgio Ramos, a eleição para diretores retira o poder do Executivo de colocar pessoas qualificadas para exercer o cargo nas escolas, por se tratar de uma posição de extrema responsabilidade.

A última emenda feita para o PME foi de autoria da vereadora Fernanda Mazzelli, que previa um aumento de 35% no repasse de verbas para a educação, mas a bancada não aprovou mantendo os 20% previstos no texto original.

Agora, o processo volta ao Executivo para ser sancionado, havendo ainda a possibilidade de vetos. Fica a cargo da Comissão de Educação que deve estar atenta e acompanhar o trâmite para garantir que o texto aprovado fique o mais próximo possível das expectativas apresentadas na consulta pública.

O que é o PME? O Plano Municipal de Educação foi elaborado com o objetivo de garantir programas específicos para a formação continuada de profissionais da educação,  para escolas públicas municipais sobre temas como: educação ambiental, turismo, cultura de paz, ética e cidadania. Vale destacar que, desde o mês de março, a Secretaria Municipal de Educação, vinha realizando audiências públicas sobre o PME. Foram 16 ao todo, além de seminários, fóruns, consultas públicas e pesquisas por parte da comissão envolvida na sua elaboração.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Mais uma morte por coronavírus em Guarapari; Sobe para 841 número de curados

O município registra, hoje (07), 1148 casos da doença e 51 óbitos

remedio

Prefeitura de Guarapari formaliza pedido para uso da cloroquina

A cloroquina é distribuída pelo Estado aos municípios após verificação do protocolo, para regulamentação do uso

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Laboratório de Guarapari é notificado pelo Procon por cobrar taxa em exame de Covid-19

Agência Nacional de Saúde (ANS) incluiu o exame de detecção do coronavírus na lista de procedimentos obrigatórios para os beneficiários de planos de saúde

virginia_gotardo

Aniversariante opta por cestas básicas como forma de presente em Guarapari

O que for arrecadado será entregue à algumas instituições de idosos e crianças, em Guarapari.

Anúncio
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Bolsonaro testa positivo para o novo coronavírus

Desde a noite da última segunda-feira (06), quando apresentou os primeiros sintomas, o chefe do executivo cancelou a agenda da semana

óbitos covid

Guarapari perto dos 5% de óbitos por Covid-19

Dos 1.117 casos confirmados na cidade, 50 chegaram ao óbito.

Anúncio